Educação: ministro não detalha planos, mas defende política de cotas em universidades federais

por Neison Cerqueira no dia 26 de February de 2019 às 20:50
Foto: Marcos Corrêa / PR
Em audiência no Senado, o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, não detalhou os planos da pasta, mas defendeu a continuidade da políticas de cotas e o aumento do número de alunos em universidades federais como forma de expandir vagas. Segundo ele, a lei de cotas será mantida - Bolsonaro é opositor histórico da lei de reserva de vagas.
Vélez foi recebido na comissão de Educação no Senado nesta terça-feira (26). Lá, o ministro falou sobre ensino superior. Ele reafirmou que não há planos para privatizar universidades, mas defendeu a ampliação de alunos no sistema atual. "Não vejo por que não podemos aumentar o número de alunos por sala", disse ele, ao afirmar que a relação professor por aluno é muito grande nas universidades federais brasileiras.
Fonte: radardabahia
Tecnologia do Blogger.