sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Ciro Gomes (PDT) diz que ser vice em chapa do PT é uma 'aberração'

por Neison Cerqueira no dia 02 de agosto de 2018 às 20:40
Foto: Marcos Alves / Agência O Globo
Depois dos boatos de que foi convidado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) para ser vice na chapa petista, o pré-candidato à Presidência da República, Ciro Gomes (PDT), classificou como 'aberração' a possibilidade. "Eu acho uma aberração. Primeiro, porque sou candidato do PDT. Segundo, não é que sou contra o PT, mas o PT precisa dar um tempo", afirmou ele, que esteve presente em um evento promovido pela Unafisco, nesta quinta-feira (2), em São Paulo.
Ciro não poupou críticas ao partido que governou o país por 13 anos. "O PT é um dos grandes responsáveis pela tragédia que o Brasil está vivendo nesse momento", acrescentou. Ele também definiu como uma "violência" a decisão da Executiva do PT de sepultar a candidatura da vereadora Marília Arraes ao governo de Pernambuco, em prol da neutralidade do PSB na campanha presidencial. "Cortar o pescoço de uma jovem, mulher, pernambucana, politizada, neta do Miguel Arraes, eu acho uma violência que na minha longa estrada nunca vi coisa igual", bradou. 
Fonte:radardabahia
Home Ads