quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

SENTO SÉ: LIXEIRAS RETIRADAS NO INICIO DA GESTÃO EM 2017 NÃO FORAM REINSTALADAS

Atualização: 


Flagramos hoje (14/02/2018) às 13h, na praça central, um dos exemplares de um dos conjuntos de lixeiras. no ano passado, já havíamos flagrado diversos garis usando tais exemplares em carrinhos de mão para apanha de lixos acumulados na varrição. 




Retiradas no inicio da atual gestão em Março/2017,  a cidade de Sento Sé não dispõe de lixeiras públicas para os cidadãos colocarem seu lixo. Muito se comenta a respeito da educação ambiental, questão de civilização e higienização, mas um dos passos básicos para atingir esses objetivos é deixado de lado, no caso a reinstalação das lixeiras públicas retiradas das ruas, avenidas, praças e pontos estratégicos da cidade apenas para alimentar a birra politica, ou seja, ação ou resultado de contrariar alguém ou de ser contra algo por algum capricho pessoal ou politico, mesmo que seja um bom projeto pode ser posto à escanteio por birra política. No caso da falta das lixeiras, a população transeunte não tem opção onde colocar o lixo produzido.
No inicio do ultimo mês de Abril em 2017 publicamos matéria denunciando a retirada das lixeiras que estavam intactas, perfeitas para uso da população.

Confira abaixo a matéria na integra e resposta da Prefeitura:

SENTO SÉ: PREFEITURA RETIRA DAS RUAS, PRAÇAS E ÓRGÃOS 32 LIXEIRAS INSTALADAS NA GESTÃO ANTERIOR


No ano de 2013, a Prefeitura de Sento Sé, através do Departamento de Limpeza Pública, inovou a coleta de lixo da cidade. Para isso foram instaladas 32 lixeiras para coleta seletiva de lixo, nas praças Dr. Juvêncio Alves, Coronel Tonhá Sento Sé (Balbino), João Leopoldo (Populares), Bibiano (Tombador), e em mais dez locais de visitação pública, estádio de futebol, Colégio Custódio, secretaria de educação, secretaria de saúde, hospital, unidade básica, secretaria de obras, prefeitura, câmara de vereadores e Colégio Theódulo Albuquerque.

A falta de lixeiras era um grave problema existente na cidade, principalmente na área central e praças e foi solucionado na gestão do ex-prefeito Ednaldo Barros. A instalação das lixeiras em pontos de grande circulação da cidade era uma forma de manter a cidade limpa, bem como facilitar a coleta do lixo e educar a população quanto a Coleta Seletiva. Entendemos que a população é importantíssima na colaboração com a limpeza da cidade.

Na Proposta de Governo dá até então Candidata e atual Prefeita publicada no portal do TSE consta o seguinte sobre o assunto:

Alguns exemplares intactos e outros desmontados estão armazenados em imóvel do Setor de Limpeza


Ampliar e fortalecer as políticas de prevenção ambiental para garantir o desenvolvimento sustentável das gerações futuras, através de campanhas nas escolas e nas comunidades sobre coleta seletiva de lixo. Sem nenhuma justificativa a atual gestão resolveu retirar todas as lixeiras instaladas na gestão passada.

Perguntar não ofende: Dessa forma é possível ampliar e fortalecer as políticas de prevenção ambiental? Não há necessidade das lixeiras? Busca motivos para gastar de novo o dinheiro público com a aquisição de novas lixeiras?  Quais as justificativas?

Com esta visão política-administrativa, nosso município dificilmente irá avançar. Como diz o saudoso Raul Seixas: “... não vai a lugar nenhum”. Infelizmente!

Fonte: Sento Sé Agora


Na manhã desta quinta-feira (06), a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Sento Sé, entrou em contato com nossa redação para dar uma nota de esclarecimento referente a matéria postada em nosso portal retirada do Blog Sento Sé Agora: "SENTO SÉ: PREFEITURA RETIRA DAS RUAS, PRAÇAS E ÓRGÃOS 32 LIXEIRAS INSTALADAS NA GESTÃO ANTERIOR."

A Prefeitura de Sento Sé, informa que foram retiradas apenas as lixeiras que estavam em péssimas condições de uso. A gestão municipal está trabalhando para ampliar e fortalecer a coleta seletiva. Em breve, a cidade receberá lixeiras restauradas.


Tâmara Tárcia | Ascom PMSSE

PONTO DE VISTA:
Na verdade foram retiradas todos os conjuntos com cinco lixeiras cada. Projeto " Eu Reciclo".
Para colocar a logomarca da atual gestão nos conjuntos de lixeiras, bastaria colar um adesivo para encobrir a logomarca da gestão passada. muito simples. Testemunhamos à época, um cidadão com talhadeira e marretas quebrando o cimento para retirar o conjunto de lixeiras na praça central bem enfrente ao atual gabinete da gestora.
Home Ads