sexta-feira, 20 de outubro de 2017

BRASIL: Prefeito é investigado por fraudes em licitações


Um Procedimento Investigatório Criminal da Procuradoria-Geral de Justiça, que apura fraudes em licitações na Prefeitura de Terra Alta, originou, ontem de manhã, uma operação de busca e apreensão na sede da Prefeitura, da Secretaria de Educação e imóveis de pessoas e empresas sob suspeita de envolvimento em irregularidades. Entre as pessoas investigadas está o prefeito municipal Gilvandro Alves Cordovil Nascimento.

A operação, denominada “High Land” foi realizada pelo Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), por meio do Grupo de Atuação no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e pela Delegacia de Representação de Defraudações Pública (DRDP).

Durante a operação foram apreendidos processos licitatórios, aparelhos eletrônicos, registros e livros contábeis, documentos relacionados à manutenção e movimentação de contas bancárias, hds e celulares. As buscas ocorreram nas sedes da Prefeitura e Secretaria de Educação; nas empresas D’Service Comércio e Serviços, AF Pereira Transportes-me, AFM veículos, EJ Transporte, Dantas e Andrade (Transporte Campina), Transporte São José; nas residências do prefeito Gilvandro Nascimento, da secretária de educação Simone Modesto dos Santos Cintra e da filha do prefeito e diretora do controle interno, Katsuk Costa do Nascimento; e ainda no sítio do prefeito.

“O material apreendido será analisado para a tomada das devidas providências judiciais”, disseram os promotores de Justiça Milton Menezes e Augusto Sarmento, que participaram da operação na cidade de Terra Alta, juntamente com a equipe da Gaeco.

(Diário do Pará)
Home Ads