domingo, 15 de julho de 2018

Nome de Lorena Brandão para vice de Zé Ronaldo surge com força

Foto: Divulgação

Vereadora Lorena Brandão (PSC)
Como antecipado por este Política Livre (leia aqui), surgiu ontem com força o nome da vereadora Lorena Brandão, do PSC, como opção para candidata a vice do pré-candidato ao governo, José Ronaldo (DEM), ante a expectativa cada vez mais forte de que o deputado federal Irmão Lázaro, do mesmo partido, desista de concorrer ao cargo. Assim, a chapa de Ronaldo ficaria com ela, como vice, e mais o deputado federal Jutahy Magalhães Jr. (PSDB) e o vice-prefeito Bruno Reis, do DEM, para o Senado. Bruno, no entanto, que ainda resiste à possibilidade de concorrer ao cargo, precisaria de um empurrãozinho do prefeito ACM Neto (DEM), responsável, de verdade, pelas articulações com vistas à montagem da chapa eleitoralmente mais competitiva para concorrer contra o governo. No entanto, em entrevista à Itapoan FM na última quinta, a vereadora Lorena Brandão disse que a indicação de uma mulher para a chapa de José Ronaldo seria importante, mas que o seu partido, o PSC, estava fechado no nome do deputado federal Irmão Lázaro ao Senado. “Muita gente ventilou, mas eu digo que estou à disposição do prefeito ACM Neto e do partido. Hoje, nosso foco é a indicação de Irmão Lázaro ao Senado, pois acreditamos que o deputado tem muito trabalho de qualidade a fazer e ajudaria, sim, na campanha”. O nome de Lorena Brandão como opção de vice para José Ronaldo sobe na mesma proporção das críticas que o candidato do DEM faz ao governador Rui Costa (PT) por não ter conseguido montar uma chapa com uma mulher sequer. Mas a crítica é dirigida, indiretamente, ao fato de a senadora Lídice da Mata, do PSB, ter ficado de fora do primeiro time da campanha governista.
Tribuna da Bahia/politicalivre
Home Ads