segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

BAHIA: Arrecadação baiana no ICMS nacional volta a crescer e atinge 4,76% em 2017

Arrecadação baiana no ICMS nacional volta a crescer e atinge 4,76% em 2017
Foto: Reprodução / Jornal Contábil
A participação baiana no conjunto do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) arrecadado a nível nacional voltou a crescer. De acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz), a participação da Bahia em 2017 cresceu atingiu a porcentagem de 4,76%, 0,54% maior do que a registrada em 2012. Desta forma, o estado ficou no primeiro time do “Ranking dos estados por eficiência na arrecadação de impostos”, divulgado pela revista Exame. Com a Bahia em sexto lugar, o ranking tem a liderança do Amazonas e traz o Piauí em último, com apenas 0,198. Segundo o titular da Sefaz, Manoel Vitório, em 2017 a arrecadação baiana de ICMS atingiu R$ 21,1 bilhões, o que representou aumento de 8,52% em comparação com o ano anterior, mesmo levando em consideração os reflexos da crise econômica. Entre os fatores que contribuem para os resultados alcançados, estão o "empenho e a qualificação da equipe da Sefaz, a modernização do fisco que vem sendo promovida pelo programa Sefaz On-Line e as ações de combate à sonegação", avalia Vitório.  “É um índice importante de que temos melhorado continuamente o nosso desempenho”, conclui.

BN
Home Ads