terça-feira, 28 de abril de 2015

BRASIL:Desemprego fica em 6,2% em março, aponta o IBGE

A taxa de desemprego medida mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) subiu de 5,9%, em fevereiro, para 6,2% no mês de março, informou hoje (28) o instituto na Pesquisa Mensal de Emprego. Para o IBGE, essa variação mostra estabilidade. Em março do ano passado, a taxa alcançou 5%.

O desemprego registrado em março de 2015 igualou a taxa de março de 2012, quando também chegou a 6,2%. O percentual é o maior registrado em um mês de março desde 2011, quando a taxa foi 6,5%.

Segundo a gerente da Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios, Maria Lúcia Vieira, que participou da divulgação da Pesquisa Mensal do Emprego, os primeiros meses do ano costumam apresentar alta da taxa de desocupação, que perde força a partir de abril. "De janeiro até março, há uma tendência de elevação da taxa de desocupação. É a tendência de início de ano de todos os anos", disse ela, ao acrescentar que há mais gente procurando emprego em março deste ano que no ano anterior.

Desde dezembro de 2014, o percentual da população ocupada teve queda, partindo de uma redução de 0,7% no último mês do ano passado que se intensificou para -0,9% em janeiro e -1% em fevereiro. Em março, a queda foi 0,2%, o que, apesar do enfraquecimento, mostra que pessoas que perderam seus empregos podem não estar encontrando novo. "Isso revela que pessoas estão saindo de seus postos de trabalho e nem todas estão conseguindo se recolocar", destaca a gerente.

De acordo com o IBGE, o rendimento real habitual do trabalhador foi R$ 2.134,60, menor que o registrado em fevereiro de 2015 e março do ano passado, meses em que foram registradas, respectivamente, rendas de R$ 2.196,76 e de R$ 2.200,85.

Em termos percentuais, o rendimento real habitual em março caiu 2,8% em relação a fevereiro deste ano e 3% na comparação com março do ano passado.

As seis regiões pesquisadas pelo IBGE na Pesquisa Mensal de Emprego são Recife, que teve desemprego de 8,1%, Salvador (12%), Belo Horizonte (4,7%), Rio de Janeiro (4,8%), São Paulo (6%) e Porto Alegre (5,1%).

O número de desocupados nas seis regiões aumentou em 280 mil pessoas na comparação com março do ano passado e se manteve estável na comparação com fevereiro. O nível de ocupação se manteve estável em 52,1% em relação a fevereiro deste ano, mas caiu 0,9 ponto percentual em relação a março de 2014.
 
FONTE: JORNALDAMIDIA

SENTO SÉ: ACONTECE HOJE A 2ª CONFERENCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

LOCAL: CAMARA MUNICIPAL DE VEREADORES

HORÁRIO: 08 ÀS 18 HORAS

PATICIPE!

MANCHETE DOS JORNAIS

 A Tarde: 12 mortos
- Correio*: Temporal mata 11
- Tribuna da Bahia: Chuvas, saques, deslizamentos e 14 mortes
- Estadão: Caixa só vai financiar 50% do valor de imóvel usado
- Folha de S. Paulo: Caixa reduz limite para financiar imóvel usado
- O Globo: Dilma não fará pronunciamento no Dia do Trabalho
Fonte: politicalivre

segunda-feira, 27 de abril de 2015

BAHIA: Pacientes são obrigados a parar tratamento por falta de remédios

Imagem de Internet
A falta de medicamentos para distribuição gratuita na Bahia está generalizada e já atinge, inclusive, pacientes psiquiátricos, nos quais a interrupção do tratamento pode gerar graves e imprevisíveis transtornos para a família e a sociedade. A denúncia é do presidente do Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia – Sindimed, Francisco Magalhães, alertando que esse problema “é uma questão até mesmo de segurança nacional”.
Magalhães explica que já houve períodos em que os medicamentos estiveram em falta, mas “de uma forma segmentada, enquanto, atualmente, a escassez é generalizada”. Ele diz que, embora em alguns casos sejam remédios baratos (em torno, até, de R$ 2 ou R$ 3, no caso de dipirona, amoxilina etc.), “grande parte da população não tem a mínima condição de comprá-los.”
O presidente do Sindimed cita um exemplo que ele costuma viver na cidade onde trabalha, Nordestina, no sertão da Bahia: ele receitou uma benzetacil e o paciente voltou sem tomar porque não encontrou de graça na rede pública e não tinha dinheiro para comprar.
O administrador Vitor Anjos, 28 anos, sentiu na pele a sensação de impotência ao tentar comprar uma medicação e não encontrar em farmácias, nem em postos de saúde. “Na última segunda-feira, o médico me receitou duas ampolas de Benzetacil. Primeiramente, recorri às farmácias para comprar o remédio e realizar a aplicação com um enfermeiro de onde eu trabalho. Percorri exatamente dez farmácias da cidade (Comércio, Centro e Barris) e em todas a resposta foi a mesma: estamos sem medicamento, por problemas com a distribuidora e recomendaram, então, buscar um posto médico, onde o medicamento seria encontrado mais facilmente. Percorri exaustivamente quatro postos de saúde, sem sucesso: na Carlos Gomes, na UPA dos Barris, no 5º Centro, no posto do final de linha do Garcia. Já desacreditado, resolvi tentar a última vez no posto Ramiro de Azevedo, onde ainda havia o Benzetacil, em pouca quantidade. A sensação foi de desespero, pela urgente necessidade, já que nem pagando consegui”, desabafou.
Magalhães diz ainda que há falta também de medicamentos de alto custo, como o Fator 8, que tem que ser usado por hemofílicos a fim de evitar hemorragias que podem ser letais, ou gamaglobulina, usada para reforçar o sistema imunológico.
Mostrando-se até mesmo espantado com a situação, o presidente do Sindimed conclui que é “urgente o governo federal procurar resolver essa questão. Ficamos na dúvida: será que o governo central não está repassando os recursos para estados e prefeituras, ou esses recursos chegam, mas não são utilizados? Uma situação desse tipo já ocorreu, por exemplo, na administração municipal passada, em Salvador, quando verbas para remédios chegaram a ser devolvidas.”
Assistência ineficaz
Em artigo publicado no Portal da Educação, Yago Gabriel Assunção  analisa que “o SUS foi criado em 1988, proporcionou muitos avanços no setor saúde. Está baseado no direito ao acesso da população a todos os níveis de atenção, inclusive aos de Assistência Farmacêutica.
Segundo a Organização Mundial de Saúde, a Assistência Farmacêutica é um conjunto de ações desenvolvidas pelo farmacêutico e por outros profissionais de saúde voltadas à promoção, à proteção e à recuperação da saúde, tanto no nível individual como no coletivo, tendo o medicamento como insumo essencial. É de se notar que no Sistema Único de Saúde, temos um profissional que muitos usuários desconhecem o seu papel e para muitos não passamos de meros ‘dispensadores de remédios’, quando na verdade somos muito mais que isso. Nosso papel é garantir o acesso a medicamento, mas como vamos garantir isso se na rede pública de saúde não tem farmacêuticos suficientes?”
Ele prossegue: “Existe um ciclo básico da Assistência Farmacêutica que deve ser seguido e muito bem pensado quando se fala em acesso a medicamento. Se esse ciclo não funciona como podemos garantir o acesso da população a medicamentos básicos? Respondendo a pergunta vamos elencar alguns motivos para faltar medicamentos, que são programação inadequada, aquisição insuficiente, armazenamento inadequado e sem comunicação com o setor de distribuição e a dispensação e a falta do principal responsável por isso, o farmacêutico.”
“Se na distribuição tivermos falhas com certeza o restante do processo vai ficar comprometido. É simples: falta medicamento porque falta gestão. E não precisa ser formado na área para entender como isso funciona. Vamos exemplificar, você cidadão compra um pacote de pó de café de 1 kg, vai fazendo café todo dia, você vai esperar o pó de café acabar para comprar outro? Pela lógica vamos determinar um limite que é o ponto onde daremos início ao processo de compra, que para nós é ir até um supermercado e selecionar o pó de café e comprar.”
Interrupção de  tratamento 
De acordo com a literatura médica, “a interrupção do tratamento psiquiátrico a base de remédios pode gerar diversos problemas. Eles incluem perturbações gastrointestinais e/ou somáticas gerais (náuseas, vômitos, dores abdominais, diarreia, calafrios, fraqueza, cansaço, mialgias e cefaléia) insônia inicial ou média ataques de pânico e delírio movimentos anormais (acatisia, parkinsonismo).
Os sintomas da descontinuação de inibidores seletivos de recaptação da serotonina (ISRS) são diversos, sendo os mais comuns mal-estar generalizado, náuseas, cefaléia, letargia, ansiedade, parestesias, confusão, tremores, sudorese, insônia, irritabilidade e distúrbios de memória.”

A denúncia é do presidente do Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia - Sindimed, Francisco Magalhães.

Fonte: Tribuna da Bahia

SENTO SÉ: Escolas da rede municipal são equipadas com novas carteiras escolares

carteiras
As escolas da rede municipal de ensino de Sento-Sé foram totalmente equipadas com novas carteiras escolares, acabando de vez com a falta de assentos em algumas unidades.  Inicialmente foram distribuídas 500 unidades modelo universitário escolar em PP, cor azul, que oferecem mais conforto e comodidade aos estudantes. Desde de 2009, que a prefeitura vem reestruturando todas as unidades, com reforma, ampliação, aquisição de material, substituição de quadros e implantação de laboratórios de informática. De lá para cá, já foram construídas 26 salas de aulas e quatro escolas novas. A realidade atual é bem diferente de seis anos atrás, quando os alunos estudavam debaixo de arvores, a exemplo de Campo Limpo e Boa Sorte, onde pés de umbuzeiro e algaroba serviam de salas de aulas.
Fonte: ascom/pmss

MANCHETE DOS JORNAIS

 A Tarde: Senado pode tornar crime uso do celular ao volante
- Correio*: Depois do frango, o coice do bode
- Tribuna: Chuvas devem vim forte
- O Estado de S. Paulo: Coaf alerta para gastos atípicos de servidores
- Folha de S. Paulo: Haddad vai privatizar Anhembi
- O Globo: Plano para construir presídio só arrasta
Fonte: politicalivre

SENTO SÉ: MADRUGADA E MANHÃ DE SEGUNDA-FEIRA CHUVOSA

Fotos: Osiel Amaral

O serviço de meteorologia do Instituto Climatempo indica período com pancadas de chuvas, raios  e trovoadas hoje (27), amanhã e na próxima quarta-feira dia 29.
Nesse exato momento chove forte na sede do município e povoados localizados na borda do Lago de Sobradinho. 

SENTO SÉ: GRANDE CULTO E TEMPLO LOTADO PARA CELEBRAR OS NOVE ANOS DA 1ª IGREJA BATISTA EM SENTO SÉ

Nova logomarca da IB Sento Sé

As comemorações pela passagem do nono aniversário da Primeira Igreja Batista em Sento Sé, terminou ontem à noite com um grande culto de Louvor, Adoração e Gratidão a Deus. Orações, leitura da Palavra de Deus, pregação do Pastor Carlos Nilton da IBAM em Salvador, Apresentação de um grande conjunto Coral formado por dezenas de mulheres, Santa Ceia e no anexo ao templo foi repartido um bolo com todos os presentes, marcaram o ultimo dia das comemorações. Os trabalhos foram dirigidos pelo pastor da Igreja, Vandson Santos.




Confira algumas fotos de Osiel Amaral:
Pastor Fábio e esposa - Visitantes


Bolo de aniversário


Igreja Lotada


Cantores da Igreja


Pastor Carlos Nilton

Conjunto Coral
Alguns irmãos participaram do culto na área externa do templo

domingo, 26 de abril de 2015

VITORIA DA CONQUISTA: Na primeira final do Baianão, Vitória da Conquista aplica 3 a 0 no Bahia

por Ulisses Gama
Na primeira final do Baianão, Vitória da Conquista aplica 3 a 0 no Bahia
Foto: Divulgação/EC Bahia
O Vitória da Conquista deu um grande passo para vencer o Campeonato Baiano pela primeira vez. Na tarde deste domingo (26), no estádio Lomanto Júnior, o time do interior teve uma grande atuação e venceu o Bahia por 3 a 0, com gols de Fausto, Diego Aragão e André Beleza.  A partida que define o título será no próximo domingo (3), na Arena Fonte Nova, às 16h.

Antes deste jogo, o Bahia tentará reverter o placar pela final da Copa do Nordeste. Nesta quarta-feira (29), o tricolor reencontra o Ceará, na Arena Castelão, 

O JOGO
 
As duas equipes começaram a final do campeonato mostrando muita vontade, mas sem grandes oportunidades de gol nos primeiros minutos. Aos 15 minutos, Kieza, em jogada pelo lado direito do ataque, cruzou a bola para área, interceptada por Viáfara. Dois minutos depois, Bruno Paulista cobrou escanteio para Maxi, que emendou um voleio que não assustou o goleiro conquistense. 
 
Chance perdida
 
O time do interior teve a sua primeira grande chance aos 19 minutos. A defesa do Bahia vacilou e o atacante Tatu puxou contra ataque em grande velocidade, ficando de frente para Jean, mas, na hora de finalizar, mandou pra fora, decepcionando os alviverdes presentes no Lomanto Júnior. 
 
Aos 24, Maxi recebeu bola dentro da área e cabeceou para a meta. Viáfara fez a defesa. O bode do sertão levou muito perigo aos 27. Depois de cruzamento de Apodi, Jean saiu mal, rebateu para os pés de Carlinhos, que chutou para o gol. Titi foi ágil e salvou o tricolor em cima da linha. Na sequência, pelo lado do ataque do Bahia, Tony cruzou para Maxi, que completou sem força para uma defesa sem sustos de Viáfara. 
 
Aos 32, Carlinhos, livre de marcação, cabeceou por cima da meta de Jean. Aos 40, mais um encontro entre Tatu e Jean. A defesa do Bahia se atrapalhou mais uma vez, o atacante do Vitória da Conquista finalizou fraco e o arqueiro tricolor defendeu. O Bahia chegou ao ataque aos 42, mas Viáfara bloqueou o cruzamento de Léo Gamalho. 
 
Segundo tempo

 
Fausto abre o placar
 
Aos 2 minutos, o Vitória da Conquista abriu o placar no Lomantão. Depois de cruzamento na área, Fausto, ex-Bahia, foi mais alto que a defesa tricolor e cabeceou para a rede, levando a torcida conquistense ao êxtase.
 
Aos 4, Kieza cruzou para Léo Gamalho, que cabeceou no canto e o goleiro Viáfara defendeu. O argentino Maxi Biancucchi levou muito perigo aos 10 minutos, quando recebeu lançamento e mandou a bola no travessão. No rebote, Souza chutou para fora. O Bahia seguiu em busca do gol de empate, mas sem causar grandes perigos.
 
 
Vitória da Conquista marca mais dois 
 
Aos 22, veio o castigo. Thales erra e o meia Diego Aragão aproveitou e com uma bela finalização, marcou. Era o segundo do time conquistense no Lomantão. Seis minutos depois, aos 28, o terceiro. André Beleza recebeu a bola dentro da área e bateu no canto de Jean. Foi o suficiente para que os tricolores começassem a deixar o estádio. Com o placar largo, o time do interior não teve problemas com o Bahia, que não teve forças para reagir nos minutos finais. 
 

FICHA TÉCNICA:
Campeonato Baiano - Final (1º jogo)
Vitória da Conquista 3 x 0 Bahia
Local: Estádio Lomanto Júnior
Data: 26/04/2015
Horário: 16h
Árbitro: Lúcio José Silva de Araújo
Auxiliares: José Raimundo Dias da Hora e Jucimar dos Santos Dias
Cartões Amarelos: Tatu, Viáfara, Fernando Belém (Vitória da Conquista) / Pittoni, Léo Gamalho (Bahia)
Cartões Vermelhos:
Gols: 
Fausto, Diego Aragão e André Beleza (Vitória da Conquista) 
 
Conquista: Viáfara; Apodi, Silvio Fernando Belém e Mateus Leoni; Fausto, Maicon, Diego Aragão e André Oliveira; Carlinhos e Tatu (Erivelton). Técnico: Evandro Guimarães.
 
Bahia:  Jean; Tony (Yuri) , Thales, Titi e Bruno Paulista; Pittoni (Zé Roberto), Souza, Tiago Real; Maxi (Rômulo) , Léo Gamalho e Kieza. Técnico: Sérgio Soares

BN -Esportes

SENTO SÉ: COMEMORANDO 9º ANIVERSÁRIO, 1ª IGREJA BATISTA REALIZA BATISMOS NAS ÁGUAS DO RIO SÃO FRANCISCO

Neste domingo, 26/04, último dia das comemorações alusivas ao 9º aniversário de atividades evangelísticas da Primeira Igreja Batista em Sento Sé, foi marcado pela realização de 07 batismos pelo pastor da Igreja, Vandson Santos, nas águas do Rio São Francisco. O evento aconteceu logo após a Escola Dominical especial e dezenas de irmãos se deslocaram até ao local para acompanhar.
O batismo cristão não é um sacramento como ensina alguns. A palavra sacramento não existe no Novo Testamento; provém do latim e significa: "o meio de alcançar a graça divina". Jesus não nos deixou nenhum sacramento. Jesus nos deixou duas ordenanças: O Batismo é a primeira ordenança, e a Ceia do Senhor é a segunda”. Convém que todo salvo seja primeiro batizado, para depois participar da Ceia. O batismo cristão começou com o Senhor Jesus. Ele foi o primeiro, ao ser batizado por João Batista.
João era chamado de "Batista" ou o "emergidor" por causa do batismo que Deus lhe mandara realizar. Este batismo, conhecido como batismo de João ou de arrependimento (Mat. 3:5-8 e Atos 19:1-5), era temporário, pois visava a preparar o povo para receber Jesus, fazendo a transição da lei e profetas do Antigo Testamento, para o Evangelho de Cristo no Novo Testamento. O batismo de João Batista era para quem queria arrepender-se e ser salvo. O batismo cristão é para quem já se arrependeu e já está salvo. Jesus não necessitava de batismo, mas batizou-se, dando-nos o supremo exemplo como Homem (Mat. 3:13-17).
Logo mais às 19h30min será celebrado mais um culto de gratidão a Deus, pelos nove anos de instalação da Primeira Igreja Batista em Sento Sé.

PARTICIPE!
Veja outras fotos de Osiel Amaral e Ismael Rocha: