Breaking

Post Top Ad

Your Ad Spot
LightBlog

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

BAHIA: Pastor Sargento Isidório renuncia mandato de deputado estadual


O deputado estadual Pastor Sargento Isidório (AVANTE), há nove dias de encerrar a legislatura, renunciou o mandato na Assembleia Legislativa da Bahia na manhã desta quarta-feira (23).
Conforme apurado pelo BNews, o seu pedido foi protocolado e aceito pelo presidente da Casa, deputado Angelo Coronel (PSD), e será publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (24).
O fato não causa prejuízo político ao presidente do AVANTE na Bahia visto que no próximo dia 1 ele assume o cargo de deputado federal em Brasília e seu filho assume o posto de deputado estadual na AL-BA.
Apesar da Constituição Federal prevê o ingresso automático de militares eleitos para cargos públicos para a reserva, a assessoria do ressaltou que o estatuto que rege a Polícia Militar há um dispositivo que permite o retorno do agente a ativa. Pelo apurado, Isidório pretende buscar promoção por antiguidade do cargo de sargento.

O político confirmou. “Eu fiz isso. Renunciei e tenho que me apresentar em até 24 horas como assim o fiz aqui no Comando Geral do PM. Acontece que eu sou sargento há 35 anos e fiz meus cursos, minhas provas, passei para poder receber minhas promoções, mas o governador da época, César Borges, não me concedeu os direitos. Hoje tenho colega major ou tenente coronel”, disse.
Em conversa com o BNews, o ex-deputado estadual argumentou que sofreu represália por ter participado de movimentos em prol da categoria dos policiais militares há 20 anos. “O comando geral finalizou a sindicância e apurou que eu tinha direito de receber minhas promoções. Preciso fazer isso, pois lá na frente, quando eu for me aposentar de fato, quando eu ficar velho e começar meus ‘treme treme’ eu não vou tá mais na política e o dinheiro do meu trabalho como militar é que vai pagar meus remédios. Recebo os direitos como de todo trabalhador”.
SUPLÊNCIA THE FLASH – Pelo fato de ter sido eleito pelo PSC e o partido fez parte, na eleição de 2014, da coligação Unidos Por uma Bahia Melhor (DEM / PMDB / PSDB / PTN / SD / PROS / PRB / PSC), o próximo suplente que poderia assumir o posto, pouco menos de uma semana, seria Luiz de Deus (DEM), mas este foi eleito em 2016 prefeito de Paulo Afonso.
Na ordem de votação o próximo da fila é Anderson Muniz que pode tomar posse, mas nem esquentará a cadeira de deputado e nem encostará no Plenário. A AL-BA está em recesso e a legislatura termina na próxima quinta-feira (31).
BN

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas