segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

BRASIL: Bolsonaro está consciente, sem dor e não fez transfusão de sangue, diz boletim médico

por Ailma Teixeira
Bolsonaro está consciente, sem dor e não fez transfusão de sangue, diz boletim médico
Foto: Divulgação
Após realizar uma cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) está "consciente, sem dor, recebendo medidas de suporte clínico". O estado de saúde do capitão foi divulgado pelo porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, na tarde desta segunda-feira (28).

A cirurgia teve início às 8h30 de hoje e chegou ao fim em horário próximo às 15h30 do horário de Brasília. O procedimento foi realizado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde o presidente está internado desde a manhã de domingo (27).

O boletim médico, assinado pelo cirurgião Antônio Luiz Macedo, pelo clínico e cardiologista Leandro Echenique e pelo diretor superintendente da unidade de saúde, explica que foi realizada "anastomose do íleo com o cólon transverso". O termo técnico define a união do intestino delgado com o intestino grosso, que foi feita em sete horas, "sem intercorrências e sem necessidade de transfusão de sangue". Neste momento, o presidente está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e recebe medidas de prevenção de infecção e de trombose venosa profunda.

Em pronunciamento à imprensa, Barros ressaltou que a equipe médica conduziu toda a cirurgia "de uma forma muito especial". "Particularmente porque o presidente possuía, em razão das outras duas cirurgias, uma quantidade muito grande de aderências, que exigiram do corpo médico uma verdadeira obra de arte", ressaltou.

O tempo de recuperação previsto é de 10 dias. Bolsonaro precisou passar por essa cirurgia, pois colocou a bolsa de colostomia em setembro depois de ter sido atingido por uma facada (saiba mais aqui) durante atividade da campanha eleitoral em Juiz de Fora (MG). Por meio das redes sociais, o perfil do presidente comemorou o resultado da intervenção:

Fonte: BN
Home Ads