O CAIXA DO GOVERNO

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Passagem de Rui Costa por Juazeiro e alguns municípios mostra agonia do candidato

Lideranças políticas do município de Uauá estavam ansiosas aguardando a chegada do candidato ao governo da Bahia, Rui Costa (PT) ao município neste sábado (23). A equipe de reportagem do AP estava se organizando para viajar com o objetivo de fazer a cobertura mas foi informada por terceiros que a visita teria sido suspensa.
Por inúmeras vezes a reportagem tentou confirmar a informação com a assessoria  do candidato e com a direção estadual do próprio PT e não conseguiu. Mas por outro lado, terminou recebendo a informação confirmando a desistência.
Hoje, Rui Costa está visitando Sento Sé, Remanso, Casa Nova, Sobradinho e Juazeiro. Outro município que ficou de fora da agenda foi Curaçá, cidade onde o clima político eleitoral está pesado com petistas e aliados do ex-prefeito Salvador Lopes (PT) revoltados com a decisão do partido em apoiar e ajudar o prefeito Carlinhos Brandão (PPS) em atos danosos que contrariam os próprios petistas curaçaenses.
“Essa viagem desorganizada às pressas, passando por alguns lugares e deixando outros de lado, mostra que a coisa não está nada boa para os petistas”, avalia Carlos Wilson Chaves.
AGENDA DO CANDIDATO RUI COSTA 13 COLIGAÇÃO PRA BAHIA MUDAR MAIS
Sábado (23.08.14)
Manhã
Carreata 13 e caminhada em Eunápolis
Tarde
Comício em Ruy Barbosa
Noite
Comício em Itaberaba
Domingo (24.08.14)
Manhã
Carreata 13 e caminhada em JaguarariSenhor do Bonfim e Ponto Novo
Tarde
Comício em Filadélfia
Noite
Comício em Campo Formoso
Segunda (25.08.14)
Manhã
Entrevista site de notícias
Gravação para programa eleitoral
Tarde
Entrevista emissora de rádio de Salvador
Reunião com coordenação de Comunicação

açãopopular.net

Diretora da DIREC 15 em Juazeiro é exonerada

direc 15
Foi divulgado no Diário Oficial do Estado da Bahia de hoje (22) a exoneração do cargo de diretora da DIREC 15, em Juazeiro a professora Gerlucia de Honorato Rodrigues. Em contato com a reportagem do AP, Gerlucia afirmou que a decisão partiu da mesma para fazer tratamento de saúde. “Por recomendação médica, pedi exoneração há dias, que chegou no dia de hoje”.
Sobre possíveis casos  de irregularidades noticiado na mídia envolvendo outras pessoas, ela foi direta: “Isso nunca existiu. É mentira!”. Sobre o afastamento de um determinado advogado, ligado ao Partido dos Trabalhadores (PT), que ocupava cargo de confiança e que foi exonerado há poucos dias, ela não soube informar sobre o motivo.
açãopopular.net

Aécio nega aproximação com candidatos do PSB

Foto: Divulgação

Candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves
O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, afirmou nessa sexta-feira, 22, que não vai tentar, neste momento da campanha, aproximação com políticos e candidatos do PSB que não se afinam com a candidata a presidente Marina Silva, substituta de Eduardo Campos, que morreu em um acidente aéreo no dia 13 de agosto. “Tenho grande respeito pelo PSB e não vou fazer nenhuma ação de cooptação. Se, ao longo, da caminhada, alguém se interessar pelo nosso projeto, será bem vindo. Não vou mudar nada, tenho um programa que não é um improviso, vem sendo construído há muito tempo”, afirmou o candidato durante visita à Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação (ABBR). Aécio também criticou duramente o que considera interferência do governo no Tribunal de Contas da União (TCU), que deverá julgar em breve se torna indisponíveis ou não os bens da presidente da Petrobras, Graça Fortes, por responsabilidade na compra da refinaria de Pasadena, no Texas. A coligação de Aécio pediu ao Ministério Público Federal (MPF) que investigue a informação de que Graça e o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró transferiram bens para parentes depois que o tema da venda da refinaria veio a público. “É muito preocupante a interferência da Advocacia Geral da União em outros Poderes. Ao contrário do que o governo pensa, o TCU não é um órgão submetido ao Poder Executivo”, disse o candidato.
Luciana Nunes Leal, Agência Estado/politicalivre

SENTO SÉ: RUY COSTA REALIZA MOTOCADA, CARREATA E BREVE ATO PÚBLICO


Com três horas de atraso em relação ao horário anunciado, o candidato a governador Ruy Costa realizou nesta sexta-feira, 22/08, uma motocada e carreata em Sento Sé região norte do estado. A primeira aeronave chegou às 8hs50 min e a do candidato a governador somente às 10h10min. A largada somente aconteceu às 10h37min e foi dada na saída do campo de aviação com destino à principal praça da cidade. e
Dezenas de Motos e exatos 145 veículos pequenos, inclusos carros de som, ônibus vazios, percorreram toda extensão da Avenida da entrada da cidade, travessa do Sknão Bar, Av. Desembargador Osvaldo Nunes, Rua Eunapio Peltier e finalizando na praça central.  
Um público estimado em um mil e quinhentas pessoas, entre adeptos, simpatizantes e curiosos, ouviram as palavras de quatro oradores: Juvenilson Passos, João Leão, Otto Alencar e Rui Costa.
O Ex-prefeito Juvenilson foi o primeiro a falar e afirmou que “... se dependesse de Sento Sé a política na Bahia estaria ganha. O Governo do PT melhorou a vida das pessoas no Brasil, na Bahia e em Sento Sé” sobre a estrada BA 210 disse: “... quem fez 100 pode fazer 48 quilômetros. Abraçou alguns deputados presentes, cumprimentou o prefeito Isaac e pediu aos amigos que votassem em Daniel Almeida, nosso deputado apoiado por Isaac carvalho”, Finalizou.
O segundo a usar a palavra foi o Candidato a Vice-Governador João Leão, disse: “... aqui tenho que falar... o povo daqui já sofreu e muito com o deslocamento para formação do lago. prometeram muito e pouco fizeram: Projetos de irrigação etc. Deixaram o asfalto acabar. Fizemos o que os outros não fizeram. A estrada só falta 50 que vamos fazer. Concluiu.
O candidato ao senado Otto Alencar destacou suas origens e assumiu o compromisso de representar bem a Bahia no senado federal.

Ruy Costa também fez uma rápida retrospectiva de sua vida, onde nasceu, estudou, falou dos ensinamentos de sua mãe e firmou o compromisso de dar continuidade do trabalho do governador Wagner. Pediu voto para Dilma, Otto, Deputados da coligação e  agradeceu ao publico. 

Eleições Bahia: candidatos tem compromissos diversos nesta sexta-feira

por Luiz Fernando Teixeira
Eleições Bahia: candidatos tem compromissos diversos nesta sexta-feira
Foto: Evilásio Júnior / Bahia Notícias
Os candidatos ao governo do estado da Bahia realizam agendas diversas nesta sexta-feira (22). Marcos Mendes (PSOL) concede entrevista a emissora de rádio em Juazeiro e se reúne com oficiais da Polícia Militar pela manhã, e participa da Marcha Nacional Contra o Extermínio da Juventude Negra, em Salvador, à tarde. Rui Costa (PT) também estará na região de Juazeiro, com caravana nas cidades de Sento Sé, Remanso, Casa Nova, Santana e Sobradinho ao longo do dia, com comício à noite. Paulo Souto (DEM) concede entrevista à emissora de rádio e grava programa eleitoral pela manhã. À tarde dá outra entrevista para rádio e viaja para Ilhéus, onde participa de carreata e eventos políticos na cidade. Rogério Tadeu Da Luz (PRTB) recebe lideranças políticas e candidatos do seu partido pela manhã e concede entrevista a um site de Salvador. Renata Mallet (PSTU) participa da Marcha Nacional Contra o Extermínio da Juventude Negra, em Salvador, à tarde, e se reúne com apoiadores da campanha à noite. Lídice da Mata (PSB) faz caminhada na Feira de São Joaquim pela manhã e concede entrevista a emissoras de rádio e televisão no resto do dia.

BN

Emprego não cresceu em cidades-sede da Copa, diz IBGE

A realização da Copa do Mundo não impactou o mercado de trabalho apurado na Pesquisa Mensal de Emprego (PME), segundo Adriana Beringuy, técnica da Coordenação de Trabalho e Rendimento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Não houve aumento de vagas em número considerável que fosse percebido pela pesquisa, nem um movimento de dispensa de trabalhadores temporários ao fim do evento. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, nesta quinta-feira, 21, os dados do emprego nas regiões metropolitanas de São Paulo, do Rio de Janeiro, de Belo Horizonte e do Recife. Por causa da greve, as informações de Salvador e Porto Alegre não ficaram prontas a tempo, pelo terceiro mês consecutivo. “Essas quatro regiões que foram divulgadas foram sedes do evento. Desde a divulgação do mês de junho e também nessa de julho não se observou movimento importante da população ocupada em setores que provavelmente têm aderência importante ao movimento, como serviços e comércio”, disse Adriana. Analistas estimavam que os empregados temporários que costumavam ser dispensados após o carnaval teriam tido os contratos estendidos até o fim da Copa, o que poderia fazer crescer a taxa de desemprego ao fim do evento, quando fossem enfim demitidos. No entanto, a pesquisadora afirma não ser possível observar esse movimento na pesquisa, devido à ausência do evento no componente de sazonalidade da série histórica. Quanto à contratação de temporários especificamente para os meses do Mundial de Futebol, tampouco há confirmação dos números. “Eventualmente, alguma região, como o Rio de Janeiro, teve aumento (no número de vagas) no comércio. Mas, de um modo geral, para as regiões que sediaram o evento, de fato, não se observou aumento expressivo da população ocupada nesses meses em que foi realizada a Copa”, declarou.
Agência Estado/politicalivre

CARAVANA 13 HOJE NA REGIÃO



CARAVANA 13 – REGIÃO SÃO FRANCISCO

 22-08   |    09:00h   |    Juazeiro - Bahia, Brasil
 CONFIRMAR PRESENÇA
CARAVANA 13 – Sento Sé, Remanso, Casa Nova, Distrito de Santana e Sobradinho com ato político em Juazeiro às 19h.

VEJA A DESCRIÇÃO E LOCALIZAÇÃO DO EVENTO

CARAVANA 13 – SENTO SÉ, PILÃO ARCADO, REMANSO, CASA NOVA, DISTRITO DE SANTANA, COM ATO POLÍTICO EM SOBRADINHO


Fonte: portalrui13

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Especialistas dizem que conta de luz vai ficar até 25% mais cara

As contas de  energia elétrica devem ficar entre 20% e 25% mais caras na Bahia a partir de abril do próximo ano, quando o governo federal anunciar o reajuste anual da tarifa da Coelba. Os cálculos são de especialistas no setor energético com base nos gastos que as empresas elétricas têm tido com a geração a partir das usinas térmicas, utilizadas nos últimos dois anos para compensar o baixo nível nos reservatórios das hidrelétricas.
E a expectativa é de que os reajustes na mesma faixa se repitam em 2016 e 2017, e talvez 2018, 2019 e 2020. Dois reajustes concedidos recentemente pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) dão a dimensão do que vai acontecer no ano que vem. No interior de São Paulo, a Elektro foi autorizada a aumentar em 37,78% as tarifas, enquanto a CEB, do Distrito Federal, recebeu autorização para reajustar em 40,79%.
O professor do recém-criado curso de Engenharia de Energia da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Osvaldo Soliano, explica que só pela utilização das térmicas, o custo com a geração de energia aumentou em 25%. Mas o impacto será diluído em três reajustes anuais.
“Se não acontecer mais nenhuma novidade, como uma nova seca ou outro tipo de problema, teremos no ano que vem a primeira parcela pelo uso da energia térmica, mais uma inflação próxima de 7%, além do retorno a que as empresas do setor têm direito por força de contratos”, justifica.
Atrasos
O governo federal foi obrigado a lançar mão da energia produzida a partir de usinas térmicas, que chegam a ter custos de produção até 10 vezes maiores que outras matrizes, como a eólica.
Parques eólicos
Osvaldo Soliano lembra o caso dos parques eólicos construídos na região Sudoeste da Bahia, que ficaram prontos em 2012, mas só entraram em operação no mês passado por conta do atraso na construção da linha de transmissão. “O país demorou a acreditar na matriz eólica, que tem um preço muito mais baixo que a energia térmica e quando fez teve o atraso das linhas de transmissão”, diz.
O diretor da Thymos Energia, Ricardo Savoya, acredita que o impacto da crise atual pode vir a se prolongar até o ano de 2019. “Quando se levam em conta todos os eventos recentes, é possível imaginarmos um impacto nas contas por até cinco anos, mas no ano que vem e no próximo, com certeza teremos reajustes entre 20% e 25%”, diz.
Ele explica que os custos para manter estável o abastecimento energético no país nos últimos dois anos chegaram a R$ 70 bilhões. “Não tivemos um racionamento na oferta de energia, mas certamente teremos um racionamento por conta do preço, que deverá subir bastante”, diz.
Realidade local
O professor do mestrado em Energia da Universidade Salvador, Paulo Guimarães, reconhece que houve elevações nos custos de geração de energia no país, entretanto, afirma que não é possível se tomar como parâmetro para a Bahia o reajuste no interior de São Paulo.
“Na hora de reajustar as tarifas são levados em conta diversos fatores locais. Os gastos com a energia térmica, por exemplo, não são repartidos de maneira igualitária entre os estados”, diz, lembrando que já houve casos em que estados do Sudeste tiveram reajustes menores na energia que os da região Nordeste. “Por que não poderia acontecer o contrário agora?”, questiona.
Outro fator que influencia os reajustes são os planos de investimentos das concessionárias de energia, que não são conhecidos pelo público. “Ainda acredito que não é possível determinar um percentual de reajuste”, diz. A Coelba informou por meio da assessoria de imprensa que não interfere no reajuste, que é definido pela Agência Nacional de Energia Elétrica.
Fonte: radiocidadeam

GIRO DE NOTICIAS

Destaques desta Quinta-Feira, 21 de Agosto de 2014
Eleições 2014
Entrada de Marina provoca mudanças na coordenação de campanha
Política
TCU adia processo que bloqueia os bens de Graça Foster
Polícia
Ex-médico Roger Abdelmassih está preso no interior de SP
Justiça
Suzane Von Richthofen recusa semiaberto
Por Dentro do Esporte
Dunga dá início à reformulação gradativa na Seleção Brasileira
Economia
Calote argentino não preocupa negócios supermercadistas
Economia
Número de brechós cresce 200% no Brasil em cinco anos
Economia

Produzir no Brasil está 23% mais caro que nos Estados Unidos

SENTO SÉ: MARINHA FISCALIZA BARCA ALBATROZ, VISTORIA NOVA EMBARCAÇÃO E APRESENTA NOVO COMANDANTE DA AGENCIA FLUVIAL DE JUAZEIRO

Da esquerda: Capitão-Tenente Rafael Sanctos e Cap-Tenente Cláudio Luiz
Nova Barca do senhor Zé Fiscal - ainda sem nome
O Comandante da Agencia Fluvial da Marinha do Brasil em Juazeiro esteve esta tarde em Sento Sé, acompanhado do novo comandante Rafael Sanctos Paulucci, que assumirá a Agencia Fluvial no próximo dia 28/08, do Sargento Silvio e mais um militar. Um dos objetivos da visita foi apresentar o Capitão-Tenente Rafael Sanctos Paulucci a diversos segmentos da sociedade Sento-seense a exemplo do Delegado de Policia Civil doutor Raimundo Guerra, ao Presidente da Colônia Z -43 senhor Ermino Alves de Miranda, conversou com nossa reportagem do “sentoseagora.com.br” e realizou minuciosa fiscalização nas condições físicas, equipamentos de segurança, comunicação, entre outros itens da barca Albatroz finalizando com a emissão de uma notificação para algumas exigências legais, as quais não comprometem a continuação das atividades da barca.

NOVA EMBARCAÇÃO
Toda embarcação está sujeita a vistoria pela Marinha no ato de sua inscrição, transferência de propriedade e/ou jurisdição, renovação de documento ou em outros casos julgados necessários.

Os prepostos da Marinha também vistoriaram a nova embarcação de propriedade do senhor “Zé Fiscal” para abertura de processo de inscrição ou transferência de propriedade, jurisdição e outros procedimentos da nova embarcação e posteriormente autorizar o transporte de passageiros e cargas. Uma notificação com diversas exigências legais foi emitida e após assinada pelo representante da Marinha foi entregue ao proprietário, que também assinou para as devidas providencias. O Capitão Cláudio Luiz deixou claro que a embarcação não está autorizada a operar comercialmente enquanto não for apresentada toda documentação exigida e conseqüentemente autorização da Marinha para entrar em operação.  

Texto e Foto Osiel Amaral