Breaking

Post Top Ad

Your Ad Spot
LightBlog

domingo, 7 de abril de 2019

Bahia segue tendência nacional e reduz oferta de EJA em 30% nos últimos 10 anos

Nos últimos dez anos a Bahia reduziu 30,7% da oferta da modalidade de Educação para Jovens e Adultos (EJA), conforme apurado pelo G1 e divulgado na série “Adultos sem diploma”.
 No Brasil o número de escolas de educação básica registrou um crescimento de 12% na última década (de 255.445 para 286.014), enquanto o total dessas escolas que oferecem a EJA do ensino fundamental recuou 34%.
 O levantamento apontou que a consequência disto é que atualmente as pessoas com mais de 15 anos que não terminaram o ensino fundamental encontram cursos apenas em 8,6% das escolas brasileiras.
 O número de escolas com turmas de EJA fundamental em 2009 era de 37.334. No entanto este número caiu para 24.658 em 2018 segundo dados do Censo que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgados em março.
Segundo especialistas, a queda na oferta não pode ser atribuída somente ao aumento da escolarização dos adultos, que provocaria menor demanda. Eles acreditam que mesmo com os avanços, o número de brasileiros sem diploma varia entre 30 e 40 milhões. O país tem hoje 3,5 milhões de alunos matriculados no EJA, sendo que 59% deles estão no nível fundamental, de acordo com o G1.
 Fonte Bahia Notícias/pretonobranco.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas