Breaking

Post Top Ad

Your Ad Spot
LightBlog

domingo, 27 de janeiro de 2019

BRASIL: “Certamente há um culpado”, diz Dodge sobre tragédia em Brumadinho

por Débora Oliveira no dia 26 de January de 2019 às 18:30
Foto: Reprodução
Neste sábado (26), a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, esteve em Brumadinho e afirmou que o rompimento da barragem operada pela Vale tem um culpado, mas é cedo para identificá-lo.
"Certamente há um culpado ou mais de um culpado, e o Ministério Público precisa trabalhar de forma adequada, sem espetacularização, mas firmemente na busca dos responsáveis por essa tragédia", disse.
Dodge defendeu alteração dos protocolos científicos que atestam a segurança das barragens onde são depositados os rejeitos da mineração. “É preciso aprimorar esses protocolos científicos porque eles têm falhado. Minas Gerais tem quase 700 barragens que estão classificadas em razão do risco de rompimento e é preciso garantir que esse risco seja realmente baixo e que essas informações sejam confiáveis.”
A Câmara de Meio Ambiente e Patrimônio Cultural do Ministério Público Federal divulgou nota para repetir o alerta feito há três anos, à época do acidente em Mariana (MG), sobre “o grave risco existente em inúmeras barragens do país, tanto em virtude da falta de gestão adequada quanto também de fiscalização eficiente.”
Dodge defendeu ainda um caminho extrajudicial para o caso. "A solução judicial vem, mas é mais lenta. É preciso que o governo cobre da empresa ou das empresas envolvidas a sua responsabilidade e que as empresas se apresentem resolvendo imediatamente os problemas."
Segundo ela, o Ministério Público iniciou um trabalho de levantamento da confiabilidade das perícias das barragens. Só Minas Gerais tem quase 700. 
Fonte: radardabahia

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas