quarta-feira, 27 de abril de 2016

Terceirizados da Educação da Bahia em Juazeiro realizam manifesto na sede da NRE-10

Sob a liderança do Sindilimp (Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Regional), os servidores da educação da Bahia, lotados no Núcleo Regional de Educação 10, em Juazeiro, promoveram na manhã desta quarta-feira (27), manifestação em frente à sede do núcleo, antiga Direc-15, cobrando informações sobre o pagamento dos salários da categoria. Na última semana o diretor regional da entidade sindical Elielson Figueiredo já havia notificado a direção do órgão em Juazeiro sobre a paralisação. No manifesto, além dos discursos da direção sindical, os manifestantes gritaram palavras de ordem e cobraram mais uma vez a solução do problema. Várias escolas da rede estadual no Norte da Bahia estão sem aulas e a informação é que a paralisação será mantida nesta quinta-feira (28). Confira o conteúdo do ofício enviado pela direção do Sindilimp ao representante do NRE-10:
NOTA PÚBLICA
AO NUCLEO REGIONAL 10
ATT:. Adailson Barbosa
Senhor,
O Sindilimp – Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Regional, vem a Vossa Senhoria, em cumprimento as deliberações de sua assembleia geral, realizada na data de 13 de abril de 2016, devidamente convocada, nos estritos de seu estatuto informá-lo a seguir:
A entidade sindical apresentou para deliberação da assembleia geral, o histórico das negociações que já somam mais de 90 dias, onde se comprova de forma insofismável, a posição intransigente das empresas em relação à garantia o recebimento dos proventos da categoria.
Na oportunidade foi informado que a empresa não apresentou nenhum documento que comprove os repasses de verbas ou proventos, comprovando que as conversas entre as NRs da Região Norte, SEC – Secretaria de Educação e EMPRESAS Terceirizadas não passavam de meras especulações sem uma decisão final para o trabalhador.
Desta forma, a categoria de forma soberana, na sua maioria, considerando a posição intransigente das empresas “TERCEIRIZADAS” deliberou:
a) deflagrar paralização a partir do dia 18 de abril de 2016.
b) Falta repasse das empresas Sandes, Basetec, Saltur e Contrate
c) Descumprimento de Convenção Coletiva de Trabalho do Sindilimp – 2016 d) Recolhimento de FGTS e INSS
Assim, uma vez cumpridas as formalidades de praxe, nos colocamos a disposição de Vossa Senhoria para os esclarecimentos que se fizerem necessário, bem como a nossa disposição para qualquer momento restabelecer as negociações.
Atenciosamente,
Elielson Figueiredo   Diretor Regional   
Fonte: Blogdolucasnunes
Home Ads