quinta-feira, 18 de outubro de 2018

BRASIL: SITUAÇÃO CRÍTICA! 57% das estradas estão em situação regular, ruim ou péssima, afirma CNT

por Bernardo Rego no dia 17 de outubro de 2018 às 13:33
Foto: Guilherme Ferrarí/Gazeta
A Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulgou uma pesquisa nesta quarta-feira (17), onde aponta que mais da metade das estradas brasileiras estão em condição  regular, ruim ou péssima. 
Apesar do cenário adverso, os dados mostram uma melhora em relação ao ano passado. De acordo com o levantamento, 57% dos trechos avaliados apresentaram estado geral com classificação regular, ruim ou péssima. Em 2017, esse porcentual foi de 61,8%. A CNT pesquisou 107.161 km, o que corresponde a toda a malha federal pavimentada e aos principais trechos estaduais, também pavimentados.
Segundo órgão, a pequena melhora no percentual está atrelada ao critério de sinalização, que inclui placas de limite de velocidade, faixas centrais, laterais e defensas. Neste ano, o o índice da extensão das rodovias com sinalização ótima ou boa foi de 55,3%. No ano passado, esse número foi de 40,8%. 
As condições da geometria da via são problemáticas: 75,7% da extensão avaliada foi classificada como regular, ruim ou péssima. O pavimento é deficiente em 50,9% da extensão total avaliada.
Na edição deste ano, o levantamento aponta aumento de "pontos críticos", que passaram de 363 para 454 casos. Trata-se de trechos que apresentam situações graves e que podem trazer riscos à segurança dos usuários, além de custos adicionais de operação, devido à possibilidade de dano severo aos veículos, aumento do tempo de viagem ou de despesa com combustível.
"Não temos dúvidas de que o poder público precisa reconhecer a importância da iniciativa privada e chamar os investidores para serem protagonistas dessa empreitada", declarou o presidente da CNT, Clésio Andrade. Com informações do Estadão Conteúdo.
Fonte:radardabahia
Home Ads