segunda-feira, 8 de maio de 2017

BRASIL: Moro nega pedido de defesa de Lula para gravação de depoimento


Moro nega pedido de defesa de Lula para gravação de depoimento
Foto: Divulgação
O juiz Sérgio Moro negou nesta segunda-feira (8) pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que o interrogatório que será realizado nesta quarta (10) seja gravado. “Será mantida a forma de gravação atual dos depoimentos, focada a câmara no depoente, pois é o depoimento a prova a ser analisada, e fica vedada a gravação em áudio e vídeo autônoma pretendida pela Defesa de Luiz Inácio Lula da Silva”, afirmou o magistrado em sua decisão. Ele afirma que o procedimento é adotado em toda a Justiça Federal da 4ª Região (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul). Segundo informações do portal G1, Moro afirma ainda no despacho que não há qualquer intenção de prejudicar o acusado ou sugerir a sua culpa com esse foco, tanto assim que o depoimento das testemunhas, que não sofrem qualquer acusação, é registrado da mesma forma. O juiz avaliou também que o petista e seus advogados “pretendem transformar um ato normal do processo, o interrogatório, oportunidade que o acusado tem para se defender, em um evento político-partidário, tendo, por exemplo, convocado militantes partidários para manifestações de apoio ao ex-presidente na referida data e nessa cidade [Curitiba], como se algo além do interrogatório fosse acontecer”. Moro já havia se manifestado por meio de vídeo divulgado em redes sociais, orientando aos apoiadores de Lula a não comparecer ao local do depoimento. 

BN
Home Ads