quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

BRASIL: “Justiça que o condenou é a mesma que não prende Lula”, dispara Frota

por Alessandro Granda no dia 20 de dezembro de 2017 às 16:45
Foto: Marcos Fernandes/ Coligação Muda Brasil
O empresário e ator Alexandre Frota, 54, disse nesta quarta-feira (20) que não vai remover as mensagens de suas redes sociais que façam menção ao juiz Luís Eduardo Scarabelli até que seja notificado judicialmente. 

"Boa Dia, primeiro preciso ser intimado. Até lá não vou retirar nada", escreveu Frota, em suas contas no Instagram e no Facebook
Na ocasião, Frota aproveitou para criticar a Justiça que o condenou, mas libertou políticos e demais criminosos, como Suzane von Richthofen, condenada por mandar matar os próprios pais e Anna Carolina Jatobá, que cumpre sentença pelo assassinato de sua enteada Isabella Nardoni.
"Marcelo Odebrechet (sic), não prende Lula, solta o goleiro Bruno no Dia Internacional da Mulher, solta a Suzane Richthofen para comemorar o Dia das Mães, é a mesma Justiça que solta Ana Carolina Jatobá para comemorar o Dia das Crianças, é a mesma Justiça que a Ré que me xingou de estuprador saí feliz pela porta da frente. É a mesma Justiça que quer condenar o Cunhado da Ana Hickman por defender a família. É a mesma Justiça que é conivente com o errado. Quer dizer que ser chamado de Ativista Gay agora não pode."
"Não há dúvidas de que o ator Alexandre Frota utilizou de sua condição de pessoa pública e nacionalmente conhecida, fazendo uso de palavras totalmente descabidas e ofensivas na tentativa de retaliar o magistrado. Isso tudo diante da sua discordância com a decisão tomada pelo Colégio Recursal do Juizado Especial Cível Paulista", afirmaram Igor Tamasauskas e Débora Cunha Rodrigues, advogados responsáveis pela defesa do juiz.
Fonte: radardabahia
Home Ads