quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

TSE vai avaliar se político ficha suja pode concorrer com liminar, diz Fux

por Mateus Carmo no dia 08 de fevereiro de 2018 às 16:20
Foto: Carlos Moura/STF
O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, (TSE) Luiz Fux, afirmou na manhã desta quinta-feira (8) que é provável que a corte volte a analisar a possibilidade de um político “ficha suja” conseguir registrar candidatura para concorrer à eleição.
A declaração ganhou destaque pois com isso mesmo sendo preso existiria a possibilidade de o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva concorrer à presidência.
De acordo com a Lei da Ficha Limpa candidatos condenados por órgão colegiados formados por grupos não podem se candidatar a nenhum cargo político, porém um de seus artigos deixa uma brecha, de acordo com o que divulgou a Folha de São Paulo.
Segundo a lei, o réu pode conseguir uma liminar junto aos tribunais superiores para invalidar a inelegibilidade de candidatos já condenados na Justiça.
Em um bate papo com jornalistas, o presidente do TSE disse que irá discutir o assunto com os colegas da corte. "Vou avaliar com colegas do tribunal se essa praxe das liminares vai ser entendida sob esse ângulo", afirmou. "Em princípio, quem já está com a situação definida de inelegibilidade evidentemente não pode se registrar", concluiu.
Fonte: radardabahia
Home Ads