segunda-feira, 2 de maio de 2016

Bahia aumenta número de casos de H1N1 e recebe penúltimo lote de vacinas contra vírus nesta quarta-feira (4)

POR SOUZA FILHO
02/05/2016 18:17
Gripe-160x100
A Bahia irá receber, nesta próxima quarta-feira (4), cerca de 386 mil doses da vacina contra o H1N1. A distribuição, que é realizada pelo Ministério da Saúde, corresponde a 12% de todas as vacinas previstas do estado, que com essa nova remessa já terá recebido 77% das 3.499.700 doses destinadas as cidades baianas.
Na primeira semana deste mês de abril, a Bahia recebeu 30% das vacinas, na segunda recebeu mais 21% de todas as doses previstas e nesta última quinta-feira (27) mais 14% das doses. Ou seja, de acordo com as informações da Sesab, serão recebidas mais duas doses, uma nesta quarta-feira (4), representando 12%, e outra, que ainda não tem data definida, representando os 11% restantes.
Na rede pública de saúde, as vacinas estarão disponíveis apenas para o grupo prioritário, que inclui os idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, trabalhadores em saúde, mulheres grávidas ou puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e jovens e adolescentes de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas. A soma desta população destinada, na Bahia, é de 3.268.957 pessoas.
O Ministério da Saúde compra os imunobiológicos e distribui para os estados. A Sesab, utilizando três caminhões com sistema de refrigeração, distribui para as regionais de saúde, com o primeiro local sendo o depósito localizado em Simões Filho, na Região Metropolitana. Cada município precisa ir nas regionais buscar o lote, que possuem um percentual igual ao que o estado recebeu.
Casos aumentaram na Bahia
Segundo um novo boletim divulgado nesta segunda-feira (2) pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), dez pessoas já morreram vítima da gripe H1N1 na Bahia. No último comunicado que saiu nesta última terça-feira (26), nove mortes haviam sido contabilizadas. A décima vítima a entrar na lista da Sesab foi a médica cubana Clara Elisa Gonzales, de 42 anos.
Houve um aumento de casos confirmados da doença. O número subiu de 38 (número que constava no boletim do dia 26) para 45, no boletim divulgado nesta segunda-feira (2). As ocorrências foram registradas em 14 municípios do estado, são eles: Boa Nova (1), Boquira (1), Bom Jesus da Lapa (1), Feira de Santana (1), Guanambi (3), Ibipeba (1), Ibirataia (2), Jacobina (1), Lauro de Freitas (4), Piripá (1), Rio de Contas (1), Salvador (24), Teixeira de Freitas (1), Vitória da Conquista (3).
Fonte: remansonews.com
Home Ads