terça-feira, 8 de março de 2016

BRASIL: Marcelo Odebrecht e Léo Pinheiro entram em acordo para fazer delação premiada

Marcelo Odebrecht e Léo Pinheiro entram em acordo para fazer delação premiada
Foto: Reprodução/WSJ | Beto Barata/Veja
Os empresários Marcelo Odebrecht e Léo Pinheiro, ex-presidentes das empreiteiras Odebrecht e OAS, estão fechando um acordo entre eles para, na sequência, começar a negociar delação premiada com os investigadores da Operação Lava Jato. A informação foi divulgada nesta terça-feira (8) pelo jornal O Globo, confirmada por uma pessoa ligada a um dos empreiteiros. A ideia, de acordo com O Globo, é realizar uma colaboração casada, fornecendo dados sobre a corrupção na Petrobras e em outros órgãos e setores da administração pública. Segundo O Globo, o acordo entre eles não envolve combinação de versões, mas a escolha simultânea pela mesma medida. O objetivo de ambos é salvar as empresas de grandes prejuízos ou de falência, caso as investigações se estendam. Os executivos avaliam que uma ação descasada de uma das companhias poderia ser fatal para a outra. Outra delação está em fase mais avançada: a secretária executiva Maria Lúcia Tavares, da Odebrecht, já começou a colaborar com a força-tarefa, segundo informações do jornal Folha de S. Paulo. Ela é apontada como responsável por gerenciar planilhas relacionadas à contabilidade das propinas, chamadas de “acarajés” pelos envolvidos no esquema. É a primeira funcionária da Odebrecht a firmar o acordo. Entre as informações que os investigadores esperam conseguir com ela, estão detalhes sobre os pagamentos feitos ao publicitário João Santana.

bn
Home Ads