OPINIÃO: Vereadores dão show de desinformações



Acabou agora a pouco, a 7ª Sessão Ordinária – 1º Período Legislativo de 2019 – na Câmara Municipal de Vereadores de Sento Sé. O que  nos surpreende, é que passe-se os anos, entra Vereador, sai Vereador e o grau de desinformação da maioria em determinados assuntos, é cada vez notória entre os representantes  eleitos  legalmente pela maiores dos eleitores do município. (Sabe Deus, a que circunstâncias alguns conseguiram o voto e serem eleitos). A afirmação do Conde Joseph-Marie de Maistre, (1753-1821), foi um escritor, filósofo, diplomata e advogado, continua mais viva do que imaginamos. “... CADA POVO TEM O GOVERNO (E REPRESENTANTES) QUE MERECE” É inaceitável que em pleno século XXI, em plena era da tecnologia de fácil  acesso ainda possamos conviver com a desinformação.
Vejo com tristeza que a maioria dos nossos vereadores não sabe de nada, falam por falar, quer seja por desinformação ou para alimentar a birra política e satisfazer ao grupo político ao qual é alienado e até mentem. A coisa se repete provando que temos que rever nosso voto, bem revisto.  
O centro dos “discursos” vazios na Sessão de hoje foi a instalação da Mineradora no município. Verdadeiro festival de “pânico”, deduções, insinuações, desinformações, entre outras. De positivo o requerimento nº 003/2019 – de autoria do Vereador Jamerson dos Santos Santiago requerendo uma audiência publica junto à empresa Colomy  para prestar esclarecimentos sobre a instalação de uma Mineradora no município aprovado por unanimidade pelos dez edis presentes à Sessão. Daí desencadeou o “Show de desinformação”.
Alguns,  manifestaram que  precisam conhecer o que de fato será o empreendimento.

'Cada povo tem o governo que merece', reflete Vitor Belfort'
 Sempre tive muita dificuldade de acreditar e entender a afirmação do filósofo francês. Até que um dia decidi estudar um pouco mais o contexto no qual fez a afirmação. Com isso, entendi que sua frase tem um valor muito mais profundo do que somente uma crítica raivosa sobre a população. Sua indignação está muito mais voltada a falta de “habilidade” que temos em usar a mais poderosa arma de mudança que temos; O VOTO.
Se não o usamos com sabedoria. Se nossos motivos de voto são sempre o bem individual e não o coletivo. Somos “merecedores” dos desmandos e devaneios dos nossos governantes. Que ao chegarem ao poder o utilizam em causa e benefício próprio. Mas e nós como povo, quando temos o “poder” de agir em prol do TODO e não do indivíduo, fazemos isso? Pelo o que tenho visto, parece que não...
Quando podemos estender a mão ao próximo ou quando podemos nos posicionar como uma nação em uma voz uníssona, fazemos isso? Aprofundando ainda mais a afirmação do filósofo, será que a situação é pior do que: “o povo ter o governo que merece”? Pq o que está parecendo é que “O povo tem o governo que reflete a si mesmo.” E se isso for verdade precisamos de uma mudança muito maior.
TEXTO DE VITOR BELFORT

OSIEL AMARAL 
Jornalista - DRT/JOR0005186/BA
Radialista MT/0008067/DF


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.