terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Obras de implantação do Complexo Eólico Campo Largo avançam na Bahia



As obras do Complexo Eólico Campo Largo seguem em pleno andamento com diversas frentes de serviços nos municípios baianos de Umburanas e Sento Sé. Numa área de 2,46 hectares, na cidade de Umburanas, está sendo construída a Vila Residencial, composta por algumas estruturas de apoio do empreendimento com escritório administrativo, três blocos de dormitórios, com quatro apartamentos, cada, uma portaria e um centro de convivência, onde serão concentradas as atividades de uso comum. Concomitantemente a estes serviços as equipes trabalham na abertura de acessos internos e externos, na supressão vegetal e na implantação da rede de média tensão que irá alimentar o canteiro de obras principal. O Complexo Eólico contará com 70 km de acessos internos, 32 km de acessos externos, além de 51 km de rede de energia em alta tensão (230 kV) e uma Subestação Coletora de 34,5/230 kV, que está sendo implantada no município de Ourolândia. Mão de Obra Uma nova etapa da obra está prevista para iniciar no mês de março, quando serão feitas as escavações e implantação das bases dos aerogeradores. “Esta etapa vai demandar uma maior mão de obra na área de construção civil e a expectativa é contratar novos profissionais como carpinteiros, pedreiros, armadores de ferragens, entre outros”, destacou o coordenador de implantação do Complexo, Leandro Magri. Durante a implantação do Complexo Eólico, a ENGIE tem priorizado a contratação de mão de obra local. Desde o início do empreendimento, mais de 340 colaboradores foram contratados, sendo aproximadamente 70% desta mão de obra baiana. Para auxiliar no processo de seleção, a ENGIE implantou o sistema de cadastramento de currículos que tem como principal objetivo formar um banco de dados para auxiliar as empresas prestadoras de serviço. “O cadastramento não garante emprego. O processo seletivo é feito sempre que necessário pelas empresas parceiras de acordo com diretrizes e critérios de cada uma” destacou Magri. Os interessados em cadastrar o currículo podem enviá-lo para o email: ouvidoria.cecl.brenergia@engie.com O Complexo Eólico Campo Largo é o maior investimento em energia eólica no país, realizado pela ENGIE. Em sua primeira fase o projeto prevê a instalação de 121 aerogeradores, com capacidade instalada de 326,7 MW. O empreendimento, que deve começar a operar comercialmente em janeiro de 2019, poderá abastecer uma população de até 600 mil habitantes.

Fonte: ascom/engie 
Home Ads