sábado, 4 de agosto de 2018

Em carta, Lula fala de democracia e diz: “Querem vetar o direito do povo”

por Neison Cerqueira no dia 04 de agosto de 2018 às 20:00
Foto: José Cruz / Agência Brasil
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi oficializado neste sábado (4), como candidato à Predisência da República e uma carta à cúpula petista. No texto, o ex-mandatário afirmou que "querem inventar uma democracia sem povo", na qual as pessoas podem ser impedidas de escolher livremente o próximo presidente da República.
O documento diz ainda que "já derrubaram uma presidenta eleita, agora querem vetar o direito do povo de escolher livremente o próximo presidente". O petista enfrenta um impasse em sua candidatura, que pode não acontecer caso caia na Leia da Fichal Limpa, o que já foi confirmado pelo ministro Luz Fus. Na carta,  o petista não fez menção as opções da sigla no caso de uma possível impugnação.
Fonte: radardabahia
Home Ads