quinta-feira, 15 de março de 2018

BRASIL: Crianças recebem meio milho na merenda escolar no Maranhão

Na cidade de Aldeias Altas, a 392 Km de São Luís, estudantes da escola municipal Profª Maria da Conceição de Oliveira tem recebido a metade de uma espiga de milho na merenda escolar. O Ministério da Educação informou que a merenda escolar na educação básica deve suprir pelo menos 20% das necessidades nutricionais da criança, o que seria uma refeição. "Cortam e dá para dois", disse a merendeira da escola. Aldeias Altas tem cerca de oito mil alunos matriculados na rede municipal.
No caso da escola Maria da Conceição de Oliveira, os vizinhos disseram que já haviam estranhando uma carga que é deixada na escola toda segunda-feira. "Chegou um caminhão com milho e começaram a descarregar aí na escola. Milho verde. Que merenda é essa que vão distribuir para a criança na escola? Não pode, né?", contou o lavrador Geovane Abreu. No dia da reportagem, o gás havia acabado e não havia condições de cozinhar o milho. Então foi servido um pedaço de melancia para cada aluno da escola. Quando a diretora descobriu do que se tratava a reportagem, a equipe foi convidada a sair da escola. Do lado de fora, os alunos confirmaram que comem apenas um pedaço de milho na merenda escolar. O secretário de educação da cidade, Márcio Gaido, disse que o milho é comprado dos produtores rurais de Aldeias Altas e que o cereal é apenas um dos itens que compõe a merenda escolar. Mas ao ser perguntado sobre o que seria uma refeição suficiente às crianças, o secretário disse que a comida era nutritiva e elogiada. "A merenda não é uma refeição. É uma merenda. O recurso que vem para a merenda não vem para uma refeição, vem para merenda. Então o que o município faz? Procura melhorar buscando algo saudável. (...) O milho é uma merenda nutritiva. Sabemos disso. Inclusive foi algo muito elogiado. O índice de satisfação da merenda escolar da nossa cidade é muito grande", declarou o secretário. (G1)
Fonte: RBN
Home Ads