quinta-feira, 12 de maio de 2016

RESUMO DOS JORNAIS HOJE 12 DE MAIO

12 de maio de 2016
O Estado de S. Paulo

Manchete: A chance de Temer 
Vice de Dilma assume a Presidência da República como desafio de superar uma crise histórica e encerrar a era do PT no poder. (Edição Epecial, Págs. A4 a A44)
A votação no Senado e o novo governo ( Págs. A4 a A22)

Da euforia à crise, os 13 anos da era PT (Págs. A25 a A43)

Editorial: Retorno à irrelevância (Pág. A3)

------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete : Temer alterará governo para priorizar comércio exterior
Ao assumir, vice vai comandar principal órgão de formulação de políticas do setor

O vice-presidente, Michel Temer (PMDB-SP), decidiu transferir para a Presidência o comando da Camex (Câmara de Comércio Exterior) em sua futura gestão. A medida tornará o órgão, hoje esvaziado, centro de formulação da política comercial e sinalizará uma de suas prioridades. Para Temer, o setor será uma alavanca da retomada do crescimento. O órgão atualmente é chefiado pelo ministro do Desenvolvimento. A pasta perderá também a Apex, agência de promoção de exportações, que será incorporada ao Ministério das Relações Exteriores, com o senador José Serra (PSDB-SP) à frente. Em estágio avançado, a formação do ministério sofre pressão da bancada do PMDB no Senado, que pleiteia a Integração Nacional, antes oferecida ao PSB. Temer recuou também do convite feito ao deputado Newton Cardoso Jr. (PMDB-MG) para a Defesa após reação negativa dos militares. Se mantida a atual configuração, Temer será o primeiro desde Ernesto Geisel (1974-79) a não incluir mulheres no ministério. (Poder a4)
Aécio Neves diz que PSDB irá ‘correr os riscos’ e apoiar gestão (Poder A11)

STF nega recurso de Dilma para barrar processo de impeachment
O ministro do Supremo Teori Zavascki negou nesta quarta (11) recurso do governo contra o impeachment de Dilma Rousseff (PT). Ele rejeitou argumento da Advocacia- Geral da União, de que o julgamento está “viciado”. Com a decisão, a sessão no Senado sobre o afastamento da presidente foi mantida e seguia até as 21h30, sem previsão de término. (Poder a12)
PT diz que votará na Câmara contra todos os projetos do novo governo (Poder A8)

Fonte:  radiobrás

Home Ads