Breaking

Post Top Ad

Your Ad Spot
LightBlog

sábado, 9 de fevereiro de 2019

BAHIA: Anvisa interrompe parte da produção da Bahiafarma após reprovação de testes para dengue

Por Bernardo Rego no dia 08 de February de 2019 às 16:05
Foto: Divulgação
Nesta quinta-feira (7), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou parte da produção da Bahiafarma - laboratório farmacêutico mantido pelo estado da Bahia. A medida foi tomada após a divulgação de que o Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) tinha reprovado testes rápidos para diagnóstico de dengue, zika e chikungunya feitos pela empresa.  
Os testes foram comprados pelo Ministério da Saúde e estavam sendo utilizados no Sistema Único de Saúde (SUS), quando estados como Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Acre e Goiás apontaram problemas. Alguns lotes foram, então, enviados para análise e os resultados indicaram baixa sensibilidade, o que indica risco de o paciente com a doença ser considerado saudável.
De acordo com a Anvisa, a interdição tem caráter preventivo. A medida será publicada nos próximos dias no Diário Oficial da União (DOU) e pode durar por até 90 dias a partir da sua publicação.
Por meio de nota, a Bahiafarma informou que são improcedentes as informações de que os testes foram reprovados. Segundo o laboratório, análises de controle feitas pelo INCQS em setembro do ano passado aprovaram os testes rápidos de dengue, mas apontaram inconformidades em um lote do teste de chikungunya e em um lote do teste de zika – este com data de validade já vencida.
Fonte: radardabahia

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas