terça-feira, 30 de novembro de 2010

O ANALFABETISMO NO BRASIL, NORDESTE E EM SENTO SÉ - PARTE IV

11/30/2010 08:29:00 AM

MEC não consegue atrair professores formados para trabalhar em turmas de alfabetização
Amanda Cieglinski Repórter da Agência Brasil
Brasília - A professora Ana Cristina Araújo fala com orgulho sobre seus alunos da turma de alfabetização. São donas de casa e trabalhadores que se reúnem todas as noites para o desafio de voltar à sala de aula. As dificuldades para motivar turmas de educação de jovens e adultos são muitas, mas ela não pensa em abandonar o trabalho que realiza há cinco anos. “A gente não está aqui pelo dinheiro, isso é o de menos. A conquista dos alunos é o gratificante”, conta.Se sobra boa vontade à professora, falta formação. Ana Cláudia tem o ensino médio completo e já participou de alguns cursos de capacitação, mas espera um dia chegar ao ensino superior. Como ela, boa parte dos professores que trabalham em turmas de alfabetização não tem formação específica.
Para a especialista da Universidade de São Paulo (USP) Maria Clara Di Pierro, o fato de muitos alfabetizadores ainda terem uma formação básica compromete o processo de aprendizagem.“Ensinar a ler e escrever não é uma tarefa que qualquer pessoa pode executar. Motivação, boa vontade e inserção na comunidade são atributos necessários, mas não são suficientes”, avalia.
Em 2007, ao anunciar mudanças no programa Brasil Alfabetizado, o Ministério da Educação (MEC) estabeleceu a meta de que pelo menos 75% dos alfabetizadores deveriam ser professores da rede municipal ou estadual.Mas, segundo o secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC, André Lázaro, isso não vem sendo cumprido. Uma das justificativas apontadas por ele é o baixo valor da bolsa paga aos professores, de R$ 250 a R$ 275 mensais por turma.“Não estamos conseguindo manter esse percentual. O valor da bolsa ainda é muito baixo, vamos ver se para frente é o caso de aumentar. Mas nós temos um projeto de capacitação de alfabetizadores na formação inicial e continuada. Essa é uma das nossas preocupações com o programa hoje”, afirma.Maria Clara Di Pierro ressalta que a educação de jovens e adultos não ocupa o lugar que deveria nem mesmo nas faculdades de pedagogia das melhores instituições de ensino superior do país. “Mesmo nas universidades de ponta, a educação de adultos não está no currículo. E, quando existe, é uma disciplina optativa, como é aqui na USP, ainda marginal na formação. Você não tem um sistema de formação permanente e continuada nesse campo”, alerta.Para o professor da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense (UFF) Osmar Fávero, as dificuldades comuns em uma turma de alfabetização podem ser potencializadas se não houver um profissional com formação adequada dentro da sala de aula.
“A maioria dos professores do Brasil Alfabetizado é voluntária. Você tem muito problema de material didático inadequado na mão de um professor que é mal preparado, que ganha pouco, que não tem um lugar adequado para trabalhar com um público cansado que trabalha o dia todo, não se pode esperar uma ação eficaz”, analisa.

Postado por Osiel Amaral em 30/11/2010

Sento Sé realiza festa da padroeira do Bairro Tombador: Nossa Senhora da Conceição

11/30/2010 01:48:00 AM

Por Osiel Amaral
Começou ontem, segunda-feira (29) em Sento Sé, no sertão norte Baiano, a festa em homenagem a Nossa Senhora da Conceição. Este ano o tema do evento é “Sob o olhar da Imaculada Conceição, caminhamos com Jesus”.
Serão 10 dias de festa, a programação vai contar com recitação de terços, realização de missas, apresentações culturais e Leilões, sempre a partir 19h. Contará com a participação dos irmãos líderes de diversas comunidades da sede e do interior do município, participarão da festa.
A abertura aconteceu ontem, às 19h. Os noiteiros foram Motoristas e Motoqueiros. A Procissão com o andor de Nossa Senhora saiu da Igreja Matriz de São José seguido por uma carreata e dezenas de motos, em direção a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, no bairro Tombador. O tema ontem foi “Maria Olhar que desperta” Logo depois o Padre João abençoou os transportes (motos e carros). O pregador da noite foi André Sento Sé. Todas as noites haverá celebrações da Novena na igreja. Logo após as celebrações: Leilões.
As comemorações à Padroeira do bairro Tombador, conta com o apoio da prefeitura municipal de Sento Sé, através do Departamento de Cultura.
O prefeito Ednaldo Barros, falando sobre a festa disse. “Estamos honrados e agradecidos a Deus pela religiosidade do nosso povo isso é muito importante ”, afirmou o prefeito.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Nego Damasceno é candidato à reeleição na Câmara

11/29/2010 06:26:00 AM

Por Osiel Amaral
Nos corredores da Câmara, o tema é praticamente esquecido. Opiniões são celebradas de forma reservada, disse o Vereador Davi Ribeiro. O presidente José Carlos Damasceno, declarou que é candidato à reeleição para mais dois anos.
A Câmara de Vereadores de Sento Sé vive um momento de muita tranqüilidade. Prova disso, é que, o atual presidente, vereador José Carlos Damasceno, conduz o legislativo de forma transparente, garantindo aos vereadores tratamento uniforme.
O relacionamento com o prefeito Ednaldo Barros é dos melhores, e o próprio prefeito tem afirmado o apoio de todos os vereadores, no sentido de colaborar com a administração e nos interesses coletivos.
Com a sua reeleição praticamente assegurada, uma vez que dificilmente haverá a inscrição de outra chapa, sendo que a eleição deverá ser disputada em chapa única,. José Carlos Damasceno disse estar pronto para dar continuidade ao trabalho que vem desenvolvendo à frente do legislativo municipal. "Estou certo de que a Câmara de Sento Sé está no caminho certo, afirmou.
A nossa reportagem ouviu ainda as opiniões dos Vereadores: Hipólito Domingos, Altemar Sérgio e Davi Ribeiro. Ambos confirmaram o momento de muita tranqüilidade no Legislativo municipal, afirmaram apoio ao atual presidente e disseram que não acreditam que haverá chapa de oposição.

Começa a construção de 60 casas populares

11/29/2010 01:53:00 AM



Osiel Amaral
Começou hoje, a construção da primeira etapa de casas populares em Sento Sé, depois décadas, em que nenhuma casa foi construída. Ao todo sessenta casas populares serão construídas com recursos do governo federal, por meio do programa "Minha Casa, Minha Vida", Ministério das Cidades e Prefeitura de Sento Sé. Custo da obra orçada em 1.020.000,00. Cada casa terá aproximadamente 38 metros quadrados, dividida em dois quartos, banheiro, cozinha e uma ampla sala. A área a ser ocupada fica localizado à direita da estrada que liga o bairro Cicero Borges ao Aterro Sanitário, adquirida pela prefeitura ainda na gestão passada.
A Secretária Municipal de Ação Social, Maria Café, informou recentemente que o município foi contemplado com outras oitenta casas que serão construídas em uma segunda etapa, perfazendo o total de Cento e quarenta casas.

Para o município andar, a prefeitura não pára. O prefeito Ednaldo Barros anunciou o inicio da construção das primeiras sessenta casas, na solenidade de inauguração de obras e melhorias no Bairro Cícero Borges, no último Sábado, dia 27/11.”A nossa administração tem o compromisso e a preocupação de buscar e garantir qualidade de vida a todas as camadas da população, especialmente a dos mais necessitados. O nosso governo tem compromisso com o povo de Sento Sé. Totalmente diferente do governo passado. Passaram oito anos e nada foi feito. Enfatizou Ednaldo Barros.

Criado pelo Governo Federal, o programa "Minha Casa, Minha Vida" beneficia famílias com renda de até três salários mínimos. Em Sento Sé, as pessoas foram cadastradas pela Secretaria Municipal de Ação Social e tiveram seus nomes contemplados em adquirir os imóveis. A Caixa Econômica Federal, é que define as famílias a serem contempladas.

domingo, 28 de novembro de 2010

Prefeito Ednaldo Barros inaugura obras e anuncia Programa Comida na Mesa.

11/28/2010 03:55:00 AM






Por Osiel Amaral

O prefeito Ednaldo Barros anunciou neste sábado (27/11) a criação de um projeto social intitulado “Comida na Mesa”, semelhante à “Bolsa Família”. O projeto prevê a doação de alimentos às pessoas mais necessitadas. As famílias cadastradas receberão um cartão e poderão comprar seus alimentos em estabelecimentos comerciais na sede e no interior. O anúncio foi feito durante entrega de três importantes obras, no bairro Cícero Borges, na sede do município. Falando sobre as melhorias investidas no bairro disse. "Estas ações e obras, ampliação do prédio escolar, inauguração de um Telecentro e Posto de Saúde, servirá para promover melhor qualidade de vida, saúde e educação de todos moradores do bairro", afirmou Ednaldo Barros.

Na inauguração do Posto de Saúde da Família, batizado com o nome de Dr. Eliomar Cavalcante de Araújo, o prefeito Ednaldo destacou emocionado. Tenho procurado médicos para substituírem o saudoso amigo Dr. Eliomar. “Concluiu com voz embargada e olhos marejados.” Igual ao meu amigo, Dr. Eliomar, não há substituto. Considerando o incansável trabalho realizado, praticamente ao longo de toda sua vida de médico a favor do nosso povo. Por isso, nossa justa homenagem.

O prefeito informou também que será feita a pavimentação a paralelepípedos nas ruas do bairro.
Para a aposentada Maria dos Santos, 66 anos, a entrega das obras vão motivar as pessoas e estudantes do bairro. "Quando soube que teria um posto com médicos aqui, não acreditei”. Declara.

O Secretário municipal da Educação, José Amaro, fez um breve relato histórico da escola e agradeceu ao prefeito pelas obras. Os vereadores Altemar Sérgio, Hipólito Domingos, Presidente da Câmara de Vereadores José Carlos Damasceno, o Vice-prefeito Paixão do Piri, o líder comunitário e Suplente de Vereador Cícero Borges, ambos parabenizaram o prefeito pela inauguração dos novos equipamentos.

O Secretário de Administração e Finanças, Rodolfo Café, citou algumas obras já inauguradas pelo prefeito e afirmou que, o governo continuará investindo o dinheiro público, em obras que beneficiam diretamente a população e parabenizou Ednaldo pela excelente administração que vem realizando.

O evento contou com a presença de grande multidão e foi abrilhantado com as apresentação da Policia Militar Mirim, Grupo de Coreografia da Congregação local da Igreja Cristã Evangélica e do Grupo de Capoeira Raça.



Fotos: Osiel Amaral

Ses Campeão Municipal de Futebol Amador de 2010

11/28/2010 02:40:00 AM





Sábado, 27 de Novembro de 2010. A Sociedade Esportiva Sentosseense – SES conquistou o Campeonato Municipal de Futebol Amador 2010, é o sexto titulo da história do clube. A equipe tinha a seu favor jogar as partidas finais com a vantagem de dois resultados iguais. Empatou as duas e levantou o troféu de Campeão. A torcida, que compareceu em grande número ao estádio Assisão e gritou. “É Campeão”. O Ses levantou a taça em cima da forte equipe do São José.
O SES Campeão com: Ary, Tiringa, Tiago Beba e Roney. Marcão, Gilmar, Everaldo e Deivid. Vetto e Kelly. RESERVAS: Barto, Mainha, Clóvis, meton, Sergio, Juninho e Osmar. TÉCNICO; Netão
O São José Vice Campeão com: Negão, Romério, Antonio Luiz, Bebeto, Magrinho. Erinaldo, Diego Almeida, Jader e Jeicson. Piqueno e Dão. RESERVAS: Tiago, Pretinho, Cesinha, Luiz, Ruy, Nilsinho e Rodolfo. TÉCNICO: Zezão.
Ao final da partida o Departamento de Esportes fez a premiação em dinheiro, medalhas e troféus> Melhor Goleiro da competição, Negão do São José. Artilheiro, Jose Nilson. Destaque do jogo, goleiro Ary do Ses. A equipe Vice-campeã recebeu troféu e prêmio de R$ 800,00 (oitocentos reais). A equipe campeã recebeu troféu e prêmio de R$ 1.200,00 (hum mil e duzentos reais). Prêmios cedidos pelo prefeito Ednaldo Barros.
O prefeito Ednaldo Barros, o grande incentivador do esporte no município, parabenizou todas as equipes participantes e aproveitou para anunciar melhorias no sistema de iluminação do estádio para 2011. “Vamos continuar investindo forte, no esporte da sede e do interior”. Finalizou o prefeito.
O evento teve a cobertura da Assessoria de Imprensa e Comunicação da Prefeitura Municipal e transmissão pela Rádio Juazeiro. Narração: Ginaldo Nascimento. Reportagens de Osiel Amaral.
SALVE, SALVE O NOSSO FUTEBOL.

sábado, 27 de novembro de 2010

Hoje tem decisão no Assisão

11/27/2010 04:11:00 AM

Por: Osiel Amaral
Agora é pra valer. Quem será o Campeão Sento-seense de Futebol Amador 2010? . A grande decisão é logo mais às 16hs no Assisão. São José enfrentando a equipe do Ses (Sociedade Esportiva Sento-seense). As torcidas certamente mais uma vez estarão presentes para empurrarem os seus times à vitória.
O São José vai buscar o resultado, precisa vencer. Tem como adversário a experiente equipe do Ses, que entra em campo com a vantagem do empate.
DADOS DO CAMPEONATO:
Inicio: 24 de Julho de 2010
Quantidade de Rodadas: 06 (seis)
Quantidade de Jogos: 50 (Cinqüenta)
Total de Equipes: 14 (Catorze)
Gols Marcados: 164 (Cento e sessenta e quatro)
Média de gols por jogo: 3,34
Equipes Participantes: Rido’s, Fluminense, Bahia, São Paulo, São José, Internacional, Juventude, Ses, Piçarrão, Leônico, Olho D’Água, Cruzeiro, Vila Nova e Palmeiras.
Campanhas dos Finalistas:
SES: 05 Vitórias - 03 Empates - Zero Derrota
• A aplicou a maior goleada. 12 x 1 – no Palmeiras – 1ª Rodada. 08 Agosto
• Destaques: Goleiro Ary e Kelly
SÃO JOSÉ: 03 Vitórias, 05 Empates e 01 Derrota
• Foi Campeão Juazeirense de Futebol Amador 2005 – representando o Barro Vermelho.
Destaques: Pai e Filho. Dão e Alan (Alan desfalca o time. Suspenso).
Conquistou este ano dois títulos:
Campeão da Copa Revelação Sub 18 e Campeonato dos Quarentões.
ESCALAÇÕES PROVÁVEIS:
SÃO JOSÉ: Negão, Romério, Antonio Luiz, Bebeto e Magrinho. Erinaldo, Jeicson, Dão e Jader. George e Diego Almeida.
SES: Ary, Tiringa, Tiago, Barto e Roney. Marcão, Everaldo, Deivis e Kelly. Osmar e Max.

Empossados os novos Conselheiros Tutelares de Sento Sé

11/27/2010 03:59:00 AM

Aconteceu na manhã desta quarta feira, 24/11, no plenário da Câmara de Vereadores, a cerimônia de posse dos novos Conselheiros Tutelares de Sento Sé. A solenidade contou com a presença de autoridades e representantes dos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e da Sociedade Civil.

O CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), órgão fiscalizador do Conselho Tutelar, deu posse aos novos conselheiros, estabelecendo metas e desafios a serem cumpridos.

Os titulares: Ana Paula Mendes dos Reis, Tarssio Leite de Farias, Ana Rita Ribeiro de Souza, Angla Pereira dos Santos e Paulus Vinícios Brito de Azevedo.

Os suplentes: Fernanda Oliveira Silva, Jaíro Rodrigues da Silva, Rogério Batista da Silva, Eudes Silva Ferreira e Cristiane da Silva.

Todos foram selecionados através de provas objetivas, entrevistas e eleição com as entidades que lidam com a infância e a juventude.

O Conselho Tutelar terá como missão, garantir e defender os direitos fundamentais de todas as crianças e adolescentes, na condição peculiar de pessoas em desenvolvimento com prioridade absoluta, como define os Artigos 136, 101 e 129 do Estatuto da Criança e do Adolescente.
A instituição conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Sento Sé.
POSTADO POR OSIEL AMARAL EM 27/11/2010
Foto: Tonny Lopes

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Analfabetismo funcional é mais um desafio que o Brasil precisa enfrentar

11/25/2010 07:06:00 PM

Amanda Cieglinski*
Repórter da Agência Brasil



Brasília - Além de reduzir o percentual de brasileiros que não sabem ler e escrever (10%), o país tem o desafio de combater o chamado analfabetismo funcional, que atinge 25% da população com mais de 15 anos, de acordo com a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).



Há diversos conceitos para classificar o analfabeto funcional. Para a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), é o indivíduo com menos de quatro anos de estudo completos.

O analfabeto funcional, em geral, lê e escreve frases simples, mas não é capaz de interpretar textos e colocar idéias no papel.

“De certa forma, eu avalio que é um problema maior do que o analfabetismo absoluto, porque este vem sendo reduzido. Mas o analfabetismo funcional só cresce”, avalia a diretora executiva do Instituto Paulo Montenegro (IPM), Ana Lúcia Lima.

O IPM, que é um braço do Ibope, criou em 2001 o Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf), em parceria com a organização não governamental Ação Educativa. O índice mede os níveis de analfabetismo funcional na população entre 15 e 64 anos. Para isso, de dois em dois anos, são aplicados testes e questionários a cerca de 2 mil pessoas em todas as regiões do país.

O Inaf divide a população em quatro níveis, de acordo com suas habilidades em letramento e matemática: analfabetismo, alfabetismo rudimentar, alfabetismo básico e alfabetismo pleno. Segundo o Inaf de 2007, 7% dos brasileiros são analfabetos e 21% têm habilidades rudimentares, ou seja, são capazes de localizar uma informação explícita em textos curtos, mas não conseguem compreender textos, tirar conclusões ou ler números na casa dos milhões.

Os testes do Inaf simulam atividades do dia a dia como interpretação de uma notícia de jornal, leitura de um anúncio de emprego ou cálculos de percentuais simples. “Essa avaliação é para mostrar justamente como está a nossa sociedade em termos do principal legado que a escola deixa: a capacidade de o sujeito transitar pela cultura escrita com autonomia”, explica a pesquisadora Vera Masagão, da ONG Ação Educativa.

Apesar de dominar minimamente a escrita, a leitura e a matemática, o analfabeto funcional tem limitações que dificultam atividades simples do cotidiano, além de prejudicar a sua inserção no mercado de trabalho e em outras esferas.

Foi a necessidade de “aprender a ler e escrever direito” que levou a empregada doméstica Marileia Ferreira, 34 anos, a retomar os estudos, depois de passar muitos anos afastada da sala de aula. Ela havia frequentado a escola quando era criança, no interior do Maranhão, e hoje está matriculada em uma turma de educação de jovens e adultos no Distrito Federal.

“Eu chegava a chorar de decepção. Eu estava na parada e não conseguia ler a placa do ônibus. Tinha muita vergonha, mas hoje melhorei e já leio bastante. Fico muito feliz por isso”, conta a moradora da cidade de Santa Maria, no Entorno de Brasília.

Para o presidente da Ação Educativa, Sérgio Haddad, o analfabetismo funcional é um fenômeno novo, que se deve, principalmente, à baixa qualidade do ensino público.

“Esse é um fenômeno recente porque antes não existia o direito à escola. Ou seja, antes as pessoas não passavam pela escola, agora elas passam, mas a qualidade é tão ruim que, na verdade, elas passam e não adquirem os conhecimentos necessários. Elas têm noções de leitura e escrita, mas não o suficiente para utilizar no seu cotidiano”, critica.

Na avaliação dele, é preciso encerrar o problema com a garantia de educação de qualidade para que as crianças e os jovens saiam da escola com domínio pleno da leitura e da escrita. “Precisamos melhorar bastante a qualidade da escola para que não se produzam mais analfabetos funcionais como a gente vem fazendo. A torneira continua vazando”, acredita.

Além da falta de qualidade do ensino, a pesquisadora Vera Masagão aponta o baixo número de anos de estudo da população como fator determinante para o analfabetismo funcional.

“A maioria das pessoas está saindo da escola sem completar sequer o ensino fundamental. Para o sujeito ser um usuário da leitura e da escrita, entender alguma coisa, não basta o beabá. Ele precisa se socializar nesse universo de cultura escrita e para isso é necessária uma escolarização mais alongada.”

Para a diretora executiva do Instituto Paulo Montenegro, alfabetizar as crianças atualmente é mais difícil do que há 20 anos. "O acesso [ao ensino] está garantindo, mas tem a questão da qualidade. Essas pessoas que estão entrando agora na escola são frutos de famílias que não tiveram essa oportunidade, por isso o desafio da escola é ainda maior. O déficit já vem da origem”, observa.

Ana Lúcia defende que a redução dos índices de analfabetismo funcional é essencial para “cuidar das próximas gerações”.

DEPARTAMENTO DE ESPORTES REALIZA CAMPEONATO 2010 COM ABSOLUTO SUCESSO

11/25/2010 08:12:00 AM

Osiel Amaral


O Departamento de Esportes da Prefeitura Municipal de Sento Sé realiza, Sábado, às 16 horas, no Estádio Francisco de Assis Rocha – O Assissão, o jogo final do Campeonato municipal de futebol amador 2010, e a decisão envolve as duas melhores equipes. São José e Ses, e para esquentar o sangue dos torcedores, o Ses joga por um simples empate. O São José terá que jogar para vencer. Somente a vitória interessa ao time treinado por Zezão. A torcida do São José está muito confiante na vitória.

O campeonato chega ao seu final com absoluto sucesso. O Departamento de esportes contou com o apoio da Policia Militar, Árbitros, Assistentes de arbitragem, pessoal da administração do estádio, Secretaria Municipal de Saúde, Assessoria de Comunicação, estiveram presentes a cada partida realizada.

O prefeito Ednaldo Barros não mede esforços para incentivar as praticas esportivas na sede e no interior. Segundo o prefeito, o esporte está inserido nas prioridades do governo municipal. Doações de materiais esportivos a todas as equipes participantes do campeonato, transporte para os times e torcedores do interior, manutenção do estádio, publicidade, premiações entre tantos outros importantes e valiosos esforços.

O campeonato foi disputado entre 14 equipes sendo elas: Rido’s, Cruzeiro, Internacional (Aldeia), Leônico (Itapera), Juventude (Piri), São Paulo (Aldeia), Piçarrão, São José, Ses, Fluminense, Bahia, Vila Nova, Olho D’Água e Palmeiras. Será encerrado dia 27 de Novembro 2010, oferecendo troféus, medalhas e premiação:

Agora é aguardar o jogo mais esperado do ano. Que vença o melhor. E Paz.
Foto: Tony Lopes

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Lista do Bolsa Família já está disponível para acompanhamento

11/24/2010 03:31:00 PM

Os gestores municipais já podem acessar a lista de beneficiários para acompanhamento da frequência escolar do Programa Bolsa Família. O arquivo está disponível no Sistema Presença do Ministério da Educação (MEC), parceiro do ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). As prefeituras poderão incluir os dados de 1º a 20 de dezembro.

O que é ?

É o maior e mais ambicioso programa de transferência de renda da história do Brasil. O BOLSA FAMÍLIA nasce para enfrentar o maior desafio da sociedade brasileira, que é o de combater a fome e a miséria, e promover a emancipação das famílias mais pobres do país. Através do BOLSA FAMÍLIA, o governo federal concede mensalmente benefícios em dinheiro para famílias mais necessitadas.
Como funciona?

O BOLSA FAMÍLIA é um programa de transferência de renda destinado às famílias em situação de pobreza, com renda per capita de até R$ 140 mensais, que associa à transferência do benefício financeiro o acesso aos direitos sociais básicos - saúde, alimentação, educação e assistência social.
Em menos de dois de administração, o prefeito Ednaldo Barros, através da Secretaria de Ação Social, beneficiou mais de três mil novas familias ao programa.

O programa beneficia diretamente cerca de Seis mil pessoas, em Sento Sé, o equivalente a mais de um quinto da população do Município e injeta recursos da ordem de 6 milhões de reais por ano.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Prefeitura de Sento Sé garante a coleta regular do lixo

11/23/2010 07:26:00 PM

Por Osiel Amaral
A coleta regular de lixo é um ponto de extrema importância na melhoria da qualidade de vida de todos os moradores de Sento Sé. Um objetivo que a Prefeitura Municipal se esforça para tornar cada vez mais eficiente. Para isso, foi contratada uma empresa para atender o sistema de coleta domiciliar, comercial e hospitalar.
Para o prefeito Ednaldo Barros, a participação de todos é fundamental para a melhoria dos níveis de limpeza. A prefeitura garante a coleta regular de Segunda a Sábado. Duas vezes por semana, o carro compactador passa em cada Rua na Sede do município. No centro comercial da cidade a coleta é diária.
Para tornar a cidade cada vez mais limpa, está sendo usado um carro compactador, caminhão e caçambas para a apanha de restos de materiais de construção e podas de árvores. A varrição das ruas está sendo feita diariamente por garis, além de pessoal de apoio.
A população deve colaborar mantendo a cidade limpa e obedecendo aos dias da coleta.

Mais Um Veiculo é Assaltado na BA 210

11/23/2010 05:24:00 PM

O comerciantes crediarista Edmar Batista de Oliveira e três funcionários, foram assaltados na manhã de hoje(22/11) na BA 210 em Sobradinho por volta das 06h30min. As vítimas estavam em uma Pick up S10 Branca ano 97 de placa JKZ 4512 Juazeiro-Ba, com destino ao distrito de Riacho dos Pais ( Sento Sé), quando pararam no Canal Serra da Batateira para colocar água no veículo, foram abordados pelos assaltantes que vinha sentido Sento Sé em um carro modelo Ford Estrada vermelha.


Segundo Edmar, eram três bandidos armados com revolveres, levaram todos para a estrada das Traíras, zona rural de Sobradinho, onde amarram os comerciantes a cerca de 6 a 8 km estrada a dentro fugindo com destino ignorado. O crediarista reside em Juazeiro no Bairro Alto da Maravilha e de acordo com ele, a mercadoria que transportava estava estimada em torno de 12 mil reais. Além do carro e da mercadoria, os assaltantes levaram objetos pessoais das vítimas e disseram que iam abandonar o veículo.


A Polícia Civil disse que pelas características, os bandidos são os mesmo que vem assaltando na BA 210 e em outras localidades. Três homens morenos, magros, estatura mediana e um deles gagueja um pouco. Os investigadores disseram que o carro usado pelos assaltantes pode ser um dos veículos roubados na vaquejada de Juazeiro que aconteceu no último final de semana.
Ponto de Vista: Osiel Amaral
Sair de Sento Sé para Sobradinho ou Juazeiro, é recomendavel que seja em comboio. Viajar sozinho é correr riscos.
Postado por Osiel Amaral
Fonte: Sobradinho reporter

RIACHO DOS PAES TEM A MARCA DO GOVERNO EDNALDO BARROS E REIVINDICA MELHORIAS

11/23/2010 01:45:00 AM



Por: Osiel Amaral
Moradores do Povoado de Riacho dos Paes, distante 18 quilômetros da sede do município, testemunharam, nesta segunda-feira, 22/11, algumas melhorias proporcionadas pela atual administração no Povoado. Foram citadas as melhorias na estrada que dá acesso á comunidade, num total de 10 quilômetros, até o entroncamento com a BA 210. Aquisição de uma bomba para a captação da água. Na Escola Municipal 2 de Julho foi instalada uma sala de informática com 15 computadores interligados á internet banda larga, pintura e a construção da sala de informática.
Na Escola Jorge José de Castro foram feitos pequenos serviços para não prejudicar o ano letivo, como a instalação de um pequeno portão e pintura. Outras melhorias serão feitas para o ano letivo 2011.
Em ambas, os alunos e professores confirmaram que não falta a merenda escolar, igualmente disseram que o cardápio precisa ser mais variado e que produtos da região fossem incorporados ao mesmo. Exemplo: Milho cozido, Mingaus, Leite com chocolate, frango, entre outros.
Representantes daquele povoado expuseram à nossa reportagem algumas situações como: Melhora na qualidade da água oferecida à população. Água nas torneiras, não falta. Precisa de tratamento e filtragem. Posto de Saúde ou implantar um sistema de pronto atendimento especialmente às famílias carentes. Melhora na coleta do lixo residencial que acontece apenas uma vez por semana e segurança.
O prefeito Ednaldo Barros disse recentemente que alguns projetos estão sendo desenvolvidos em prol das comunidades referindo-se ao edital de concorrência nº 036/2010, do Ministério da Integração Nacional, dentro do Projeto de Revitalização da Bacia do São Francisco, onde consta a implantação de novos sistemas de abastecimento de água, e que, irá beneficiar o Povoado de Riacho dos Paes.

O ANALFABETISMO NO BRASIL, NORDESTE E EM SENTO SÉ - PARTE Il

11/23/2010 01:41:00 AM

Amanda Cieglinski*
Repórter da Agência Brasil

Brasília - A idade média da parcela da população que não sabe ler e escrever é 54 anos. Se a taxa de analfabetismo no país hoje é de 10%, na faixa etária acima dos 65 anos o percentual sobe para 31%. Entre os brasileiros de 47 a 55 anos, o índice é quase o dobro da média nacional: 19,5%.

A professora da Universidade de São Paulo (USP) e especialista em educação de jovens e adultos Maria Clara Di Pierro afirma que a persistência do problema em idade avançada faz com que o ritmo da redução do analfabetismo continue muito lento.

“Nos grupos mais jovens o analfabetismo teve uma redução importante nas últimas décadas graças à expansão do acesso à escola pública. Mas é muito mais difícil eliminá-lo na medida em que você vai diminuindo os números, especialmente quando você chega a índices inferiores a 10% e a patamares residuais, abaixo de 5%”, analisa.

Para o pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Marcelo Medeiros, as reduções recentes das taxas de analfabetismo ocorreram não porque os brasileiros mais velhos aprenderam a ler e a escrever, mas porque esses idosos morreram.

“A taxa de analfabetismo cai fundamentalmente entre os adultos por questões demográficas. Esse analfabetismo que foi criado no passado se mantém porque é muito difícil e caro educar adultos. Esse é um analfabetismo que é triste e sobre o qual a gente tem pouco poder de ação”, acrescenta.

Medeiros acredita que o próprio movimento demográfico vai ajudar a reduzir as taxas no futuro. “Os adultos analfabetos que foram produzidos no passado são em número muito maior do que a produção de analfabetos de hoje. Atualmente as crianças vão para a escola muito mais do que no passado, então naturalmente vai ocorrer uma queda sistemática da taxa de analfabetismo”, analisa.

Aos 88 anos, o aposentado José Rodrigues Reina, morador de São Paulo, contraria as estatísticas. Há um ano, ele voltou a estudar em uma turma de alfabetização da Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP) e garante que não lhe falta disposição para frequentar o curso.

Ainda criança, Reina começou a trabalhar nas lavouras de Santa Ernestina, no interior do estado, cidade em que, segundo ele, quase ninguém era alfabetizado. O aposentado conta que teve curiosidade de aprender a ler, mas o pai dele achava que “casa cheia de mantimento é melhor do que estudo”.

Ele chegou a estudar sozinho, escondido do pai. Conseguiu aprender algumas palavras que o ajudaram, quando chegou à capital paulista, em 1945, a pegar o bonde correto para chegar às fábricas em que trabalhou. Hoje é um dos alunos mais dedicados da turma. Não falta um dia, faz todas as tarefas de casa, e tem progredido bastante.

Mas, se José Reina tem disposição para continuar estudando, para muitos adultos que voltaram às salas de aula é difícil ter o mesmo comprometimento. O índice de evasão nas turmas de educação de jovens e adultos é sempre alto. Muitos deixam de frequentar os cursos porque não conseguem conciliar atividades cotidianas com os livros.

“Essa evasão tem fatores extraescolares e propriamente escolares sempre atuando em conjunto. Ele abandona a escola em função da saúde ou porque a filha arrumou um emprego e ele precisa cuidar do neto. Ou ainda porque arrumou um bico à noite, vários fatores influenciam”, diz a especialista Maria Clara.

A professora avalia que, mesmo com todas as dificuldades para estimular os adultos a aprender a ler e escrever, o problema do analfabetismo nessa parcela da população não pode ser ignorado.

“Essa lógica só da renovação demográfica, de esperar que os velhos morram, não é uma lógica do direito. É preciso pensar que a educação de adultos não é uma coisa que vai acabar depois de amanhã, e que, portanto, você tem que investir para ter estrutura, formar professores, ter qualidade, ter serviços que não sejam tão efêmeros como são as campanhas.”

O presidente da organização não governamental Ação Educativa, Sérgio Haddad, defende que é preciso pensar em estratégias específicas para atrair esse público que, em sua maioria, não tem mais a educação como uma prioridade.

“São pessoas que, de certa forma, não se submeteriam a um programa de alfabetização que não tivesse uma perspectiva de atender a sua necessidade de pessoa com mais de 50 anos. [É preciso criar] Programas com conteúdos do seu interesse, que eles vissem isso como uma necessidade, porque é um sacrifício para essas pessoas, depois de um dia de trabalho, passar por programas de escolarização que não têm uma imediata relação com a sua própria vida”, afirma.

*Colaborou Vinicius Konchinski, de São Paulo
Postado por Osiel Amaral em 23/11/2010

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Preso e algemado, ladrão consegue furtar carro da PM

11/22/2010 01:38:00 PM

A Polícia Militar (PM) de Londrina registrou uma ocorrência inusitada na noite de domingo (21). Um ladrão furtou um carro policial depois de ser preso. Para realizar o feito, Tiago Peres Barbosa, 29 anos, conseguiu se livrar de uma das algemas. Na fuga, ele capotou o veículo e o jogou de um barranco de dez metros.

Segundo o porta-voz da PM, tenente Ricardo Eguedis, Barbosa foi detido por dois policiais depois de furtar uma loja localizada na Rua Pernambuco, área central da cidade. Algemado, o ladrão foi colocado no banco de trás do carro policial, um modelo EcoSport, que não conta com camburão. “Enquanto, os policiais estavam verificando se havia mais algum elemento escondido dentro da loja, o bandido conseguiu furtar o carro”, explicou.

O ladrão foi localizado minutos depois no Jardim Tóquio, zona oeste, e o carro estava capotado em um fundo de vale. “Antes de jogar o carro do barranco, ele já havia retirado o rádio comunicador da viatura. O equipamento foi localizado em uma residência da região”, contou.

Investigação

O porta-voz da PM informou que será aberto um procedimento interno para investigar a conduta dos policiais que realizaram a primeira prisão. O objetivo será apurar como o ladrão conseguiu se soltar das algemas. No momento em que foi preso, Barbosa ainda estava com a algema em um dos braços.


Fonte: Gazeta do Povo Online

POSTADO POR OSIEL AMARAL EM 22/11/2010

O ANALFABETISMO NO BRASIL, NORDESTE E EM SENTO SÉ - PARTE I

11/22/2010 01:28:00 AM

No ritmo atual, Brasil ainda levará décadas para erradicar o analfabetismo
Amanda Cieglinski*
Repórter da Agência Brasil

Brasília - Se o ritmo de redução da população analfabeta permanecer o mesmo dos últimos anos, o Brasil ainda levará algumas décadas para se livrar de um problema que hoje atinge um em cada dez brasileiros: o analfabetismo. No ano 2000, na Conferência Mundial de Educação, em Dacar (Senegal), o Brasil assinou junto com 128 países um pacto para melhorar a qualidade do ensino. Entre as metas estabelecidas, está reduzir pela metade a taxa de analfabetismo no país até 2015, chegando ao percentual de 6,7%.

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2007 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que 14 milhões de analfabetos vivem hoje no país. O contingente representa 10% da população com mais de 15 anos. Se em 15 anos o percentual de pessoas que não sabem ler e escrever caiu de 17,2%, em 1992, para 9,9%, em 2007, nos últimos anos o ritmo de queda está praticamente estagnado. De 2005 para 2006, a redução foi de 0,7% e de 2006 para 2007, de 0,4%.

Para a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), responsável por monitorar o compromisso Educação para Todos, firmado durante a Conferência Mundial de Educação, vai ser muito difícil o Brasil atingir a meta esperada para 2015. “Isso exigiria um esforço muito maior do que o que está sendo feito. A gente espera que o Brasil consiga atingir a meta, mas acho que isso ainda vai permanecer no reino dos desafios”, diz o especialista em educação de jovens e adultos da Unesco, Timothy Ireland.

A principal estratégia do Ministério da Educação (MEC) para reduzir o problema é o programa Brasil Alfabetizado, que dá apoio técnico e financeiro para que municípios e estados criem turmas de jovens e adultos. A meta é atender 2,2 milhões de pessoas em 2009.

"O programa é muito complexo de implementar, não é simples. Isso porque você precisa mobilizar o analfabeto, criar condições de formar o alfabetizador. É um público difícil e as razões para isso estão na história que ele traz. Em geral, o analfabeto tem muito pouca confiança na sua capacidade de aprender”, afirma o secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC, André Lázaro.

Na opinião de especialistas, o analfabetismo também potencializa e multiplica situações de exclusão, além de submeter as pessoas a constrangimentos e a situações de preconceito.

Por não saber ler, a aposentada Áurea Freitas de Souza, 85 anos, conta que precisa de ajuda em tarefas simples do dia a dia, como ler receitas de comidas, de remédios e pagar contas. “Quem não sabe ler nem escrever está na escuridão, fora do mundo. Parece que não existe”, resume a moradora do Rio de Janeiro.

A aposentada criou suas próprias estratégias para driblar as dificuldades decorrentes do analfabetismo. Para pegar ônibus, por exemplo, ela aprendeu a identificar as letras do destino ou os números do veículo. Quando precisa ir ao banco pagar uma conta, sai de casa com o dinheiro contado.

Além de alfabetizar aqueles que não tiveram acesso ao ensino, para encerrar o ciclo do analfabetismo é preciso trabalhar também na outra ponta: garantir a qualidade da educação para que a escola não produza novos analfabetos.

Para o pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Marcelo Medeiros, esse problema é ainda mais grave. “Ainda que essas crianças não sejam analfabetas completas, mas funcionais, elas saem da escola sem capacidade de letramento, sem capacidade de dominar os textos. Isso é preocupante e é sinal do mau funcionamento do sistema de ensino”, alerta.

Os especialistas entrevistados pela Agência Brasil acreditam que os motivos para a persistência do problema estão ligados a campanhas de mobilização ineficazes, à má qualidade do ensino público como um todo e à falta de oferta de cursos de educação de jovens e adultos para que os alfabetizados possam continuar os estudos.

Além de políticas ineficazes, falta consciência social sobre o problema, na avaliação da especialista da USP. “Há uma certa invisibilidade desse tema, como se pudéssemos passar à margem de 14 milhões de brasileiros. Não é um problema residual, nem um problema do passado. É um problema que se repete a cada dia”, alerta Maria Clara.

Série de matérias especiais produzidas pela Agência Brasil mostra quais são os principais gargalos desse problema e possíveis soluções para que o país supere o analfabetismo.

*Colaborou Isabela Vieira, do Rio de Janeiro. *A matéria foi alterada para correção de dados no segundo parágrafo.
POSTADO POR OSIEL AMARAL EM 22/11/2010

domingo, 21 de novembro de 2010

Início da semana tem 12 concursos novos com mais de três mil vagas

11/21/2010 04:34:00 PM
Redação CORREIO

Pelo menos 12 órgãos públicos abrem inscrições nesta segunda-feira (22) e terça-feira (23) para o total de 3.008 vagas, além de formação de cadastro de reserva. Os salários chegam a R$ 8.457,71 na Prefeitura de Ponta Grossa (PR).

Os órgãos que abrem as inscrições na segunda-feira para 2.185 vagas são os seguintes: Prefeitura de Areia Branca (RN), Prefeitura de Boa Vista (RR), Prefeitura de Coronel Fabriciano (MG), Prefeitura de Ewbank da Câmara (MG), Prefeitura de Ilhabela (SP), Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães (BA), Prefeitura de Ponta Grossa (PR), Prefeitura de Vitória e Tribunal Regional Eleitoral do Pará.

Já na terça-feira a Polícia Militar de Santa Catarina, Prefeitura de Anápolis (GO) e Prefeitura do Rio de Janeiro abrem as inscrições para 823 vagas.

Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães (BA)
A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães (BA) abriu concurso para 1,1 mil vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários vão de R$ 538,05 a R$ 2.517,39 (veja aqui o edital).

As inscrições devem ser feitas de 22 de novembro a 3 de dezembro, de segunda a sexta feira, das 8h às 11h e das 13h às 17h, na sede da Quadra Dioclécio Severino Ramos, na Escola Municipal Ottomar Schwengber, na Rua Paraíba Quadra 130, nº 1241, Centro, ou no site www.rcvconcursos.com.br. As taxas vão de R$ 20 a R$ 80.

As provas serão realizadas nos dias 18 e/ou 19 de dezembro.

Prefeitura de Areia Branca (RN)
A Prefeitura de Areia Branca (RN) lançou concurso público e processo seletivo para o preenchimento de 140 vagas para cadastro de reserva em cargos de nível médio e superior. A remuneração varia de R$ 510 a R$ 7.000 (leia aqui o edital).

Os cargos são de técnico enfermagem, auxiliar consultório dentário, agente comunitário de saúde, oficineiros, fisioterapeuta, bioquímico, assistente social, nutricionista, enfermeiro, médico (clínico geral plantonista, cardiologista, ginecologista/obstetra, cirurgião geral, mastologista, dermatologista, ortopedista, reumatologista, médico clínico geral PSF), enfermeiro, dentista, médico psiquiatra, educador físico, pedagogo, assistente social, psicólogo e orientador social.

No caso do processo seletivo, as vagas são temporárias para o período de até dois anos.

As inscrições deverão ser feitas de 22 de novembro a 17 de dezembro, pelo site www.multsai.com.br. A taxa de inscrição é de R$ 45 para cargos de nível médio e de R$ 65 para os cargos de nível superior.

A seleção será realizada por meio de provas objetivas, marcadas para o dia 20 de fevereiro de 2010. Haverá, ainda, avaliação de títulos de acordo com o cargo.

Prefeitura de Boa Vista (RR)
A Prefeitura de Boa Vista (RR) abriu concurso para 500 vagas de professor para a Secretaria Municipal de Educação e Cultura. O salário é de R$ 1.721 para jornada de 25 horas semanais. Do total de vagas previstas, 10% serão reservados aos portadores de deficiência (veja aqui o edital).

O cargo é de professor de educação básica nível II – 430 vagas exigem diploma de licenciatura plena em pedagogia com habilitação para os anos iniciais do ensino fundamental, e/ ou educação infantil ou curso normal superior, e 70 pedem diploma de licenciatura plena em educação física.

A inscrição deve ser feita pelo site www.ajuri.org.br/concursoprefeitura, das 8h do dia 22 de novembro às 18h do dia 3 de dezembro. A taxa é de R$ 70.

O concurso terá prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos, prova de redação e avaliação de títulos.

A prova objetiva e a redação serão aplicadas na cidade de Boa Vista, no dia 19 de dezembro, no período das 8h às 12h, em local a ser definido e publicado no site www.ajuri.org.br/concursoprefeitura.

Prefeitura de Coronel Fabriciano (MG)
A Prefeitura de Coronel Fabriciano (MG) lançou concurso para o preenchimento de 259 vagas para cargos de níveis fundamental, médio e superior. Os salários variam de R$ 546 a R$ 1.244,68 (leia aqui o edital).

Para candidatos com nível fundamental incompleto ou cinco anos de experiência comprovada há vagas para motorista de veículos leves e de pesados. Para nível médio podem se inscrever candidatos aos cargos de auxiliar técnico da educação, educador infantil e secretário escolar. Para nível superior as vagas são para professores.

As inscrições devem ser feitas entre 22 de novembro e 22 de dezembro, pelo site www.imam.org.br. A taxa de inscrição varia de R$ 39 a R$ 74.

O candidato que tiver dificuldade de acesso a internet poderá comparecer pessoalmente, no mesmo período de inscrição, no posto de informações do concurso, no Terminal Rodoviário Urbano, na Rua Dr. Pedro Nolasco, Centro, Coronel Fabriciano (MG), das 9h às 12h e das 13h30 às 17h, de segunda a sexta-feira.

Os candidatos passarão por prova objetiva de múltipla escolha e redação. Os inscritos aos cargos de professor e biblioteconomista também passarão por provas de títulos. A primeira etapa do concurso será aplicada na data provável de 22 e/ou 23 de janeiro, na cidade de Coronel Fabriciano.

Prefeitura de Ewbank da Câmara (MG)
A Prefeitura de Ewbank da Câmara (MG) abriu concurso para o preenchimento de 68 vagas em todos os níveis de escolaridade e em diversas áreas - 5% das vagas serão reservadas a deficientes. Os salários variam de R$ 510 a R$ 5.719,92 (leia aqui o edital).

As inscrições deverão ser feitas de 22 de novembro a 10 de dezembro, na agência dos Correios do Município de Ewbank da Câmara, das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira.

A taxa de inscrição varia de R$ 30 a R$ 50 para os cargos de nível alfabetizado e fundamental, é de R$ 50 para nível médio e de R$ 100 para os cargos de nível superior.

Haverá provas escritas para todos os candidatos. Para os cargos de motorista, operador de máquinas, auxiliar de serviços, auxiliar administrativo, assistente administrativo, pedreiro e secretário escolar será realizada, ainda, prova prática. Haverá, também, prova de títulos de acordo com o cargo.

As provas escritas estão marcadas para 19 de dezembro.

Prefeitura de Ilhabela (SP)
A Prefeitura de Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, lançou concurso para 77 vagas mais formação de cadastro de reserva para cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários variam de R$ 689,33 a R$ 2.492,83 (leia aqui o edital).

Os cargos são de advogado, ajudante de obras e manutenção, assistente social, auxiliar de serviços gerais, carpinteiro, contador, dentista, enfermeiro, engenheiro civil, farmacêutico, médico, merendeira, monitor de alunos, nutricionista, operador de máquina, padeiro, professor de educação básica, psicólogo e secretário de escola.

As inscrições serão realizadas pessoalmente ou por procuração, nos dias 22, 23, 24, 25, 26 e 29 de novembro, das 10h às 16h e no dia 30 de novembro, das 10h às 13h, na quadra de esportes do Perequê, na Rua do Quilombo, 199, em Ilhabela. A taxa de inscrição varia de R$ 25 a R$ 45.

Os candidatos passarão por provas objetivas. Haverá, ainda, provas discursivas, práticas, de aptidão física, de redação e de títulos, de acordo com cada cargo.

As provas objetivas, de redação, discursiva e de títulos serão realizadas na cidade de Ilhabela, na data prevista de 12 de dezembro.

Prefeitura de Ponta Grossa (PR)
A Prefeitura de Ponta Grossa (PR) abriu inscrição para contratação de médicos para o Programa Saúde da Família (PSF) e de médico especialista em psiquiatria. São 6 vagas para médico do PSF e 1 para psiquiatra (veja aqui o edital).

O salário para médico do PSF é de R$ 8.457,71 com uma carga horária de 8h diárias. Já para médico psiquiatra, a carga horária é de 15h semanais e o salário é de R$ 4.179,70.

As inscrições podem ser feitas do dia 22 de novembro a 8 de dezembro pelo site www.pontagrossa.pr.gov.br, através do link especifico para a inscrição e impressão da ficha. Devido à urgência na contratação, haverá isenção do pagamento da taxa de inscrição.

A relação dos candidatos regularmente inscritos será publicada no dia 10 de dezembro, no Diário Oficial do Município e no site da prefeitura.

O concurso terá duas fases: a primeira será a prova escrita, no dia 19 de dezembro, em local e horário ainda a ser definidos; a segunda será a prova de títulos, que será avaliada por uma banca examinadora, designada pelo prefeito Pedro Wosgrau Filho.

Prefeitura de Vitória
A Prefeitura de Vitória lançou dois processos seletivos para formação de quadro de reserva de professores temporários com nível superior – 5% das vagas são reservadas a deficientes. Os salários variam de R$ 1.500,90 a R$ 1.997,70, dependendo da titulação do candidato (leia aqui os editais).

Há oportunidades para professores de educação básica nas áreas de ciências, dinamizador de educação artística, dinamizador de educação física, educação física, espanhol, geografia, história, laboratório de informática, língua portuguesa, área de deficiência mental e área de altas habilidades/superdotação.

As inscrições devem ser feitas no auditório da Secretaria de Educação, na Rua Arlindo Sodré, 485, em Itararé, Vitória. O prazo é de 22 a 24 de novembro, das 9h às 17h.

O processo será realizado em etapa única, de avaliação de títulos, e tem por objetivo verificar se o candidato apresentou todos os documentos exigidos para a inscrição, além de avaliar os documentos apresentados para fins de pontuação.

TRE-PA
O Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) abriu concurso para 34 vagas e formação de cadastro de reserva. O edital foi publicado nesta sexta-feira (19) no “Diário Oficial da União”, a partir da página 182 da Seção 3 (veja aqui o edital).

Os cargos de nível médio são de técnico judiciário, área administrativa (9 vagas), e técnico judiciário, área administrativa, especialidade de segurança judiciária (1 vaga e cadastro). O salário é de R$ 3.993,08.

Para quem tem nível superior em direito o cargo é de analista judiciário na área judiciária. São 24 vagas mais cadastro. A remuneração é de R$ 6.551,52.

As inscrições devem ser feitas de 22 de novembro a 15 de dezembro pelo site www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/trepa10. A taxa é de R$ 65 para nível médio e de R$ 80 para nível superior.

O concurso terá provas objetivas para todos os cargos; prova discursiva somente para o cargo de analista judiciário - área judiciária; prova de capacidade física somente para o cargo de técnico judiciário - área administrativa – especialidade de segurança judiciária. A prova objetiva será aplicada no dia 6 de fevereiro.

Todas as provas do concurso serão realizadas no município de Belém.

Os candidatos aprovados para o cargo de técnico judiciário - área administrativa, especialidade segurança judiciária serão lotados na secretaria do TRE-PA.

Os candidatos aprovados para os cargos de analista judiciário- área judiciária, e técnico judiciário- área administrativa, serão lotados nos Cartórios Eleitorais do estado do Pará.

Polícia Militar de Santa Catarina
A Polícia Militar de Santa Catarina abriu processo seletivo para 27 vagas temporárias de professores, psicopedagogo, assistente técnico pedagógico e bibliotecário, para o Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires (veja aqui o edital).

Os candidatos devem ter nível superior na area escolhida. A remuneração não foi informada.

As inscrições estarão abertas no período de 23 a 26 de novembro, das 8h às 12h, na sede do Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires, na Avenida Madre Benvenuta, 265, Trindade, Florianópolis. A taxa é de R$ 50.

A seleção dos candidatos será feita através de prova de títulos e prova de desempenho didático pedagógico (aula teórica). As datas não foram informadas.

O calendário de apresentação da prova de desempenho didático pedagógico será divulgado no dia 29 de novembro, no mural do colégio e através da internet pelo site www.cfnp.com.br.

Prefeitura de Anápolis (GO)
A Prefeitura de Anápolis (GO) abriu concurso para 607 vagas na área da educação. Há postos para níveis médio, fundamental incompleto e superior. Os salários vão de R$ 708,75 a R$ 1.417,50 (leia aqui o edital).

No caso de nível superior, as oportunidades são para professores. Para as demais escolaridades, são diversos cargos, listados no anexo I (o quadro de vagas) do edital.

As inscrições podem ser feitas pelo site www.funcab.org de 23 de novembro a 23 de dezembro. A taxa de inscrição é de R$ 47 para nível fundamental, R$ 58 para médio e R$ 72 para superior.

As inscrições poderão ser realizadas, ainda, no posto de inscrição, na Rápido Unidade Anashopping, na Avenida Universitária, 2.221, Santa Isabel, de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Para os cargos de nível fundamental incompleto haverá prova objetiva. Para os cargos de nível médio haverá prova objetiva, além de prova prática para o cargo de motorista. Para os cargos de nível superior haverá prova objetiva, prova discursiva e prova de títulos.

As provas objetivas, discursivas e prática serão aplicadas na cidade de Anápolis e estão marcadas para o dia 9 de janeiro.

Prefeitura do Rio de Janeiro
A Prefeitura do Rio de Janeiro abriu concurso para 189 vagas na área de engenharia em cargos de nível técnico e superior (veja aqui o edital).

São 76 vagas para engenheiro civil e 35 para arquiteto, de nível superior, com salário de R$ 1.329,20.

Serão acrescidas ao vencimento para os cargos de engenheiro civil e arquiteto gratificação dedicação exclusiva de R$ 1.329,20 e gratificação de execução técnica de R$ 1.329,20, totalizando R$ 3.987,60.

O cargo de agente de trabalhos de engenharia, que oferece 78 vagas, exige nível técnico e o salário é de R$ 620,59.

Para o cargo de agente de trabalhos de engenharia há auxílio-transporte no valor de R$ 103,40 e complementação do piso remuneratório de R$ 82,11.

As inscrições devem ser feitas de 23 de novembro a 7 de dezembro pelo site concursos.rio.rj.gov.br. A taxa é de R$ 60 para nível superior e de R$ 40 para nível técnico.

A prova será aplicada na cidade do Rio de Janeiro em locais, data e horário a serem publicados no Diário Oficial do Município e divulgados no site concursos.rio.rj.gov.br. As informações são do G1.

São José e Ses empatam na primeira partida da final

11/21/2010 01:24:00 PM










Por Osiel Amaral
São José e Ses empataram na primeira partida da final do Campeonato Sentosessense de Futebol amador 2010 em 1 x 1 em jogo realizado ontem, à tarde, no Estádio Assisão. O São José iniciou a partida indo pra cima do Ses, até que, aos sete minutos do primeiro tempo, Jeicson recebeu a bola sozinho, deslocado na meia direita, avançou e na chegada da marcação bateu rasteiro no canto do esquerdo do goleiro Ary, que nada pode fazer para impedir o gol. O São José tinha maior posse de bola. O Ses apenas alçava bolas na área sem nenhum perigo. O São José ainda teve uma chance de ampliar o marcador com George. No segundo tempo, Aos sete minutos Dão, também, frente a frente para o gol, demorou muito até chegar à zaga para livrar o perigo. Aos 39 minutos do segundo tempo o Ses levanta a torcida, Gilmar empata 1 x 1. O jogo todo foi muito pegado, muitas reclamações ao Arbitro Ernei Nunes, algumas jogadas violentas de ambos. O São José durante todo o primeiro tempo dominou o jogo. A partir do gol de empate, até o final da partida, a equipe do Ses implementou diversas blitz ao gol Alvi verde.
A Finalissíma será no próximo sábado às 16hs, no Estádio Francisco de Assis Rocha. A equipe do SES joga por um empate.

SÃO JOSÉ: Negão, Romerio, Antonio Luiz, Erinaldo, Magrinho, Jeicson, Dão, George, Jader, Diego Almeida. Técnico: Zezão. RESERVAS> Bebeto, Tiago, Pretinho, Cesar, Ruy, Nilsinho, Luiz e Rodolfo
SES: . Ary, Tiringa, Tiago, Barto, Marcão, Roney, Everaldo, Osmar, Kelly, Max, Deivis, Técnico: Netão RESERVAS> Gilmar, Cloves, Beba, Meton, Sergio, Juninho e Fabinho
Quinteto da Arbitragem:
Central: Ernei Nunes AUX: Reley e Maiky Alves – 4º Arbitro: Ivanilton Almeida e 5º Arbitro: Marcos Rodrigues. – Todos com bom trabalho.
Realização: Departamento de Esportes da Prefeitura Municipal de Sento Sé
OBS: Pedimos desculpas. A data programada está errada. Fotos em 20/11/2010.

sábado, 20 de novembro de 2010

CAPEADO, TEM A MARCA DA GESTÃO EDNALDO BARROS

11/20/2010 03:12:00 AM



Por Osiel Amaral
A desigualdade social é um dos problemas que deve ser combatido, dia após dia. Todos merecem estar inclusos na reforma do nosso município e aptos para receber os benefícios gerados pela atual administração. Todos, sem exceção. É por isso que o prefeito Ednaldo Barros, nesta nova gestão, desenvolve um atendimento humanizado e dedicado às comunidades para resolver os problemas da população de maneira eficiente, através do trabalho planejado. Atender “os mais necessitados para que possam viver melhor é prioridade em nossa administração” Destaca o prefeito Ednaldo Barros.
O Vilarejo de Capeado, distante 13 quilômetros da sede do município, localizado à margem da BA 210, possui apenas dezessete casas e sua população é formada por pequenos agricultores e criadores, na sua maioria aposentados. O Capeado, já tem a marca da gestão Ednaldo Barros.
Os moradores estão felizes e agradecidos ao prefeito por ter reformado o prédio Escolar, os alunos tem aula e merenda escolar diariamente, o sistema de abastecimento de água funciona satisfatoriamente e o mais importante, o prefeito resolveu em definitivo a falta de comunicação da comunidade. “Foi instalada com recursos próprios uma linha telefônica residencial, antiga reivindicação”.” Em caso de uma emergência, temos como chamar o socorro”, afirma a dona de casa, Maria de Lourdes. No momento, o sonho da maioria da população local é a construção de uma Capela. Templos religiosos não é competência do poder público.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Como Nunca Sento Sé no Ritmo do Trabalho

11/19/2010 02:06:00 AM

Postado por Osiel Amaral
O dinâmico prefeito de Sento Sé, no Norte do Estado, Ednaldo dos Santos Barros está investindo pesado em infra-estrutura, melhorando a qualidade de vida da população. Recentemente o prefeito falou e mostrou à população, relação de verbas que serão aplicadas nas áreas de infra-estrutura, recursos hídricos, urbanismo e melhorias habitacionais. São mais R$ 5 milhões de reais em convênios firmados com o governo federal e que, já estão disponibilizados para licitação: R$ 437.051,00, para urbanização da entrada da cidade; R$ 321.005,84, para construção de três praças públicas em Retiro de Baixo, Volta da Serra e Aldeia; R$ 215.850,09, para pavimentação e drenagem no bairro Bela Vista; R$ 430.173,08, para pavimentação e drenagem no bairro do Tombador; R$ 164.483,73, para construção de uma quadra de esportes no povoado de Itapera; R$ 300.000,00, para pavimentação e drenagem no bairro Cícero Borges; R$ 750.000,00, para melhorias habitacionais (reforma de casas) nas localidades de Limoeiro, Lagoa do Marí, Tanque e Brejo da Brásida; R$ 250.000,00, para construção de reservatório elevado e melhorias no sistema de abastecimento de água do bairro Elias Alves; R$ 100.000,00, para construção de módulos sanitários no povoado de Andorinha; R$ 1.020.000,00, para construção de 60 casas populares na sede e R$ 1.050.000,00, para implantação de um canal de águas pluviais no bairro do Tombador, totalizando R$ 5.038.563,70.
O prefeito Ednaldo apresentou também o edital de concorrência nº 036/2010, do MI, e que faz parte do 3º turno do Projeto de Revitalização da Bacia do São Francisco. Segundo o referido edital consta a implantação de novos sistemas de abastecimento de água nas localidades de: Ponta D’água, Volta da Serra, Cajuí, Pau D’arco, Retiro de Cima, Brejo de Fora, Vilinha, Piçarrão, Brejo de Dentro, Café da Rosa, Mulungú, Piri, Traíra, Riacho dos Paes, Tombador de Cima, Retiro de Baixo, Aldeia, Pascoal, Limoeiro, Itapera e Capeado.
De acordo com o edital as obras serão executadas no prazo de um ano, a partir da ordem de serviço, e serão investidos R$ 26 milhões de reais na construção dos novos sistemas.
" A população de Sento Sé merece todo nosso empenho na busca de recursos. A comunidade lutou para que tudo isso fosse realidade" enfatizou o prefeito Ednaldo Barros.
Fonte: Ascom
Foto: Osielma Batista

JOGOS ESCOLARES REUNIU ALUNOS E PROFESSORES DE SENTO SÉ

11/19/2010 01:36:00 AM

Osiel Amaral
O esporte também está inserido no calendário de eventos da atual administração, com a realização dos Jogos Escolares 2010, que aconteceram nos dias 15 e 16 deste mês. Os jogos foram realizados no Ginásio de Esportes João Carlos Rocha, com total apoio do prefeito Ednaldo Barros e coordenação do Departamento de Esportes, através do professor Tiago Café.
A abertura do evento foi brilhante com a apresentação de todas as escolas , danças e coreografias desenvolvidas por sessenta e seis alunos.
Foram realizadas partidas de Futsal nas categorias: A com alunos na faixa etária de 08 a 11 anos; Categoria B de 12 a 14 anos e categoria C com alunos de 15 a 17 anos. Total de 192 alunos/atletas envolvidos.
Participaram da competição Escolas da Rede Municipal de Ensino: Escola Municipal Professora América Sento Sé Valverde; Escola Municipal Professora Aurélia, Colégio Custódio Sento Sé, Grupo Escolar Dr. Antonio Balbino, Escola Nava Canãa e Escola Municipal 2 de Julho de Riacho dos Paes.
ESCOLAS CAMPEÃS:
1° Lugar – Escola Municipal Dois de Julho de Riacho dos Paes
2° Lugar – Colégio Custódio Sento Sé
3° Lugar – Grupo Escolar Dr. Antonio Balbino
Ainda foram escolhidos o melhor jogador da competição e o melhor goleiro (Eduardo do Custódio).
O “prefeito Ednaldo Barros, parabeniza a todos os alunos, professores, diretores e atletas participantes dos jogos e enfatiza.” Considero muito importante todo incentivo às competições esportivas. Esporte é Vida, “é Saúde, é Educação e faz bem às pessoas”.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

IBGE APRESENTA RESULTADO DO CENSO 2010 EM SENTO SÉ

11/18/2010 11:00:00 AM

Osiel Amaral
A coordenação regional do IBGE, com sede em Juazeiro, responsável pelo município de Sento Sé, esteve reunida hoje na sala de Reuniões da Câmara de Vereadores para apresentar os dados referentes ao CENSO 2010. Segundo o levantamento final do Censo, apontou que Sento Sé possui uma população de 36.162 habitantes.
Os municípios têm até o dia 24 de novembro para contestar os dados da contagem populacional. Neste prazo, os gestores municipais poderão apresentar suas avaliações sobre os números divulgados, através de relatórios disponibilizados por órgãos como a Coelba, e programas de combate a dengue que comprovam as contestações da contagem. No dia 29 de novembro o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgará o resultado final da população por município.

Previsão do FPM

11/18/2010 10:52:00 AM

No próximo dia 10 de dezembro os municípios receberão o repasse referente ao aumento de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, anunciou que o valor deve ficar em torno de R$ 2, 287 bi. Já a previsão do valor total do FPM do mês de dezembro é de crescimento em torno de 18% sobre o que será efetivado em novembro deste ano, devendo alcançar R$ 5,05 bilhões. Os valores são brutos e sem o desconto do Fundeb. A CNM fez a estimativa do 1% do FPM com base no relatório de avaliação fiscal do 4º bimestre do Ministério do Planejamento. O levantamento indica que a arrecadação total do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e do Imposto de Renda (IR) chegue a R$ 228,7 bilhões até o final do ano. Como o 1% do FPM é calculado sobre a arrecadação total destes dois impostos de dezembro de 2009 a novembro de 2010 o valor fica bem próximo ao desta estimativa.

PREFEITURA DE SENTO SÉ OFERECE ASSISTENCIA JUDICIÁRIA GRATUITA A FAMÍLIAS CARENTES

11/18/2010 02:19:00 AM

Osiel Amaral
Desde o início da gestão, do prefeito Ednaldo Barros, a área social em Sento Sé tem tomado novos rumos e o resultado de tanto empenho e determinação por ser visto nas mais diversas comunidades do município, principalmente as mais carentes. São inúmeras ações que priorizam, sobretudo, o bem-estar e a cidadania das pessoas, dentre as quais, a prestação de serviços como a assessoria jurídica. Por mês, uma média de 400 pessoas é atendida por uma equipe de cinco advogados da prefeitura, Todos concursados, que realizam diversos atendimentos. Regularização de certidões de nascimento, casamentos, divórcio, Separações, identificação de paternidade, Inventários, entre outros. Segundo a sub-procuradora do município e Coordenadora da Assistência Judiciária, Doutora Daniela Café, para ter acesso aos serviços jurídicos, o cidadão passa por uma triagem onde são observados itens como renda mensal e número de dependentes. “Essa triagem é importante porque é através dela que traçamos o perfil das pessoas que, de fato, precisam dos serviços dos advogados da prefeitura”, explica Daniela Café.
Além do encaminhamento de processos, os advogados orientam à comunidade a respeito dos direitos da família. “É fundamental que a pessoa tenha noção dos seus direitos e saiba como reivindicá-los. Isso faz parte da construção da cidadania. Só podemos pensar em uma sociedade mais justa a partir do momento em que oferecemos condições de igualdade de direitos para os cidadãos que fazem parte dela, e acredito que estamos contribuindo, nesse aspecto, com a comunidade de Sento Sé”, acredita o Doutor Fabiano Sérgio.
“Enfatizar o atendimento às pessoas mais carentes é também uma prioridade nessa gestão. O acesso ao serviço jurídico é mais um direito que o cidadão tem e nossa equipe está empenhada em oferecer a melhor assistência possível a todos que nos procuram para regularizar documentos ou dar entradas em processo. Essa é uma de nossas ações mais importantes e vamos continuar dando prioridade a ela”, declara o prefeito Ednaldo Barros.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Prefeito Ednaldo Barros Construindo Obras em todo o Município

11/17/2010 02:36:00 AM



Osiel amaral
Quem imaginava que a nova gestão do prefeito Ednaldo Barros, fosse semelhante aos oito anos passados, e ou, apostava no quanto pior melhor, com certeza mudou de idéia. As expectativas até o final do mandato são algo jamais visto na administração municipal. Muitas obras cobradas há certo tempo pela população já foram executadas, outras começam a ser realizadas e algumas planejadas para execução pelo prefeito das obras, Ednaldo Barros.
Confira a concretização de quase uma centena de Ações, Realizações e Obras em menos de dois anos de mandato.
1. Projeto cidades digitais chega a Sento Sé – Parceria PMSS e MC
2. Manutenção constante de Poços Artesianos e tubulares no interior
3. Recuperação das estradas na região da Serra
4. Gabinete Itinerante na região das ilhas com ações de cidadania
5. Apoio aos eventos evangélicos no município
6. Parceria com o governo do Estado – implantação do Programa Topa
7. Competições Esportivas – Sub 18 e Sub 20
8. Arraiá do Velho Chico – O São João 2009
9. Concurso municipal de Quadrilhas Juninas
10. Parceria com a Sec de Administração do Estado – SAC Móvel
11. Concurso público efetivado e concursados empossados
12. Conferencia de Assistência Social
13. Aquisição de ambulâncias - Jul 2009
14. Melhorias no povoado de Andorinhas - iluminação pública reforma escola etc.
15. Apoio aos festejos tradicionais no interior – Ponta D’água – Aldeia, Pascoal e Limoeiro
16. Conferencia Municipal da Educação
17. Campeonato Sentosseense de Futebol 2009
18. Inicio da construção da praça do Cajuí
19. Inclusão digital também é prioridade na sede e no interior
20. Agentes de Endemias recebem capacitação
21. Recuperação da Estrada Sento Sé até Ponta D’Água
22. Prefeitura apóia agricultores com o Seguro Safra 2009/2010
23. Biblioteca Municipal recebeu novos livros
24. Festa de Aniversário de Sento Sé
25. Mutirão da cidadania no Junco –
26. Secretaria de Saúde atende o interior do município
27. Mais de 3.000 novas famílias beneficiadas com o Bolsa Família.
28. Recuperação da estrada de acesso ao Povoado de Andorinhas
29. Reforma da Praça Central
30. Desfile Cívico comemorativo ao 7 de Setembro
31. Programa de aração de terras – beneficiou dezenas de famílias 2009 e 2010
32. Copa do Garimpo – grêmio da Fartura foi o campeão
33. Prefeito compra uma Usina de Asfalto – a única na borda do lago.
34. Caminha da paz e shows Evangélico com apoio da prefeitura
35. Expoart é incentivo aos nossos artistas iniciativa da PMSS
36. Concurso público para Agentes de Saúde
37. Mutirão da Cidadania em Ponta D’água
38. Antecipações no pagamento do 13º salário dos servidores 2009 e 2010 – algo jamais visto.
39. Apoio á Policia Mirim 2009 e 2010
40. Festejos tradicionais de Itapera – com Marujada
41. Construção de uma escola na localidade de Boa Sorte –com recursos próprios – Região das ilhas
42. Reconstrução da Ponte em Ponta D’Água
43. Apoio aos festejos do Padroeiro de Sento Sé 2009 e 2010
44. Campeonato de futebol de Ponta D’Água – Bahia campeão
45. Praça do Tombador revitalizada
46. Praça de lazer do Junco construída e inaugurada e iluminação pública
47. Realização de Jornadas Pedagógicas 2009 e 2010
48. Campeonato de futebol do Piri 2009/2010 –Thelsea Campeão
49. Compra de 7 novos carros para as Secretarias da Saúde e Educação
50. Prefeito convoca e empossa Agentes de Saúde aprovados em concurso
51. Prefeito pagou mais de 1milhão e 300 mil reais de salários e 13º da administração passada.
52. Mais de 3.000 famílias foram beneficiadas com Cestas Básicas na semana santa 2010
53. 60 famílias cadastradas no Minha casa Minha Vida serão beneficiadas em breve e mais 120 novas casas adquiridas pela Secretaria de Ação Social
54. Sento Sé beneficiado com ambulância do SAMU e prefeitura constrói o prédio base do sistema.
55. Prefeito visita localidades no interior – Gruna – Campo largo e tantas outras
56. Gruna agora tem energia elétrica e iluminação publica
57. Prefeitura investe pesado na construção de novas salas de aula – Sede e Interior
58. Prefeito viabiliza implantação do Programa Plataforma Freire– mais capacitação para educadores do município.
59. Merenda escolar chega mensalmente a todas as escolas de Sento Sé
60. Realização da Copa Master – Palmeiras é campeão
61. Realização da Segunda Copa Revelação
62. Recuperação da Estrada Riacho dos Paes até a BA 210
63. Maratona Santa Rita teve o apoio da prefeitura
64. Campeonato Regional das Ilhas – realizado
65. Instalação de geradores de energia nas localidades de Serra do Mimoso e Campo Largo
66. Prefeito Inaugurou energia e iluminação publica em Pedra Branca, Ema e Campo Limpo.
67. Junco inauguração da ampliação do sistema de abastecimento de água
68. Município contemplado com mais de 5 milhões em obras.
69. Taça João Carlos Rocha - São José Campeão
70. Realização do Campeonato das Ilhas - Campeão 2010 – Curral Velho
71. Construção e Inauguração de um prédio Escolar em Campo Limpo
72. Iniciada obras de urbanização da entrada da cidade – com duplicação da pista
73. Asfaltamento e duplicação da entrada do Piri e nova iluminação
74. Apoio ao Conselho Tutelar
75. Realização da 1ª Maratona de Sento Sé – Sucesso absoluto
76. Água para os bairros: Cícero Borges – Populares e Elias Alves
77. Reinauguração do campo de irrigação de Tombador de Cima
78. Programa de inclusão digital chegou a mais de 25 escolas – Sede e interior
79. Brejo da Brásida agora tem energia elétrica e iluminação publica
80. Inauguração de novas salas de aula na escola Prof. América, instalação de uma sala de informática e inauguração de um Centro Digital de Cidadania.
81. Inauguração de três novas salas de aula na Escola Professora Aurélia
82. Inauguração da sede própria da Sec. Municipal da Educação Cultura e Desportos
83. TCM aprova as contas do prefeito Ednaldo Barros
84. Aquisição de nova ambulância em 2010
85. Melhorias no sistema de abastecimento de água pelo SaaE


86. Distribuição de materiais Esportivos às 14 equipes participantes do campeonato
86. EM BREVE – Inauguração da Praça de lazer do Povoado do Cajuí
87. Inauguração de um moderno PSF no Bairro Cícero Borges
88. Inauguração de um Centro Digital de Cidadania no bairro Cícero Borges
89. Inauguração de três novas salas de aula, pátio coberto e melhorias na Escola do bairro Cícero Borges.


Foto: Tony Lopes

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Repasses da União para municípios em 2010 estão 4% menores que no ano passado

11/16/2010 09:46:00 AM


Os repasses da União para os municípios de janeiro até o fim de novembro devem somar R$ 45,4 bilhões e ser 4% menores que no mesmo período do ano passado, já descontada a inflação. Em relação a 2008, a queda real chega a 9%. A projeção foi divulgada no último dia 9 pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

Dia 10 p.p. as prefeituras receberam o primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente a novembro. O valor será de R$ 2,356 bilhões com o desconto do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). A quantia é 6,9% menor que em 2009.

De acordo com a entidade, a previsão inicial era de que o repasse seria de R$ 53 bilhões em 2010. Na semana passada, mais de mil prefeitos participaram de uma mobilização no Senado para pedir uma nova ajuda do governo federal aos municípios. No início do ano, o governo tinha liberado R$ 1 bilhão para compensar a queda nos repasses do FPM.

Formados por 22,5% da arrecadação do Imposto de Renda e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), os repasses do Fundo de Participação dos Municípios têm caído em 2010 apesar da recuperação da economia e da arrecadação federal recorde. Segundo a Receita Federal, a queda ocorre porque o Imposto de Renda, que representa cerca de 85% do FPM, está atrelado aos ganhos das pessoas físicas e das empresas no ano passado. Desta forma, as receitas do Imposto de Renda em 2010 ainda refletem as perdas ocorridas com a crise em 2009.
Fonte: Agência Brasil
PONTO DE VISTA: Osiel Amaral
Ainda bem que em Sento Sé o prefeito Ednaldo Barros tem o equilibrio financeiro do município.

PROJETOS DE IRRIGAÇÃO EM SENTO SÉ

11/16/2010 01:52:00 AM











EDITORIAL: OSIEL AMARAL

A força do cooperativismo é comprovada em todo o paìs e aqui em Sento Sé não seria diferente. O município tem dois grandes projetos que se estivessem funcionando, criaria oportunidades de emprego e renda. O Projeto da COAMPI – Cooperativa Mista do Projeto Itapera e o Projeto Limoeiro Pascoal, juntos representam um total de aproximadamente 1.700 hectares irrigáveis, suficientes para produzirem manga, uva, tomate, pinha, goiaba, atemóia entre outras.
Os Projetos em funcionamento apresentariam excelentes plantações e expectativas de colheitas em torno de 1.500 toneladas de frutas ano, que seriam repassadas aos exportadores, redes de supermercados, o mercado interno e exterior, gerando renda às famílias e divisas ao município.
O Projeto Itapera, por exemplo, nos últimos cinco anos, desenvolveu um mini-projeto de fruticultura, que iria abranger mais de 100 famílias e que poderia aumentar a área em 300 ha, incorporando a isso geração de empregos. Parou por falta de investimentos.
Em 2006, o presidente da Cooperativa disse que 200 famílias envolvidas na produção gerariam 3.500 empregos em Sento Sé. A área total do projeto é de 1.369ha.
O projeto Pascoal/Limoeiro, com toda a estrutura e terras abundantes, possui 452 ha, e também não consegue o apoio e financiamento necessário para alcançar os seus objetivos. Atual diretoria regularizou toda a documentação fiscal e cadastral da Cooperativa, busca saídas para colocar em funcionamento.
Sento Sé possui cerca de 490 quilômetros de margem do lago de Sobradinho. É um dos maiores espelhos de água doce do mundo e milhares de hectares de terras férteis. Chegou a ser considerado a Capital da Cebola por ser o terceiro maior produtor de cebola do paìs e o primeiro do Nordeste. Possui potencial em vários setores, a exemplo: Reservas minerais, turístico, agricultura, pecuária, caprinocultura entre outros.
NOSSO APELO:
Vamos revitalizar esses empreendimentos. Esses projetos, em funcionamento, são valiosos para o nosso desenvolvimento. Criar oportunidades de emprego e renda para nossas famílias e jovens. Que medidas práticas, sem burocracias exageradas, sejam urgentemente colocadas em prática. Que as pendências de cada um, no âmbito do governo, sejam resolvidas e linha de financiamentos disponibilizados e que os erros do passado corrigidos.Temos que arranjar uma saída.
Só assim, o Cooperativismo dimunuirá o desemprego em Sento Sé.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Sento Sé, o lugar certo para grandes Investimentos

11/15/2010 02:02:00 AM






Sento Sé é uma cidade abençoada por Deus. Nós que aqui moramos, já estamos acostumados com suas belezas naturais e a riqueza de nosso verde às margens do Velho Chico. Você, que pretende visitar a nossa cidade, também vai se encantar, como nós, com nossa realidade e possibilidades. Temos a certeza que após conhecer um pouco da nossa história desejará vir aqui, pessoalmente, para usufruir dos ares de nossa terra e do fraterno calor humano de nossa gente.
Esperamos que, como nós, você se encante com nossa terra e venha nos fazer uma visita. Esta é uma cidade que alia desenvolvimento com qualidade de vida.
Sento Sé o espera de braços abertos.
HISTÓRIA
O município de Sento Sé está situado na região do Baixo Médio São Francisco, às margens do Rio São Francisco, na borda do Lago de Sobradinho, no Estado da Bahia.
Sento Sé tem uma história bem peculiar. Está entre as cinco cidades que tiveram que ser inundadas por causa da construção da Barragem de Sobradinho. A nova Sento Sé, erguida em 1976, foi sendo pouco a pouco habitada pelos moradores da antiga sede, que submergiu as águas.
Atualmente, Sento Sé possui cerca de 36 mil habitante, divididos entre a sede e o interior. (IBGE – Censo 2010).
CULTURA
Bicho d’Água, Mãe d’Água e o Minhocão são crendices que têm perdurado na imaginação dos ribeirinhos até os dias de hoje. E não poucos chegaram a atribuir supersticiosamente às tradicionais carrancas do São Francisco a função de salvaguardar os barqueiros dos perigos eminentes, precavendo-os por meio de três longos gemidos. A interpretação mítica, porém, não é a mais correta para explicar as origens dessa curiosa manifestação artística do homem do São Francisco.
As manifestações religiosas e culturais de Sento Sé representam um inesgotável patrimônio cultural, podendo identificar atrativos culturais como artesanato, festas religiosas e as manifestações folclóricas (Congos, samba de veio, samba de rosa, penitentes, terno da cigana e a roda de São Gonçalo).
TURISMO
Situada na borda do lago de Sobradinho, na região do Baixo Médio São Francisco, a cidade é cercada de um lado pelo velho Chico e do outro lado por belíssimas serras.
O Rio do Murim, que fica a aproximadamente 150 km da cidade, tem água o ano inteiro, sendo que no período das chuvas fica ainda mais bonito, por aumentar o volume das águas das pequenas cachoeiras e lagos.
A viagem ao Cumbi deixa o turista maravilhado com tantas belezas que o município nos reserva, com uma riqueza de fauna e flora de encher os olhos. Seguindo por trilhas na mata é possível subir a serra e ter uma vista extasiante. Por todo o caminho pode-se ver Pica-paus, Beija-flores e Papagaios, soltos nas árvores. Pode-se admirar Jatobás, Umbuzeiros, Pau d’arcos, Gameleiras e Juazeiros, todos imponentes e intocados.
Brejo São José é um pequeno paraíso dentro da caatinga, com um clima fresco e ameno, nascentes de água, árvores frutíferas centenárias, muitas serras e flores.
O contato com a natureza preservada, com relíquias do passado e com gente de coração puro e acolhedor, que recebe pessoas de vários lugares, faz de Sento Sé uma cidade de um povo forte, que passou pela dura experiência de perder o seu lugar, deixar para trás o passado e saber com muita luta reconstruir a sua história.
AGRICULTURA
As cebolas, juntamente com o tomate, são as hortaliças mais importantes sócio-economicamente para o estado, gerando assim muitos empregos diretos e indiretos. Sento Sé destaca-se como o município de maior produtor de cebola do Vale, tanto na qualidade4, chegando a ostentar o titulo de Capital da Cebola.
Destaque também para a criação de tilápias em tanques-redes, para a pecuária, caprinocultura e para a extração mineral.
Um pouco mais recente, foi introduzido o cultivo de uvas sem semente, que projetou Sento Sé no mercado internacional.
O projeto Itapera e o Limoeiro Pascoal, juntos possuem uma área de plantio de mais de 600 há podendo desenvolver culturas que se adptam bem ao solo do município. A antiga Frutmag, hoje Remplos, foi à maior exportadora da uva sem semente do município.
Além da fruticultura e da piscicultura, Sento Sé tem outro referencial. O município é um grande produtor de caprinos ovinos e bovinos, com um rebanho de aproximadamente 220 mil cabeças.
CONVITE
Venha nos fazer uma visita. Sento Sé lhe espera de braços abertos.

domingo, 14 de novembro de 2010

Secretaria de Segurança orienta a população sobre comportamento em blitz

11/14/2010 05:27:00 PM

Mantenha a calma, acenda a luz interna, abra os vidros do carro e deixe suas mãos visíveis. Esta é a postura correta quando uma pessoa é parada numa blitz. Para orientar a população em relação aos procedimentos a serem tomados durante uma abordagem, a Secretaria da Segurança Pública (SSP), através da Polícia Militar, está promovendo esta campanha, que vai até o dia 20 deste mês.

Estão sendo distribuídos 31.500 panfletos, além da divulgação por meio de outdoor, busdoor, TV e rádio. A internet também será utilizada (sites do governo). Para o sucesso da iniciativa, segundo a SSP, a participação do cidadão é fundamental. A campanha vem sendo realizada na capital, Região Metropolitana de Salvador (RMS) e em Itabuna, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Porto Seguro, São Francisco do Conde e Ilha de Itaparica.

“A campanha promove uma sensação de segurança, na percepção que o cidadão tem de que a polícia está presente, reduzindo determinados crimes, a exemplo de assaltos a ônibus, saidinhas bancárias e sequestros-relâmpago. O trabalho de conscientização compreende ações publicitárias, blitze e policiamento ostensivo em pontos turísticos, nas praias e na região onde o comércio tende a ser intensificado com o pagamento do 13º salário”, disse o capitão e assessor de imprensa da PM, Marcelo Pita.

Durante este mês serão realizadas abordagens a carros de passeio, motos e ônibus. Em Salvador, a iniciativa foi bem aceita pelos motoristas. “Imagine você financiar uma moto, instrumento de trabalho, e perder ela. A blitz evita o assalto e dá mais tranquilidade no dia-a-dia. Nem esquento com isso. É para minha segurança”, afirmou o motoboy Carlos André Oliveira.

Os condutores abordados também recebem uma cartilha com informações sobre os procedimentos que devem ser tomados durante uma blitz. Para a nutricionista Maria do Carmo, quem anda certo e com todos os documentos em dia não precisa se preocupar. “Esta foi a primeira vez que fui abordada. Me senti muito tranquila. Com habilitação e documento do carro em ordem não há motivo para estresse”.

Segundo o major Carlos Henrique Ferreira, a Polícia Militar procura atuar na prevenção do crime, e a blitz serve para proteger o cidadão, tirando armas, drogas e marginais de circulação. “Analisamos as estatísticas semanalmente, e de acordo com esses dados escolhemos que veículos abordar. Esta semana, 70% das abordagens são voltadas para motos e 30% para automóveis”.

Fonte: Agecom
Home Ads