Justiça determina prisão preventiva de suspeita de mandar matar professora em Juazeiro

por Bernardo Rego no dia 05 de April de 2019 às 16:26
Foto: Reprodução/Redes Sociais
A Justiça determinou a prisão preventiva da mulher suspeita de mandar matar a professora Élida Márcia de Oliveira, de 32 anos, na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia. A mulher está foragida.
A suspeita, identificada como Edvânia Pereira de Morais, o pai dela, Edvan Constantino de Morais, que também é suspeito de planejar o crime, e Railton Mendes da Silva, que dirigia a motocicleta usada no assassinato, foram denunciados pelo Ministério Público (MP-BA), na terça-feira (2).
Segundo o MP, todos os denunciados devem responder por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e impossibilidade de defesa da vítima.
Fonte: radardabahia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.