segunda-feira, 8 de maio de 2017

GARIMPO EM SENTO-SÉ ATRAI MULTIDÃO EM POUCOS DIAS

Um garimpo de ametista foi descoberto recentemente em Sento-Sé na Serra do interior de Quixaba distante 50 km da sede do município. O garimpo de ametista faz ressurgir a esperança da população sentoseense em dias melhores diante das dificuldades que o município vive com a falta de emprego.
Comenta-se que aproximadamente cerca de 800 a 1000 pessoas estão envolvidas na extração do minério. A notícia se espalhou no início da última semana e muitos garimpeiros veteranos e aventureiros de todos os lugares estão na região da serra explorando a mina. A forte comercialização do minério de ametista movimenta bastante a economia local. Compradores de vários lugares estão acampados nas proximidades do distrito de Quixaba comercializando o minério.
Até agora não se sabe se há ouro ou prata, mas o subsolo de Sento-Sé é muito rico em ametista, cristal branco, citrino, manganês e galena. Os garimpos mais explorados são da Mina de Cabeluda, Careta, Cumbre, Alegre e Mimoso.
O minério de ferro é outra riqueza existente inexplorada, estudos geológicos concluídos, dão conta de que o subsolo de Sento-Sé concentra a maior jazida de ferro do Brasil, comparada a Eldorado dos Carajás. Acredita-se que a cidade cresça cinquenta anos em cinco a partir da exploração do ferro.
Com informações do Sentosenoticias.
Home Ads