segunda-feira, 7 de maio de 2018

BRASIL: Barroso prorroga inquérito que apura se Temer favoreceu empresas portuárias

por Neison Cerqueira no dia 07 de maio de 2018 às 17:31
Foto: Reprodução
O inquérito que investiga o presidente Michel Temer (MDB) foi prorrogado por mais 60 dias, após decisão do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). O inquérito investiga se Temer favoreceu empresas portuárias em troca de propina. O processo foi aberto no ano passado após depoimentos em delação premiada de executivos do grupo J&F. 

De acordo com as investigações, o que se sabe até aqui, é que o STF apura se o decreto editado por Temer foi para beneficiar empresas que atuam no Porto de Santos, em São Paulo. Todas as acusações atribuídas ao presidente Michel Temer são negadas por ele. Segundo o emedebista, o decreto assinado não tem a finalidade de receber propina em troca.

Fonte: radardabahia
Home Ads