sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Presidente do Egito promete vingar atentado que deixou 235 mortos

por Neison Cerqueira no dia 24 de novembro de 2017 às 17:22
Foto: The Egyptian Presidency/Reuters
O presidente do Egito, Abdel Fatah al Sisi disse nesta sexta-feira (24) que o Exército e a polícia egípicia se vingarão do atentado que deixou cerca de 235 pessoas mortas e 109 feridas.
Em discurso para a tv oficial, Adbel disse que as Forças Armadas e a polícia "vão se vingar por nossos filhos para recuperar a estabilidade e vamos responder a este ato com uma força brutal". Esse é o pior ataque terrorista cometido no país.
Terroristas colocaram artefatos explosivos de fabricação caseira ao redor da mesquita Al Rauda e os detonaram na saída dos fiéis da oração de sexta-feira, dia sagrado para os muçulmanos.
A mesquita era frequentada pelos sufis - um ramo do islã - na cidade de Bear al Abd, ao oeste de Al Arish, capital do norte do Sinai egípcio. O governo egípcio declarou três dias de luto nacional pelas vítimas. Até o momento, nenhum grupo extremista reivindicou o atentado.
Fonte: radardabahia
Home Ads