sábado, 14 de novembro de 2015

ULTIMAS NOTICIAS

Ministro alemão pede que ataques não sejam associados à crise migratória
Foto: Reprodução/ detektor.fm
O ministro do Interior da Alemanha, Thomas de Maizière, apelou neste sábado (14) para que os atentados que ocorreram nesta sexta-feira não sejam associados à crise migratória enfrentada pela Europa. "Quero fazer este apelo urgente para que se evite estabelecer ligações rápidas com a situação relativa aos refugiados", disse o ministro. Maizière frisou ainda que já houve "um nível chocante de ataques contra candidatos a asilo e centros de acolhimento de refugiados". Segundo a Agência Brasil, o ministro falou após uma reunião do gabinete de crise do governo alemão, na qual foi decidido aumentar a presença policial e reforçar o controle das fronteiras, assim como monitorar de perto os grupos de extrema-direita no país. A Alemanha é uma dos países que mais refugiados deverá acolher este ano: perto de 1 milhão. Por conta do significativo aumento da chegada de migrantes ao país, os ataques de grupos xenófobos cresceram.
Espetáculo ‘Exu, A Boca do Universo’ tem apresentação única no Teatro Sesc Pelourinho
Foto: Divulgação
O espetáculo teatral “Exu, A Boca do Universo”, faz apresentação única na Arena do Teatro Sesc-Senac Pelourinho, no dia 21 de novembro. A peça  narra os feitos de Exu, rompendo com os preconceitos e a imagem errônea atribuída ao orixá. Confira mais informações na coluna Cultura.
Petroleiros aprovam indicativo da FUP e suspendem greve na Bahia
Foto: Reprodução/ Correio do Brasil
Após Assembleia Geral Extraordinária, realizada nesta sexta-feira (13), os petroleiros da Bahia aprovaram indicativo da Federação Única dos Petroleiros (FUP) de suspensão do movimento grevista. Foram registrados 123 votos a favor e 65 contra o indicativo. Os petroleiros voltaram ao trabalho neste sábado. A greve nacional foi iniciada no último dia 1º.
Suspeitos de participação em atentado na França são detidos na Bélgica
Foto: Reprodução/ Twitter
O ministro da Justiça da Bélgica, Koen Geens, afirmou neste sábado (14) que várias pessoas foram detidas na capital Bruxelas, por suspeitas de relações com os atentados em Paris, que já registram 129 mortos. Segundo a revista Exame, o gestor explicou que testemunhas relataram ter visto um veículo com placa da Bélgica nas imediações da casa de shows Bataclan, um dos alvos terroristas. "Provavelmente se trata de um carro alugado na Bélgica", disse, ao explicar que as investigações são voltadas a encontrar o veículo e descobrir o responsável pelo aluguel. "A identificação dos terroristas é muito difícil", completou Geens. O primeiro-ministro da Bélgica, Charles Michel, convocou neste sábado reunião do Conselho Nacional de Segurança, mas afirmou que não se pronunciará sobre os atentados.

BN
Home Ads