quarta-feira, 19 de agosto de 2015

BRASIL: Emprego na indústria cai em junho e acumula perda de 5,2%

O emprego na indústria recuou 1% na passagem de maio para junho, na série livre de influências sazonais, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quarta-feira (19). É a sexta queda consecutiva nessa base de comparação. Com o resultado, o emprego industrial acumula recuos de 5,2% no ano e de 4,6% em 12 meses.

Já na comparação com junho de 2014, o emprego industrial apontou queda de 6,3% em junho deste ano, mais intensa desde agosto de 2009 (-6,4%). Trata-se do 45º resultado negativo consecutivo nesse tipo de confronto. No segundo trimestre houve recuo de 2,4% na comparação com o resultado do primeiro trimestre do ano. Já na comparação com o trimestre de abril a junho de 2014 o emprego industrial caiu 5,8%.

Segundo o IBGE, em junho, na comparação com o mesmo período de 2014, o contingente de trabalhadores recuou nos 18 ramos pesquisados, com destaques para as pressões negativas vindas de meios de transporte (-11,4%), máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações (-13,9%), produtos de metal (-11,8%), máquinas e equipamentos (-8,9%), alimentos e bebidas (-3,0%), vestuário (-6,7%), outros produtos da indústria de transformação (-9,3%), calçados e couro (-7,8%), borracha e plástico (-4,9%), metalurgia básica (-7,3%), papel e gráfica (-4,0%) minerais não-metálicos (-3,1%) produtos têxteis (-3,8%) e indústrias extrativas (-5,3%).

Fonte: hojeemdia
Home Ads