quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Secretário e prefeitos debatem ações de combate à febre amarela

Titular da Sesab, Fábio Vilas-Boas se reuniu com prefeitos e secretários de Saúde
Na tarde da ultima terça-feira, 24, o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, se encontrou com prefeitos e secretários municipais de saúde de outras cidades do estado, no auditório da Secretaria de Infraestrutura (Centro Administrativo), para discutir estratégias de combate à febre amarela.
“Fui informado pessoalmente pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, sobre a ocorrência de morte de macacos no oeste de São Paulo. Esse é o primeiro e principal indicador de que está havendo novos casos de febre amarela. A doença voltou e, se não fizermos nada, pode entrar nas nossas cidades”, discursou Vilas-Boas.
Ele também falou da preocupação em relação ao vetor transmissor da doença nas cidades, o mosquito Aedes aegypti.
Em São Paulo, algumas cidades já estão em alerta, como Ribeirão Preto e São José do Rio Preto. Outro estado em alerta é Goiás.
Para fortalecer e traçar estratégias no combate à doença em todo o país, a recomendação da Vigilância Epidemiológica nacional é de imunização total das populações sob risco.
“O governador Rui Costa pediu que fizéssemos um plano estadual para bloquear a entrada da febre amarela. Trata-se de uma doença que tem alto poder de disseminação e é extremamente grave. Até 50% dos doentes morrem”, afirmou.
A Tarde
Home Ads