sexta-feira, 2 de novembro de 2018

SENTO SÉ: VEREADOR DENUNCIA: CHEFE DE DEPARTAMENTO DA PREFEITURA RECEBE SALÁRIOS TOTAL DE R$ 8.340,00


Foto de Internet

Na Sessão Ordinária de ontem (01/11) na Câmara Municipal de Vereadores de Sento Sé, o Vereador Rodolfo Café, utilizou a tribuna para efetuar uma grave denuncia sobre altos salários pagos pela atual gestão a alguns servidores. O Edil fundamentou o seu discurso em duas perguntas. “interrogou a gestão: Será que está tendo planejamento, preocupação com o índice de pessoal (54%) . Entre outros detalhou que existe servidor Chefe de Departamento que recebe nos seus vencimentos um total de R$ 8.340,00 (Oito mil, trezentos e quarenta reais), sendo: Salário Base R$ 3.600,00 mais Salário Vantagem de R$ 2.340,00  e mais Salário Gratificação de R$ 2.400,00 – Totalizando: R$ 8.340,00, (dados disponíveis no portal do Tribunal de Contas dos Municipios – TCM-BA).

Trechos do discurso:

(...) o principal motivo que o poder executivo vem dizendo para justificar o Projeto de Lei para extinção de cargos é por causa do índice de pessoal. Para Não ultrapassar o índice de 54% estabelecido por lei ( LRF – Lei de Responsabilidade Fiscal/LC 101/2000). Nessa oportunidade vou falar um pouco sobre isso. No meu discurso passado eu  disse aqui que existia diversas outras formas, para o Poder Executivo agir, para baixar o índice de pessoal sem mexer nos direitos dos servidores. Os direitos dos servidores ninguém pode mexer. Os direitos dos servidores são garantidos por lei. Vou dar dois exemplos para demonstrar a vocês que houve falta de planejamento do Poder Executivo em relação à folha de pagamento dos Servidores do município. No ano passado (2017) no inicio da gestão, um dos primeiros projetos que o Poder Executivo encaminhou para essa casa, foi um projeto alterando o salário dos comissionados da prefeitura. O Projeto aumentando os valores dos comissionados. Lembro-me, que em 2016 o Salário de Secretário Municipal era R$ 5.000,00(Cinco mil reais), hoje o salário de Secretário é R$ 6.000,00 (seis mil reais) tá normal. O Salário, por exemplo de chefe de Departamento em 2016 eram R$ 2.200,00 (Dois mil e duzentos reais); Na gestão passada salário de Chefe de Departamento era R$ 2.200,00. Com esse projeto, que a atual gestão criou aumentando o salário dos Comissionados, o Salário de Chefe de Departamento foi para R$ 3.600,00 (Três mil e seiscentos reais). Passou de R$ 2.200,00 para R$ 3.600,00. Eu pergunto: Será que a Prefeitura estava preocupada com o índice pessoal aumentando o salário dos comissionados? Será que está tendo planejamento, preocupação com o índice de pessoal (54%) aumentando o salário dos comissionados ? Eu acho que não. E o pior de tudo, não é só isso. (...) Hoje pela manhã acordei e fui no TCM-BA verificar os salários dos funcionários de Sento Sé e levei um susto muito grande. (...) qualquer um pode ver, é só entrar no site do TCM. Salário (de um Chefe de Departamento) não vi o nome do Servidor (Destaque nosso: Ariosvaldo – VAL) -  (...) salário do Chefe de Departamento de Sento Sé ganhando R$ 8.340,00 (oito mil, trezentos e quarenta reais). Qualquer um pode ver isso no Tribunal de Contas. Tá lá: Salário Base R$ 3.600,00 + Salário de Vantagens R$ 2.340,00 + Salário de Gratificação R$ 2.400,00 – Totalizando salário bruto R$ 8.340,00. Volto à mesma pergunta. Será que estão tendo planejamento para baixar o índice pessoal? Isso aí demonstra que não. Um outro erro que vi nessa gestão foi cometido este ano. Dizem que estão preocupados com o índice de pessoal (54%). O Vereador Eminho até citou no discurso passado dele, que nesse ano, a prefeitura municipal de Sento Sé alterou o projeto dos cargos comissionados aumentando a quantidade de cargos comissionados. Sento Sé antes tinha, se não me engano, 150, 160 funcionários comissionados e sempre deu para suprir as necessidades das secretarias. Nessa gestão fizeram um projeto alterando essa quantidade pra mais de 400 cargos Comissionados. Triplicaram a quantidade de cargos. Mais uma vez a mesma pergunta: estão tendo planejamento sobre a folha de pagamento de Sento Sé? De forma nenhuma. Isso demonstra a falta de consciência que estão tendo com a folha de pagamento  da prefeitura. (...).
Se Voce chegar nesta casa e perguntar se existi projeto de lei aumento o salário dos Comissionados ? Vocês vão ver que é verdade!  É só um perguntar nesta casa , se quiser olhar, pra ver o projeto de Lei aumentando  quase 400 novos funcionários comissionados? E vocês vão ver que é verdade. (...) Pra essa gestão, parece, que o Comissionado é muito mais importante que vocês concursados.Muito mais. (...).

PONTO DE VISTA:


Eu quero novidade.
Na folha de pagamento do mês de Junho/2018 consta pagamento a professor Nivel III com remuneração total de R$ 7. 858,09, sendo: Salário Base R$ 1.657,37 + Salário Vantagens R$ 2.140,16 + Salário Gratificação de R$ 4.060,56 = 7.858,09.
As exonerações nos meses de Agosto, Setembro e até Outubro (em anos eleitorais) já é “cultura” das administrações.  Em Agosto de 2001 foi assim mesmo. O que muda são as justificativas. Naquela época foi criada uma Comissão de reestrutura Administrativa.
Em 04 de Outubro de 2004 ( um dia após a eleição) Novamente o mesmo decreto de exonerações.
O POVO ESQUECE:
Naquela época, centenas de servidores usavam o crédito CDC do Banco do Brasil. Quando eram exonerados ficavam devendo ao banco. Quando retornavam à folha, alguns  nos meses de Fevereiro, outros em Março e Abril, o banco cobrava tudo com juros e correção monetária. O mesmo acontecia com os constantes atrasos nos pagamentos dos salários. Servidores choravam ao ver o seu salário reduzido a um saldo de R$ 48,00, 65,00 reais. O Banco “Comia” tudo.
CONCLUSÃO:

Tudo isso é resultado de um “BA-VI’ ;FLA-FLU’ administrativo local que há 24 anos comando o município> A tendência é piorar sempre.


Home Ads