quarta-feira, 31 de maio de 2017

SENTO SÉ: GARIMPO DÁ SINAIS DE MELHORA NA ECONOMIA DA CIDADE

Fotos e texto: Jornalista Osiel Amaral


Segundo Rainer Souza, Mestre em História, a descoberta de metais preciosos pela administração colonial portuguesa aconteceu no fim do século XVII. O anúncio dessa nova atividade de exploração inaugurou uma nova fase da história do Brasil colonial.
Igualmente, parece-nos, que a descoberta e inicio de exploração de pedras de ametistas (semipreciosa) na serra próxima ao Povoado de Quixaba, distante cinquenta quilômetros da sede do município de Sento Sé indique possível inauguração de um novo tempo na historia da cidade de Sento Sé e de seu povo.
Atualmente nossa economia enfrenta uma de suas piores fases, considerando que historicamente era baseada no cultivo irrigado de cebola, tomate, uva, manga, melão, melancia, aspargos, além das culturas de subsistência como: milho, mandioca, mamona, feijão, frutas nativas como, um- bu, maracujá do mato e etc. O solo do município é rico em ametista, galena, manganês, cristal de rocha, Magnesita, ferro, talco, calcário e outras. Na pecuária destaca-se a criação de bovinos, ovinos e caprinos.
A divulgação  feita em redes sociais, sites do município  e alcançando a grande mídia regional, estadual e Nacional, dando conta sobre a descoberta de um garimpo de ametistas, foi o suficiente para chamar a atenção e atrair milhares de pessoas do município e de regiões de todo o Pais.
Com pouco mais de um mês da descoberta do garimpo na serra da Quixaba, a cidade começa a dá sinais  de melhora em sua economia. É notória a presença de muitas pessoas e veículos  de cidades vizinhas e outras partes do Estado e do Brasil.  De inicio, o movimento no comercio local começa a dá sinais de melhora,  especialmente nos setores de hotelaria, bares, restaurantes, supermercados e implementos agrícolas. Outros setores estão otimistas a exemplo nos seguimentos de: confecções, móveis e eletrodomésticos, serviços, materiais de construção e etc.

Esperamos que o garimpo traga novo tempo para o sofrido  povo de Sento Sé.  São merecedores!
Home Ads