Breaking

Post Top Ad

Your Ad Spot
LightBlog

terça-feira, 16 de abril de 2019

MUNDO: China não está pronta para a falta de minério de ferro

A industria siderúrgica chinesa, a maior do mundo, não está preparada para uma iminente escassez de minério de ferro no segundo semestre, o que deve elevar os preços, segundo um consultor veterano do setor, Wu Wenzhang, fundador e presidente da Shanghai Steelhome Information Technology Co. Ele alerta para uma volatilidade devastadora se os estoques no pais asiático ficarem abaixo de 100 milhões de toneladas. 
Os preços "absolutamente" continuarão a subir, já que o fechamento de minas no Brasil gerará um déficit, disse Wenzhang, em uma entrevista. As usinas na Europa e no Oriente Médio estarão em uma posição pior do que as da China no caso de uma escassez prolongada, disse ele.
O mercado global está se recuperando do desastre com uma barragem da Vale, que desencadeou o fechamento de minas série em todo o Brasil e impulsionou os preços para o maior nível desde 2014. Os embarques brasileiros entraram em colapso. 
A demanda por aço na China oferece mais um impulso aos preços. Até agora, as usinas chinesas minimizaram a possibilidade de interrupção, dizendo que o fornecimento será retomado em outros lugares. " Eles  não percebem o que vai acontecer", disse Wu. As interrupções equivalem a 60 milhões de toneladas de fornecimento perdido este ano, de acordo com sua estimativa "conservadora". " A unica coisa que podemos fazer é tentar convencer as siderúrgicas a acreditar no que poderia acontecer com o suprimento de minério de ferro, e se preparar para a escassez  futura", disse ele.
Wu diz que está observando estoques em busca de sinais de estresse, com qualquer queda abaixo de 100 milhões de toneladas que possa desencadear uma volatilidade "devastadora". 

FONTE: mineração em dia/Instagram 

PONTO DE VISTA:
Todos os caminhos indicam que realmente em breve o nosso ferro estará sendo exportado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas