segunda-feira, 18 de setembro de 2017

BRASIL: Geddel recebeu mais de R$ 17 mi de Funaro, diz PF

Foto: Divulgação

A Polícia Federal identificou registros de pagamentos de Lúcio Funaro ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso em Brasília após a descoberta de R$ 51 milhões em dinheiro em Salvador. Os repasses, segundo a PF, somaram “mais de R$ 17 milhões” de 2012 a 2015.”Não é possível afirmar se tais repasses esgotam todos os eventos ocorridos. Observa-se que o repasse no ano de 2014 representou a maioria dos valores, ano que Geddel foi candidato a senador [pela Bahia]“, diz o relatório. As informações são do jornal Folha de S. Paulo. Funaro emitia notas fiscais “para as empresas que pagariam a propina”. Para dar liquidez aos valores, diz a PF, “Funaro recorria a doleiros, os quais, por sua vez, emitiam notas fiscais para as empresas do colaborador. Ao pagar as notas emitidas pelos doleiros, estes ficavam com o percentual e repassavam o dinheiro em espécie a Funaro, o qual efetuava as entregas de dinheiro vivo a pessoas como Geddel”.Ainda segundo a Folha, o esquema era igual ao empregado no caso do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB). A publicação detalha que outro relatório da PF aponta eu que o corretor de valores e delator Lúcio Funaro, preso em Brasília, pagou ao peemdebista R$ 56,9 milhões mesmo depois de a Lava Jato ter sido deflagrada, em março de 2014.
Fonte: politicalivre
Home Ads