sexta-feira, 7 de agosto de 2015

OPINIÃO: Coluna A Tarde: O PT rodopia

por Samuel Celestino
Coluna A Tarde: O PT rodopia
Se já estava com a sua imagem comprometida em consequência das denúncias que atingem boa parte do partido, o PT agora cai nas tabelas depois da prisão do seu número dois, José Dirceu, que era, depois de Lula, o segundo na hierarquia e em importância do partido. A legenda desmoronou com as revelações da Operação Lava Jato. Consta  que seria a mais “prestigiada”  de acordo com os delatores, no recebimento de propina. Tinha o seu próprio especialista na propinagem, o tesoureiro João Vaccari Neto, tesoureiro do partido, ora preso no Paraná.
 
O Partido dos Trabalhadores brilhou intensamente na década passada quando elegeu Lula duas vezes e, em sequência, acatou quem ele determinou para sucedê-lo, Dilma Rousseff, que ora é um personagem praticamente isolado no prestígio popular e, por decepcionar os brasileiros. Vaga quase sozinha nos corredores do Palácio do Planalto. Se havia uma expectativa que Lula pudesse voltar a ocupar o poder em 2018, esta realidade sonhada já quase não existe. Imagina-se que ele poderá vir ser um dos nomes envolvidos no escândalo, isso se os delatores, os novos, como Fernando baiano, por exemplo, falarem aquilo que todo o país teme e não desejaria ouvir, embora seja necessário.
 
É uma suposição, por ora. O PT treme diante desta probabilidade. Já não dá mais importância com as informações que emergem na imprensa nem pode fazer nada, porque não há como fazê-lo diante da perda galopante de prestígio da legenda, de maneira que levou os seus parlamentares a ficam isolados também dentro do Congresso nacional. A base de apoio do Planalto desabou. A decadência petista naturalmente poderá levar Lula na proa do barco, o que criaria um desconforto para o país, porque ele foi, sem dúvida, o maior político que emergiu pós-ditadura.
 
Nos seus dois governos, o então presidente fez de Dirceu seu poderoso chefe da Casa Civil, transformando-o no segundo homem no poder. Enquanto o chefe da Casa Civil mandava, ao tempo em que  concebeu o mensalão. Mesmo no cargo e submetido ao Supremo Tribunal Federal, teria concebido de igual maneira o petrolão. Tudo, então, teria nascido do seu engenho e arte, e dali –é o que se supõe – teria emergido a inimaginada corrupção que avançou pelas empreiteiras, doleiros, e principalmente políticos, cuja hora, seguramente chegará depois da Operação Lava Jato, a partir do STF, por serem beneficiários de fórum privilegiado. Mas não escaparão. Questão de tempo.
 
 O PT, portanto, cambaleia no mesmo ritmo da crise que devora como jamais foi visto neste país onde o absurdo acontece, muitas vezes repentinamente, como é o caso. Pior que, com ele, o país se desmonta em crises econômicas e políticas, atingindo principalmente a classe mais frágil, os trabalhadores de maneira geral, como desemprego, a inflação, enquanto do bolsa família já não se houve falar. Dilma Rousseff especializou-se em dizer asneiras e palavras sem nexos. Parece já não raciocinar. Está a necessitar a seu lado de um grilo falante para consertar o seu vocábulo ininteligível, embora vez por outra acerte, o que a cada dia  fica mais raro.
 
No exterior já se discute se o Brasil é um país emergente – já não parece ser – ou indecente, o que é mais apropriado com a deslavada corrupção. O PT rodopia e os partidos brasileiros de maneira geral perdem o respeito. Não se sabe qual deles deixou de receber propina.
 
* Coluna publicada originalmente na edição desta quinta-feira (6) do jornal A Tarde

NOSSO PONTO DE VISTA:

diz o texto acima:

"...O PT, portanto, cambaleia no mesmo ritmo da crise que devora como jamais foi visto neste país onde o absurdo acontece, muitas vezes repentinamente, como é o caso. Pior que, com ele, o país se desmonta em crises econômicas e políticas, atingindo principalmente a classe mais frágil, os trabalhadores de maneira geral, como desemprego, a inflação, enquanto do bolsa família já não se houve falar. Dilma Rousseff especializou-se em dizer asneiras e palavras sem nexos"

Com tudo isso e muito mais,  os petistas apaixonados (uma pequena minoria" - aqui são no máximo dois) publicam abertamente serem orgulhosos do partido mais corrupto do mundo.Lamentável!


Home Ads