terça-feira, 17 de maio de 2016

BAHIA: Entre Geddel e Neto a candidatura ao governo

por Samuel Celestino
Entre Geddel e Neto a candidatura ao governo
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
O prefeito ACM Neto não pretende se pronunciar se será candidato à reeleição, o que só o fará depois da festa de São João, como dissera na quinta-feira passada. Certamente ele já tem a sua decisão. Hoje, no entanto, o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, anunciou, no programa de Mário Kertész, na rádio Metrópole, que apresentará um candidato a vice-prefeito a Neto, a partir de uma conversa, também depois do São João (o que não impede de acontecer antes) cumprindo, assim, o calendário decisório do prefeito. ACM Neto passa a ficar numa espécie de cheque-mate. Ou será candidato à reeleição, o que o levará a se afastar da prefeitura para ser candidato ao governo baiano em 2018 e, desta forma, abrir espaço para que o vice a ser indicado por Geddel ocupe o cargo de prefeito, o que será natural. Outra hipótese: Neto lança um candidato da sua preferência a prefeito na campanha municipal deste ano, ou cumprirá integralmente o seu segundo mandato, consequentemente não fará uma disputa com o governador Rui Costa. Ficará, então, de fora da candidatura ao governo baiano, o que muito almeja. Quem seria então o candidato ao governo para disputar com Rui? Se Michel Temer fizer uma boa gestão na República, se tiver sucesso, Geddel Vieira Lima se apresentará para um confronto com Rui. Neto só tem uma saída: afastar-se, fazer o sucessor com o vice indicado pelo ministro e ser candidato ao governo em 2018. Se é que pensa assim.

BN
Home Ads