quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

CÂMARA APROVA O AUMENTO SALARIAL DO PREFEITO, VICE E SECRETÁRIOS DE PETROLINA

Foi aprovado por unanimidade nesta terça-feira (27) um Projeto de Lei para o aumento dos salários do prefeito, vice-prefeito e secretários de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O projeto partiu da mesa diretora e foi colocado em votação nesta última sessão do ano na Câmara de Vereadores Plínio Amorim. O projeto não constava na pauta da sessão, mas foi colocado em discussão nesta terça-feira (27). De acordo com o presidente da Casa Plínio Amorim, o vereador Osório Siqueira, o salário de prefeito passou de R$15.000 para R$ 18.000, um reajuste de 20%.
Já o salário do vice-prefeito, foi de R$12.000 para R$ 14.000, um reajuste de quase 17%. Os salários dos secretários também subiram, e foi o que mais teve aumento, saindo de R$8.000 para R$12.000, quase 50% de reajuste salarial. A Lei começa a valer a partir de 2017, beneficiando o prefeito e o vice-prefeito eleitos em 2 de outubro e os secretários escalados pelo executivo, e que tomam posse no dia 1º de janeiro de 2017.
A assessoria da Câmara de Vereadores de Petrolina informou em nota que o Projeto de Lei para revisão dos subsídios para prefeito, vice-prefeito e secretários seguiu todos os trâmites normais da instituição e foi aprovado por unanimidade. Os subsídios estavam congelados desde 2013 e serão válidos para os próximos quatro anos. 
"As remunerações estão dentro do padrão de outras administrações municipais, sendo, inclusive, valores inferiores aos de municípios como Cabo de Santo Agostinho, Juazeiro, Salgueiro e Caruaru. Além disso, através de informações obtidas junto à equipe de transição da futura gestão, os gastos da Prefeitura terão relevante redução devido à reforma administrativa" encerra a nota.


Fonte: G1 Petrolina Foto de arquivo/bloggeraldojose

Home Ads