sábado, 3 de novembro de 2018

BRASIL: Bolsonaro critica o Mais Médicos e ameaça cortar relações com Cuba

por Bernardo Rego no dia 03 de novembro de 2018 às 15:32
Foto: Reprodução
Em entrevista concedida nesta sexta-feira (2) ao Correio Braziliense, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) disse que não há razão para manter relações diplomáticas com Cuba, porque o país desrespeita direitos humanos e não há negócios a fazer com a nação.
Na entrevista, Bolsonaro criticou o Mais Médicos, programa que já trouxe mais de 11 mil profissionais cubanos da área de saúde para trabalhar nas áreas pobres do Brasil. Ele argumenta que 75% do salário desses médicos é pago ao governo de Cuba e que seus filhos são proibidos pelo país de se juntarem a eles, citando como exemplo o caso de um profissional cujos três filhos não puderam sair da ilha.
“Isso é tortura para uma mãe. Como podemos manter relações diplomáticas com um país que trata sua população dessa forma?”, questionou o pesselista.
Fonte: radardabahia
Home Ads