quinta-feira, 14 de abril de 2016

ELEIÇÕES 2016: BAHIA: Cadastramento biométrico será restrito entre 25 de abril e 4 de maio

A medida, divulgada nesta segunda-feira (11/4) via provimento do Corregedor em exercício, Juiz Marcelo Junqueira, visa priorizar os atendimentos para a regularização diante do prazo de 4 de maio

12/04/2016 às 03:55h
Recomendar
Cadastramento biométrico será restrito entre 25 de abril e 4 de maio
Reprodução
Diante da proximidade do fechamento do cadastro eleitoral, em 4 de maio, e o aumento da procura dos eleitores, o Corregedor Regional Eleitoral em exercício, Juiz Marcelo Junqueira Ayres Filho, publicou provimento, nesta segunda-feira (11), restringindo, de 25 de abril até 4 de maio, o atendimento para o cadastramento biométrico.


Com a medida, portanto, não serão atendidas neste período as solicitações de eleitores, em situação regular, que busquem atendimento apenas para fazer a coleta dos dados biométricos. Vale o lembrete de que não há necessidade de pressa para a realização da biometrização, pois o procedimento continuará a ser feito após as Eleições 2016 em caráter ordinário, isto é, à medida que o eleitor procurar os postos de atendimento da Justiça Eleitoral.


Devem buscar a regularização neste momento, no entanto, os eleitores que estão com os títulos cancelados, inclusive aqueles que tiveram o documento cancelado porque deixaram de fazer o recadastramento biométrico nas 43 cidades onde o procedimento foi obrigatório.


O objetivo da medida, divulgada no Diário da Justiça Eletrônico, é amenizar as longas filas que já começam a se formar nos cartórios eleitorais de todo o estado, já que 4 de maio é o prazo final para o eleitor buscar atendimento. Após esta data, e até 10 dias antes das eleições, o único serviço que poderá ser solicitado é a emissão da segunda via do título eleitoral.


Alistamento, transferência e regularização dos cancelados

Para evitar deslocamentos desnecessários, o cidadão deverá então ficar atento. Com a determinação da Corregedoria, a prioridade de atendimento, entre 25 de abril e 4 de maio, será, unicamente, para os que pretendam regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral a fim de garantir o exercício do voto no dia 2 de outubro. Serão atendidos, portanto, aqueles que busquem realizar as operações de: alistamento, transferência ou regularização nos casos dos títulos cancelados.


Antes de se dirigir a qualquer posto de atendimento, o recomendável é que o cidadão consulte a sua situação eleitoral no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), bastando, para isto, acessar, no menu “Eleitor”, a opção “Situação eleitoral”. No atendimento, seja nos SACs ou cartórios, o eleitor deve ter em mãos documento oficial com foto, comprovante de residência recente e CPF. A ausência do CPF, no entanto, não invalidará o atendimento. Já o comprovante de quitação militar é obrigatório para o alistamento, no caso das pessoas do sexo masculino com idade entre 18 e 45 anos.

Fonte: Folha do Estado da Bahia
Home Ads