quarta-feira, 9 de maio de 2018

Prefeita de Sento Sé deixa povo do interior isolado devido ao abandono das estradas. A revolta é geral

Da Redação do AP
Segundo informações que chegaram neste momento do município de Sento Sé, a administração da prefeita Ana Passos (PSD) não está correspondendo com as promessas de campanha deixando a população em apuros. Sem manutenção há vários meses, as estradas vicinais do município estão intransitáveis. “Moradores da zona rural reclamam diariamente das péssimas condições das vias que que dão acesso à sede municipal”. Proprietários de ônibus e carros de lotações que fazem o transporte de passageiros do interior para a cidade denunciam o descaso.
A produção agrícola se perde no campo por que os caminhoneiros recusam os fretes. Pedras, buracos, vegetação nas margens e crateras dificultam o trafego de veículos. Em 2017, a prefeitura declarou gastos de quase R$ 2 milhões com recuperação de estradas. Para 2018, já existem processos licitatórios que preveem um custo de quase 3 milhões.
Comunidades como Ponta D’água, Volta da Serra, Junco, Brejo da Brasida, Sanharo, Limoeiro da Batateira, Campo Largo, Alegre, Mimoso, Lagoa do Mari, Cajui, Pau Darco e Retiro de Cima estão praticamente isoladas.

Fonte: açãopopular
PONTO DE VISTA:
O trecho Aldeia/ Sento Sé, sinceramente, caracteriza falta de respeito e consideração ao cidadão. A depredação do patrimônio particular é eminente. 
Nas redes sociais, elogios aos exageros.
PRAÇA NO POVOADO DE CAMPO LARGO.
Sendo construída com recursos  da empresa de energia eólica.
Home Ads