quarta-feira, 22 de agosto de 2018

BAHIA: Em seis anos, roubo de cargas no estado cresce 105%, aponta Firjan

por Débora Oliveira no dia 21 de agosto de 2018 às 16:59
Foto: Reprodução
Um estudo feito pelas Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), divulgou que em seis anos, o roubo de cargas teve um crescimento de 105% na Bahia, baseada em pesquisa feita por todo o Brasil.
Os dados foram coletados entre os anos de 2011 e 2016 e, de acordo com o levantamento em 2011 foram registrados 215 assaltos a veículos de carga deixando um prejuízo de mais de R$13 milhões. Já em 2016, foram 441 assaltos, com dano de quase R$ 28 milhões.
Um motorista relatou ao site G1 que teve quatro dedos decepados por assaltantes. O caminhoneiro, que preferiu não se identificar, contou que foi assaltado por dois homens enquanto dirigia. Segundo ele, um estava com uma arma, o outro com um facão.
“Infelizmente, esse cidadão, tentou interromper os meus sonhos, os meus projetos de ir mais além na área de motorista. Ele, simplesmente por maldade, decepou quatro dedos da minha mão”, disse a vítima.
De acordo com o delegado de Furtos e Roubo de Cargas, Gustavo Coutinho, os buracos nas estradas são um problema, e na Bahia os pontos mais críticos são os lugares onde os caminhoneiros passam a noite.
“Aqui na Bahia, as quadrilhas preferem agir no momento em que o motorista faz o pernoite. É importante que os caminhoneiros procurem locais seguros, já determinados pela empresa que faz o rastreamento, para que evite esses roubos de carga”, explicou o delegado.
Fonte: radardabahia
Home Ads