terça-feira, 9 de janeiro de 2018

SENTO SÉ: Depois do 13º, agora é o atraso do salário dos professores de Sento Sé; já tem gente com saudades de ‘Edinho’

Da Redação
O ano de 2017 terminou muito tenso no município de Sento Sé com professores fazendo protestos pelas ruas e porta da prefeitura por não terem recebido o restante do 13º salário. Até a polícia militar foi acionada para tentar impedir a manifestação da categoria, o que causou mais ainda indignação dos trabalhadores em educação.  Agora o problema está relacionando ao atraso de salário do mês de dezembro da categoria.
Um dos professores que se diz ligado politicamente ao atual grupo político, em contato com a reportagem do AP, afirmou que “não recebemos ainda o salário referente ao mês de dezembro. Antes foi o décimo que deveria ter saído no dia 20 de dezembro, agora estamos sofrendo com o salário atrasado. A administração alega que está dentro do prazo do quinto dia útil, e que possivelmente só pague depois do dia 10, mas o prazo venceu ontem (08) e o sindicato já está acionando o Ministério Público. A obrigação da administração é pagar depois dos 30 dias trabalhados, esse negócio de pagar até o último dia do dia útil é um subterfúgio para humilhar e desprezar nós trabalhadores em educação”, lamentou o professor que pediu para não divulgar o nome temendo represálias.
Prevendo possíveis casos de perseguições à categoria durante os próximos anos, o professor acrescentou ainda que já tem muitos professores com saudades de Edinho – quer dizer, do ex-prefeito Ednaldo Barros. “Ele pagava em dia, e quando faltava quatro meses do último ano de governo começou a atrasar, deixando, apenas, o salário de dezembro pendente, isso porque o recurso chegou em um final de semana e não tinha como fazer a transferência. É muita gente com saudades de Edinho. Ele poderia ter todos seus defeitos, mas nunca desprezou e perseguiu nós professores. Faço parte deste grupo, mas não sou sádico para ficar neste sofrimento e humilhação com meus compromissos em atraso. A resposta que vamos dar será nas próximas eleições de deputado em outubro”, disparou.
Com a palavra a administração municipal.
Fonte: acaopopular
Home Ads