quarta-feira, 25 de novembro de 2015

OPINIÃO DO LEITOR: SURRIADA NO ILÊ DA “LIBERDADE” PETISTA!

24 de Novembro / 2015 às 23:00
Na sexta-feira, 20, no Largo Nelson Mandela, quando da 15ª marcha da Liberdade em comemoração ao Dia da Consciência Negra, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi “recepcionado” com uma surriada (vaias de muita gente).
Há quem afirme que ele anda de corpo aberto e zonzo de tanto Mensalão, Petrolão e receoso que lhe sobrem alguns estilhaços, cruzando encruzilhadas sem pedir licença às forças espirituais em três emissões de voz para abrir seus caminhos, pois ele anda com as quizilas dos orixás: agô...agô...agô..!
Veio à Bahia sem pelo menos trazer à orelha um galho de arruda ou um amuleto escondido no bolso da camisa ou da calça, fechando assim o corpo, sendo então frustrado em encontrar um PT carregado de maldição, pragas, também desacreditado pela memória do herói Zumbi dos Palmares que foi realmente o legítimo salvador da Consciência Negra.
O chão baiano é o celeiro da magia negra e da força dos voduns, e, quem pensa em adentrar aqui sem bater paó (palmas) apresentando-se com respeito aos orixás: “aqui estou para reverenciá-los; olhem para mim” não terá boas-vindas, podendo levar surriadas em cadeia, exigindo que se retire.
Está provado que o ex-presidente está com o muntuê/ori (cabeça) de oriocô (nulo nos mistérios espirituais) e pisou o chão baiano confiante no Partido Vermelhão que se encontra há tempo no Canzuá-de-quimbe (casa dos mortos) e sem pedir Malembe (Misericórdia dos pecados petistas a Oxalá (Senhor do Bonfim).
Não resta a menor dúvida que no Largo Nelson Mandela as vaias retumbantes não foram cessadas pelo Ilê Orixá que por certo está revoltado com este governo patético, triste em que os negros já estão conscientes que a miséria campeia e que a pobreza continua levando os miseráveis para areia movediça sem condolências e exéquias! Acordaram!
Ilê- Aiyê é um dialeto afro que significa “O Mundo ou a Terra da Vida”. O ex-presidente Lula e o Partido dos Trabalhadores, com certeza estão sem agasalho protetor espiritual desse Mundo, desprezados, excluídos, pois não têm mais assentos no Ilê Orixá, casa dos yorubas. Uma prova insofismável são as surriadas e vaias da própria casa dos Magos por não aguentarem mais tantas heresias e falta de bom senso plantando-se em promessas mentirosas e enganosas.
Não adianta as momices - caretas ou gestos feitos no rosto – de Lula e do sistema petista. “A verdade é como a alma que só se desprende do corpo quando este padece!” Portanto, a verdade é que os ruídos, murmúrios e os gritos de reprovação partiram do mesmo ilê (casa), não das Elites, como o PT costuma inverter a verdade dos fatos, julgando que suas tramas não foram ainda descobertas!
Geraldo Dias de Andrade é Cel. PM/RR – Cronista – Membro da ABI/Seccional Norte – Escritor – Bel. em Direito – Membro da Academia Juazeirense de Letras.

Fonte: geraldojosé
Home Ads