OUÇA A NOSSA WEB RÁDIO SENTO SÉ AGORA - AO VIVO

quinta-feira, 16 de março de 2017

Definidas metas para recebimento do novo sistema de abastecimento de Sento-Sé

A prefeitura municipal de Sento-Sé, representada pelo secretário de administração Juvenilson Passos e o diretor do SAAE – Serviço Autônomo de Água e Esgoto, Carlos Magno, participaram de uma reunião na última terça-feira (14), em Juazeiro, com a equipe técnica da Codevasf – Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba.
O objetivo da reunião foi definir metas para o recebimento definitivo dos novos sistemas de abastecimento de água do município, construídos pelo programa “Água para Todos” do Governo Federal, como também viabilizar formas de conclusão das referidas obras através dos órgãos competentes.
Nesse encontro ainda foram discutidas formas de melhorias no sistema de captação, adução, reservação e distribuição de água para sede do município, como também as normas que serão delineadas para acompanhar a redução do nível de água do Lago de Sobradinho.
O diretor do SAAE, Carlos Magno ressaltou a seriedade da entrega dessa obra finalizada para a saúde e desenvolvimento do município, “principalmente dos distritos contemplados com as obras, uma vez que geram novos empregos diretos e indiretos e dá o direito e oportunidade à população de utilizar água de qualidade, apropriada para o consumo humano”, afirmou o diretor.
Equipe técnica da Codevasf estava composta pelos engenheiros, Hélder Arraes, Marcia Araújo e José Amâncio; Priscila Martinez, gerente de desenvolvimento e Lindbergson Gomes técnico em saneamento.
Esse encontro é o resultado de pedido feito a presidente da Codevasf Kênia Marcelino, semana passada (07/03), em Brasília, feito pela prefeita Ana Passos e o secretário de administração Juvenilson Passos.
/Ascom PMSSE
PONTO DE VISTA
Na verdade não há o que comemorar. A Codevasf (orgão executador)há tempos tem procurado se livrar de  enormes problemas criados com a construção desses sistemas de abastecimento.  O Ex-Prefeito Ednaldo por várias vezes, foi procurado para receber esses inacabados sistemas. O correto seria a Codevasf ao menos colocar em funcionamento e acompanha-los durante doze meses, posteriormente entregar ao município. 
O próprio texto acima destaca "... como também viabilizar formas de conclusão das referidas obras através dos órgãos competentes.) 
A prefeitura recebe um grande e inoperante sistema e que por certo trará "dores de cabeças" e problemas para a gestão municipal.
É mais uma ação da atual gestão, que apenas.  torcemos para dar certo.

É ser muito generoso com a Codevasf.

Nenhum comentário:

Postar um comentário