segunda-feira, 18 de junho de 2018

BRASIL: Temer já entrou refém dos grupos de interesse, afirma Marcos Lisboa

por Mateus Carmo no dia 17 de junho de 2018 às 15:55
Foto: © Ueslei Marcelino / Reuters
Em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo, o economista e presidente do Insper, Marcos Lisboa afirmou está preocupado com os rumos do País. Na visão, o governo Michel Temer já nasceu refém da pressão de grupos organizados e cedeu em demasia a corporações, que se opõem a reformas. "Ficamos um ano no dois para lá, dois para cá. Mas, desde setembro, é só retrocesso", diz o ex-secretário de Política Econômica do governo Lula. Sem deter o lobby das corporações e debater com seriedade o problema fiscal na campanha, as perspectivas são muito ruins, diz. O País pode voltar a ter uma crise severa nos próximos anos."

Ainda conforme o economista, o Brasil vive uma  degradação do patrimônio público. "Haverá consequências danosas no médio prazo. E a culpa é nossa. Deixamos a situação se degradar ao não enfrentar as corporações" concluiu Lisboa. 
Fonte: radardabahia
Home Ads