BAHIA: Rui colocou tropa de choque para aprovar reforma, dispara ACM Neto

por Débora Oliveira no dia 13 de December de 2018 às 15:41
Foto: Reprodução
O presidente do DEM, e prefeito de Salvador, ACM Neto, criticou nesta quinta-feira (13), a reforma econômica feita pelo governador Rui Costa (PT) que foi aprovada pelos deputados na quarta-feira (12). 
Segundo Neto, a saída de deputados da oposição da votação foi um protesto, diante da “tropa de choque” colocada pelo governador para garantir a aprovação.
“Eu não estava no momento na Alba, tenho que confiar no juízo feito pelos deputados de oposição de que a melhor estratégia foi essa. Acredito que foi em função da necessidade de fazer um protesto claro, duro, em relação a votação que aconteceu. Nós percebemos que o governador colocou a sua ‘tropa de choque’ para passar por cima do debate, para suprimir o direito dos servidores de se manifestarem e fazer uma votação tratorada”, disse.
De acordo com o prefeito, Rui omitiu a necessidade de fazer a reforma durante o período eleitoral. “Porque teria sido muito mais correto, digno da parte dele, se ele tivesse durante a campanha eleitoral revelado, que a situação fiscal do estado era difícil e que precisaria fazer série de ajustes, que ia mexer na vida dos servidores, aumentando contribuições previdenciárias, comprometendo plano de saúde, ampliando série de taxas e penalizando cidadão comum. Tudo isso foi omitido na campanha eleitoral. Ele começa o segundo mandato de pé esquerdo, sobretudo traindo confiança do eleitor baiano, que saberá fazer juízo adequado dessa atitude, que a meu ver foi incorreta por parte do governador”, pontuou.
Fonte: radardabahia
Tecnologia do Blogger.