quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

PETROLINA: CASO BEATRIZ MOTA - COLÉGIO MARIA AUXILIADORA ENVIA NOTA À IMPRENSA

“Como já nos posicionamos em outras oportunidades, não houve manipulação de imagens pelo colégio. Não há comprovações das acusações de que houve, por parte de funcionários, a exclusão de imagens do circuito interno de câmeras da Instituição. Até o momento, o que se tem são especulações a este respeito, sem comprovações ou evidências expostas pelas autoridades policiais.

As gravações foram entregues de forma completa e em originais à autoridade policial e uma eventual falta de imagens pode ter decorrido da tentativa de edição/melhoramento das mesmas, quando estas imagens encontravam-se acauteladas pela polícia. A unidade escolar disponibilizou para a Polícia Civil 3 (três) HDs com o conteúdo integral das imagens captadas pelos equipamentos.

Vale ressaltar também que as imagens, ora perdidas durante o processo, foram resgatadas com o custeio do Colégio Auxiliadora e entregues as autoridades que conduzem as investigações do Caso Beatriz. O CNSA reitera seus esforços para contribuir com a elucidação do crime”.


CNSA
Fonte: radiowebjuazeiro
Home Ads