OUÇA A NOSSA WEB RÁDIO SENTO SÉ AGORA - AO VIVO

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Vitória vence o Bahia de virada rumo ao hexa

O Bahia abriu o placar logo aos 4 minutos de bola rolando no Barradão

Penta campeão, com cinco títulos conquistados, o Vitória, que é o maior vencedor da Copa do Nordeste, deu um passo importante no caminho da conquista do título de hexacampeão da competição regional da CBF.
Ontem à noite, no Estádio Manoel Barradas, o time Rubro-negro venceu o segundo clássico consecutivo contra o Bahia, pelo mesmo placar de 2 a 1, e deu um passo decisivo rumo à fase final, abrindo a vantagem do empate no Ba-Vi de volta, domingo à tarde na Arena Fonte Nova, válido pela fase semifinal.
Sem ocorrências entre torcedores, com um forte esquema de segurança montado pela Polícia Militar, mesmo com torcida única, dentro de campo não foi o “Ba-Vi da Paz”.
Teve de tudo no clássico de ontem à noite no Barradão, dentro das quatro linhas: muita confusão, expulsão, lesão grave do jogador Hernane, e até apagão, no final do segundo tempo, com a queda de energia em duas torres de iluminação no estádio.
Mas foi, sem dúvida, um clássico como nos velhos tempos. Disputado, carregado de rivalidade entre os jogadores de Bahia e Vitória, com tumultos no início da partida e no intervalo do 1º para o 2º tempo.
Só não teve uma grande torcida. Apenas 13 mil 337 Rubro-negros pagaram ingressos. A virada do placar pelo Rubro-negro, com o triunfo de 2 a 1 sobre o Bahia, joga com a vantagem do empate o Ba-Vi de domingo, na Arena Fonte Nova, para chegar às finais e decidir o título contra Sport ou Santa Cruz de Recife.
Para o Bahia, domingo à tarde, fica a obrigação de vencer, mas o placar de 1 a 0 será suficiente para se classificar na Copa do Nordeste, porque nos critérios de desempate, marcou um gol na casa do adversário.
O que não é uma “missão impossível”, porque mesmo com um jogador a menos que o rival Rubro-negro, o time do técnico Guto Ferreira criou excelentes oportunidades, teve a chance de empatar e até virar o placar, mas não soube aproveitar.
O Bahia abriu o placar logo aos 4 minutos de bola rolando no Barradão. Edson, de cabeça, na cobrança do escanteio. Mas o Vitória reagiu ainda no final do primeiro tempo, com o gol de Euller aos 37 minutos. A virada do Rubro-negro veio no início do segundo tempo, aos 6min, com André Lima definindo o placar em 2 a 1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário